03/08/2021

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação.

Ainda que contra um adversário ‘inexpressivo’ e sem grandes conquistas o Bahia precisou sofrer gol, mostrar suas fraquezas defensivas para a partir disto reagir e fazer uma goleada histórica. Precisa ser sempre reativo e sofrer? Para aí, sim praticar um futebol de melhor nível técnico. O lado direito do time não é desastroso, mas longe de ser uma maravilha já o lado esquerdo através do trinômio: Juninho, Matheus Bahia e Gabriel Novaes me faz ter pena da bola em muitos momentos, dentre os 03 citados, o Gabriel Novaes foi o de melhor desempenho mostrando força e decisão ofensiva, ainda assim perdeu chances preciosas e que poderiam fazer falta ao final do confronto. As vezes fico com a nítida impressão que o Matheus Bahia e o Gabriel Novaes nunca foram apresentados ao seu instrumento de trabalho, a bola!

O último 7 x 1 que me recordo foi uma tragedia no Mineirão/Minas Gerais, Brasil 1 x 7 Alemanha, lembram? o de agora para o Bahia sua torcida e para a imprensa baiana esportiva é um balsamo, tomara que não enganador e maquiador de situações nebulosas do clube visto que a temporada do clube em 2020 foi desastrosa toda transparência que era utilizada pelo clube e sua direção anunciadas há 05 anos atras parece esquecida e largada num passado recente onde transações financeiras não são mais às claras e à administração menos ainda.

O Departamento de futebol desmantelado ou esfacelado com produção pífia e/ou desastrosa. Salvo engano o clube perdeu já neste inicio de temporada 2021 07 jogadores, alguns nem serão lembrados é verdade, mas o clube precisa de reposição e fica aqui a sugestão e não colocações de um profissional do mercado do futebol. O Bahia precisa refazer o comando de preparação de goleiros, não por serem de nível desprezível, mas por se encontrarem mal treinados o Douglas por exemplo é um goleiro que demonstra ter pavor de sair do gol apesar de ser a meu ver um bom goleiro que foi superado em 2020 pelo Mateus Claus basta olhar os números do Claus e comparar. A zaga tricolor precisa ser reforçada, laterais, ambas laterais, 02 ou 03 meias.

Enfim, diante da mudança de comportamento administrativo do Presidente Office-boy do Bahia, prevejo tempos sombrios no Esporte Clube Bahia. A impressão que tenho é de que administrativamente o Bahia voltou aos anos 70s.

 

Deixe uma resposta

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.