Campeão mundial de canoagem, Isaquias dorme no volante e capota carro na BA; confira.

Guilherme Costa Do UOL, no Rio de Janeiro.

  • SERGIO DUTTI/EXEMPLUS/COB

    Isaquias Queiroz, 21, é o maior nome do Brasil na canoagem velocidade

    Isaquias Queiroz, 21, é o maior nome do Brasil na canoagem velocidade

Principal nome da canoagem de velocidade no Brasil e atual campeão mundial da categoria C-2 1000, o baiano Isaquias Queiroz, 21, passou por um susto nesta segunda-feira (21). Ele dormiu no volante e capotou o carro na rodovia BR-101, no caminho entre Ilhéus e Ubaitaba.

O acidente aconteceu por volta de 3h. Além de Isaquias, estavam no carro o irmão e um amigo do atleta. Ninguém se machucou. “O inacreditável é que eu não sofri nada. Só um corte, na verdade, mas não chegou nem a sangrar. Foi bem na palma da mão”, relatou o canoísta.

“Fiquei meio em desespero porque eu não esperava. Como eu consegui dormir? Fiquei meio indignado”, disse Isaquias. “Eu não cheguei nem a baixar a cabeça. Acho que foi uma piscada, e eu não tive reação. Só vi o carro capotando e fiquei com medo de alguém se envolver em um ferimento grave. Quando vi que estava todo mundo bem eu fiquei mais aliviado. Quebrou árvore, fiquei com medo de um tronco ter ferido alguém”, completou.

Isaquias, o irmão e o amigo estavam a cerca de dez quilômetros de Ubaitaba quando o acidente aconteceu. Segundo o canoísta, a picape Ford Ranger que ele conduzia estava em baixa velocidade por causa da neblina.

“Eu estava indo devagar para chegar tranquilo. Normalmente a gente gasta 50 minutos nesse trajeto, mas eu fiz em 1h20. Como estava com muita neblina, deu tempo de eles perceberem quando eu cochilei e o carro começou a ir para o mato. Se fosse rápido eles nem iam notar”, contou Isaquias.

O carro capotou, caiu em uma ribanceira e parou de lado, com a porta do passageiro para cima. “Eu saí imediatamente. Abri a porta, pulei para fora, vi que estava todo mundo bem e ainda peguei o meu celular, que estava tocando música. Usei para iluminar e tentar pedir socorro”, disse o atleta.

Aí, segundo Isaquias, o principal problema que eles tiveram foi conseguir socorro. Como eles não tinham sinal no celular, os três ocupantes do carro levaram pelo menos uma hora até que um amigo de Ubaitaba fosse ajudá-los: “Depois meus irmãos foram lá, mas ninguém conseguiu tirar o carro. O carro eu acredito que já era”.

Além de ser o atual campeão mundial da categoria C-2 1000, Isaquias é o detentor do bronze do C-1 200 e conquistou três medalhas (dois ouros e uma prata) nos Jogos Pan-Americanos de Toronto.

Os maiores medalhistas brasileiros do Pan de Toronto

3) Isaquias Queiroz levou dois ouros e uma prata na canoagem USMAN KHAN/AFP

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta