24/07/2021

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Noticiário dos baianos no brasileiro séries: A, B e C. Série D só em setembro/2020.

5 min read

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação.

Heróico, Leão Azul vira com um a menos no fim sobre a Jacuipense/Ba.

Foto: Reprodução Youtube.

Jacuipense 1 x 2 Remo - MELHORES MOMENTOS Serie B 09/08/2020 - YouTube

Salvador, BA, 9 (Zigzagdoesporte.com.br) – O Jacuipense desperdiçou uma grande chance de estrear bem na Série C. Jogando diante do Remo, o Leão do Sisal saiu na frente e chegou a ficar próximo de fazer o segundo. Os baianos, contudo, cederam o empate e perderam um pênalti no fim e viram os paraenses virarem com um jogador a menos.

Em seus domínios, o Leão do Sisal logo tratou de mostrar quem mandava e partiu para cima. Nos primeiros minutos, o clube grená cruzava várias bolas na área remista e, na quarta delas, chegou ao seu gol. Aos 9 minutos, Eudair aproveitou bom cruzamento e mandou a bola para o fundo das redes azulinas.

Mesmo atrás no placar, o Remo demorou a acordar. A primeira boa chance paraense veio apenas aos 21 minutos. Conforme o primeiro tempo passava, contudo, o ritmo dos dois times diminuía e nada de perigo era criado. Com a pouca produção ofensiva, o 1 a 0 foi mantido no marcador até o intervalo.

Na volta do intervalo, o Remo logo encontrou o seu gol. Aos 2 minutos, em sua primeira chance, Lucas Siqueira acertou belo chute de fora da área e igualou o escore. O fato despertou a Jacupa e religou a pressão dos mandantes. O problema, porém, residia na eficácia do setor ofensivo. Isso ficou bastante claro no fim.

Quando o duelo já se encaminhava para o empate, aos 35 minutos, o Jacuipense teve um pênalti ao seu favor. Na cobrança, contudo, Eudair telegrafou e Vinícius defendeu bem. Aos 44, Marlon foi expulso e fez a pressão baiana aumentar ainda mais. Aos 48, Popô perdeu a chance da vitória local. Pior: viu, no contra-ataque, Eduardo Ramos fazer o segundo visitante e matar o jogo.

MELHORES MOMENTOS E OS GOLS:

 

PRÓXIMOS JOGOS

Jacuipense e Remo voltam a campo no próximo fim de semana. No sábado, 15, o Leão do Sisal busca a recuperação diante do Imperatriz, no Frei Epifânio, em Imperatriz, às 19h. No domingo, é a vez do Leão Azul do Pará medir forças diante do Ferroviário. O duelo ocorre no Baenão, em Belém, às 18h.

FICHA TÉCNICA

Jacuipense-BA
Jacuipense-BA
1 x 2
Remo-PA
Remo-PA

Jacuipense-BA

Luan;
Lucas, Matheus, Railon e Radar (Natan);
Raniele, Eudair e Mauri;
Thiago, Rafael Bastos (Levi) e Elias (Wesley)
Técnico: Jonilson Veloso

Remo-PA

Vinícius;
Rafael Jansen, Mimica (Neguette), Fredson e Marlon;
Charles, Lucas Siqueira, Gelson (Douglas Packer), Julio Rusch (Robinho) e Eduardo Ramos;
Gustavo Ermel
Técnico: Mazola Júnior

Gol de pênalti garante triunfo do Leão sobre o Tubarão;confira tudo do triunfo rubro negro.

Salvador, BA, 08 (Zigzagdoesporte.com.br) – O Vitória estreou no Campeonato Brasileiro da Série B com o pé direito – ou melhor, com o esquerdo de Thiago Carleto, autor do único gol do triunfo, por 1 a 0, sobre o Sampaio Corrêa. O duelo, disputado na noite deste sábado, foi realizado com portões fechados, por conta da pandemia de covid-19, no estádio Barradão, em Salvador (BA).

Com o resultado, os baianos somam os primeiros três pontos, enquanto os maranhenses ficam zerados. Cabe lembrar que o Cruzeiro vai segurar a lanterna da tabela de classificação por algum tempo, uma vez que foi punido pela FIFA por não quitar o empréstimo do volante Denilson junto ao Al Wahda e começou a caminhada na Série B com -6 pontos.

O Vitória começou a partida pressionando e criou boas oportunidades nos primeiros minutos. Logo no primeiro, Jordy Caicedo exigiu boa intervenção do goleiro Gustavo. Depois, aos três, Vico desperdiçou ótima chance, quase na pequena área, ao jogar por cima do travessão. Aos quatro Alisson Farias arriscou de longe e mandou na rede pelo lado de fora.

Os donos da casa seguiram controlando as ações, mas passaram a encontrar maiores dificuldades para criar. Aos 17, porém, abriram o placar. O lateral-esquerdo Thiago Carleto bateu pênalti com categoria e balançou as redes. A infração foi cometida por Paulo Sérgio sobre Jordy Caicedo.

Os últimos minutos de partida tiveram domínio maranhense. Aos 39, Diego Tavares soltou a pancada de fora da área e parou em defesa de Ronaldo, evitando o empate do Sampaio Corrêa. Já aos 42, Gabriel Furtado saiu errado, Diego Tavares aproveitou e acionou Jackson, que girou e bateu forte, também parando no arqueiro.

A etapa final começou devagar. Não à toa, o primeiro bom momento aconteceu apenas aos 18 minutos. Após bola alçada na área, Jordy Caicedo se posicionou bem e conseguiu fazer a cabeçada. O toque, porém, saiu fraco, facilitando sensivemente a defesa do goleiro do Sampaio Corrêa, Gustavo.

Os visitantes, então, pressionaram e tiveram duas chances principais. Aos 26, o empate quadricolor ficou bem perto. milagre’. Caio Dantas recebeu dentro da área e finalizou forte, a bola desviou no meio do caminho e, mesmo assim, o goleiro apareceu para impedir o empate.

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

MELHORES MOMENTOS E GOLS DA PARTIDA:

 

 

PRÓXIMOS JOGOS
O Vitória volta a campo na próxima terça-feira, 11, quando visita o Figueirense, às 21h30, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). O Sampaio Corrêa, por outro lado, recebe o Juventude, um pouco antes, às 19h15, no Castelão, em São Luís (MA).

FICHA TÉCNICA

Vitória-BA
Vitória-BA
1 x 0
Sampaio Corrêa-MA
Sampaio Corrêa-MA

Vitória 1 x 0 Sampaio Corrêa

Série B – 1ª rodada

Local: Barradão, em Salvador

Data: 08/08/2020 (sábado)

Horário: 19h

Árbitro: Antônio Dib de Moraes (PI)

Assistentes: Rogério de Oliveira Braga (PI) e Alisson Lima Damasceno (PI)

Cartão amarelo: Jordy Caicedo; Marcelinho; Guilherme Rend, Fernando Neto (Vitória). Eloir (Sampaio Corrêa).

Gol: Thiago Carleto (Vitória).

Vitória: Ronaldo; Jonathan Bocão, João Victor, Gabriel Furtado e Thiago Carleto; Guilherme Rend (Romisson), Fernando Neto (Jean) e Marcelinho; Vico (Matheusinho), Alisson Farias e Jordy Caicedo (Léo Ceará). Técnico: Bruno Pivetti.

Sampaio Corrêa: Gustavo; Joazi (Luis Gustavo), Paulo Sérgio, Daniel Felipe e João Victor; André Luís, Eloir e Daniel Penha (Gustavo Ramos); Diego Tavares (Marcinho), Roney e Jackson (Caio Dantas). Técnico: Léo Condé.

Deixe uma resposta

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.