01/08/2021

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

maior goleada da história do futebol brasileiro faz 111 anos. Veja detalhes.

3 min read

Do Zigzagdoesporte.com.br por Lance.

 

Bota era um dos favoritos ao título estadual
Em 30 de maio de 1909, Alvinegro derrotou o Sport Club Mangueira por 24 a 0, pelo Campeonato Carioca; foi o maior resultado registrado no Brasil.

O Botafogo carrega consigo alguns dos recordes do futebol brasileiro. Neste sábado, uma dessas marcas faz aniversário. Há exatos 111 anos, mais precisamente em 1909, o Alvinegro derrotava o Mangueira, pelo Campeonato Carioca, por 24 a 0, na que é, até hoje, a maior goleada registrada em jogos oficiais do esporte masculino em terras tupiniquins.

No dia 30 de maio de 1909, um domingo, o Alvinegro foi até o estádio que ficava localizado na Rua Voluntários da Pátria, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, para a partida. Na época, o Glorioso tinha uma das melhores equipes do Estado e era um dos favoritos para disputar o título do Carioca.

O Mangueira, contudo, era uma equipe semi-amadora, algo comum na época entre os clubes de menor orçamento do país. Não à toa, só foram para a partida com dez jogadores, já que o 11º não chegou a tempo para o duelo. Sem reservas, com um atleta a menos desde o primeiro segundo de jogo e uma equipe desentrosada, deu no que deu.

O Botafogo, que nada tinha a ver com os problemas enfrentados pelo Mangueira, não teve piedade. Liderado pelo atacante Gilbert Hime, autor de nove gols no dia, o Glorioso fechou o primeiro tempo vencendo por “apenas” 9 a 0, o que já impressionara o público de pouco mais, de acordo com súmulas da época, de 200 pessoas.

A Maior goleada do futebol brasileiro, que entra para o Livro dos Recordes, aconteceu em 30 de maio de 1909. O Botafogo venceu o Sport Club Mangueira por 24 x 0, no jogo que aconteceu pelo Campeonato Carioca e foi apitado pelo árbitro Antônio Miranda.O primeiro tempo da partida terminou com um placar de 9 x 0 para o time Alvinegro. No segundo tempo, a rede balançou outras 15 vezes, em 40 minutos de partida. Na época, os tempos dos jogos tinham cinco minutos a menos, resultando assim em uma média de 2,6 minutos para cada gol.

O time rubro-negro da Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro, Mangueira, desistiu faltando quatro rodadas para o encerramento do campeonato, com um saldo de um empate e nove derrotas em 10 jogos. A equipe marcou quatro gols e sofreu 45, com 24 deles marcados pelo Botafogo.

Escala
Botafogo: Coggin, Raul Rodrigues e Dinorah; Rolando de Lamare, Lulu Rocha e Edgard Pullen; Henrique Teixeira, Flávio Ramos, Monk, Gilbert Hime e Emmanuel Sodré.
Mangueira: Luiz Guimarães, José Perez e Carlos Mongey; Victor, Jonas Cunha e Justino Fortes; Alberto Rocha, João Pereira, Menezes e Maranhão.

Gols da partida
> Gilbert Hime (9)
> Flávio Ramos (7)
> Monk (2)
> Lulu Rocha (2)
> Raul Rodrigues (1)
> Dinorah (1)
> Henrique Teixeira (1)
> Emmanuel Sodré (1)

Deixe uma resposta

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.