RESUMO DA RODADA NA CHAMPIONS LEAGUE; CONFIRA.

Do Zigzagdoesporte.com.br por Carlos Fiúza com espn.com.br

Lloris faz ‘defesa do ano’, e Tottenham segura Leverkusen fora; Monaco empata.

GETTY

Dele Alli sendo vigiado por Calhanoglu no confronto desta terça-feira
Dele Alli sendo vigiado por Calhanoglu no confronto desta terça-feira

Chicharito Hernández, Charles Aránguiz and Admir Mehmedi.

Não é exagero que o trio terá um personagem em comum ao pôr a cabeça no travesseiro e dormir à noite: o francês Hugo Lloris. O camisa 1 foi o principal nome do Tottenham no suado empate conseguido com o Bayer Leverkusen, fora de casa, nesta terça-feira. O goleiro protagonizou no segundo tempo possivelmente a ‘defesa do ano’ até aqui.

Aos três minutos do segundo tempo, Mehmedi fez cruzamento na direita e Chicharito, sozinho, desviou. O toque tinha o fundo do gol como destino, mas Lloris voou e salvou em cima da linha.

Ainda mais impressionante, sem dar rebote.

Foi o jogo dos goleiros.

Bernd Leno havia sido o destaque do Leverkusen na etapa inicial, parando Delle Alli e Vincent Janssen.

Na volta do intervalo, foi a vez de Lloris roubar a cena e garantir o zero no placar.

CSKA é castigado pelo Monaco

No outro jogo da chave, o CSKA Moscou saiu na frente do Monaco com Lacina Traore aos 34 minutos do primeiro tempo, após combinação entre Zoran Tosic e o brasileiro Mario Fernandes, ex-Grêmio e São Caetano. O marfinense atua pelos russos emprestado exatamente pelos monegascos. O troco dos visitantes veio no fim da partida, aos 42, com Bernardo Silva.

Com os resultados, o Monaco segue na liderança, com cinco pontos, seguido pelo Tottenham, quatro, Leverkusen, três, e CSKA, dois.

Real Madrid faz ‘lição de casa’ e goleia o Légia mesmo com Ronaldo ‘em branco’.

GETTY

Marcelo jogou bem e fez o chute que resultou no segundo gol merengue
Marcelo jogou bem e fez o chute que resultou no segundo gol merengue

Nada de sustos no Santiago Bernabéu. Diante do pior time do grupo, o Real Madrid nem precisou apertar muito o ritmo para golear o Légia Varsóvia, da Polônia, por 5 a 1.

O domínio foi tanto que Cristiano Ronaldo nem precisou ir às redes. Bale, Jodlowiec (contra), Asensio, Lucas Vásquez e Morata marcaram os gols do triunfo. Radovic, em pênalti cometido por Danilo, descontou.

A goleada só não foi suficiente para deixar o Real na liderança do grupo F ao fim do primeiro turno dos jogos. Com os mesmos sete pontos merengues, o Borussia Dortmund, que bateu o Sporting nesta terça por 2 a 1, fica na ponta por causa do saldo de gols (7 a 5). O Sporting continua com três, e o Légia segue zerado.

FIM DE JEJUM, PARTE 1

Quem abriu o placar para o Real Madrid foi Bale. Depois de um começo de jogo bem aberto, o galês chamou a responsabilidade. Aos 16 minutos do primeiro tempo, ele recebeu pela direita, cortou para o meio, entrou na área e bateu cruzado, no cantinho do goleiro Malarz.

Foi o fim de um jejum de quase dois anos de Bale na Champions. Ele não ia às redes no torneio desde dezembro de 2014, quando havia marcado diante do Ludogorets.

CONTRA NÃO, JUIZÃO!

Com a ‘porteira’ aberta, o segundo gol veio seis minutos depois. E era para ser brasileiro. Se não fosse o juizão!

Benzema recebeu pela esquerda e rolou para trás. Marcelo chegou na entrada da área batendo forte, a bola desviou em Jodlowiec e matou o goleiro no lance.

O típico gol que sempre vem para quem chute, mas, desta vez, o árbitro resolveu marcar gol contra.

FIM DE JEJUM, PARTE 2

A goleada teve uma pausa logo em seguida. O Légia foi para frente, e ‘ganhou’ um pênalti cometido por Danilo. Na cobrança, Radovic bateu de um lado e viu o goleiro Navas caindo de outro.

Foi o fim de 652 minutos de invencibilidade de Navas na Champions, e o primeiro gol dele sofrido no Bernabéu na competição.

Foi também o primeiro gol marcado pelo Légia na fase de grupos desde 18 de outubro de 1995, quando o clube polonês bateu o Blackburn.

VITÓRIA NÃO! GOLEADA!

Com tranquilidade, o Real Madrid transformou a vitória em goleada. Aos 37 do primeiro tempo, Ronaldo recebeu dentro da área e rolou para Asensio. O meio-campista chegou batendo forte, de primeira, para marcar o terceiro.

Aos 23 da etapa final, Morata fez jogada pela esquerda e cruzou na área. Lucas Vásquez chegou batendo forte, de primeira, para marcar um belíssimo gol.

Aos 39, foi a vez do mesmo Morata dar números finais ao placar. Depois de mais uma boa assistência de Ronaldo, ele apareceu na boa para deslocar o goleiro e marcar o quinto gol.

E AGORA?

A próxima rodada do grupo F é no dia 2 de novembro, com os mesmos jogos com mandos invertidos. O Real vai até a Polônia enfrentar o Légia, enquanto o o Dortmund recebe o Sporting na Alemanha.

Abóbora? Dupla de R$ 200 milhões decide e Leicester segue perfeito na Champions.

GETTY IMAGES

Mahrez abriu o placar para o Leicester nesta terça-feira
Mahrez abriu o placar para o Leicester nesta terça-feira

Depois de assombrar o mundo por vencer a Premier League na última temporada, muitos acreditavam que o conto de fadas do Leicester iria acabar. Se a equipe não conseguiu manter o desempenho nesta edição do Campeonato Inglês, é apenas a 13ª colocada com 8 pontos ganhos, o sonho na Uefa Champions Legue segue vivo. Os comandados pelo italiano Claudio Ranieri venceram o Copenhagen por 1 a 0, no King Power Stadium, nesta terça-feira.

O resultado fez os donos da casa chegarem aos nove pontos ganhos em três jogos e liderarem o Grupo C. Além disso, os ingleses são os únicos com 100 % de aproveitamento em toda história da competição continental.

Os dinamarqueses, que tinham uma invencibilidade de 21 partidas, estão uma posição abaixo com quatro pontos ganhos.

As equipes voltarão a se enfrentar pela quarta rodada no dia dois de novembro no Telia Parken, na Dinamarca, às 17h45 (de Brasília).

Apesar de jogar em seu território e dominar o primeiro tempo, o primeiro gol do Leicester só saiu aos 40 minutos com jogada de uma dupla que vale aproximadamente R$ 200 milhões.

O atacante Slimani, contratado a peso de ouro pela equipe inglesa (30 milhões de euros, ou R$ quase 109 milhões) recentemente, deu passo para Mahrez, que renovou recentemente seu contrato por quatro anos com multa no mesmo valor do colega, concluiu para o fundo das redes.

622 55b537ef bb85 3cff 82a7 64cc12281b8a
Ranieri considera Champions prioridade em relação à Premier League: ‘Temos que jogar tudo’

A festa inglesa quase foi estragada aos 45 minutos do segundo tempo. O atacante paraguaio Santander, ex-Guarany-PAR, chutou no contrapé do goleiro Kasper Schmeichel, que se recuperou a tempo de fazer uma defesa milagrosa.

O Leicester voltará a campo na próxima rodada do Campeonato Inglês contra o Crystal Palace no King Power Stadium, sábado, às 12h. Pela Liga da Dinamarca, o Copenhagen visitará o Odense no EWII Park, neste domingo, às 12h.

PORTO VENCE DE VIRADA

Na outra partida pelo Grupo G, o Porto venceu de virada por 2 a 1 o Club Brugge na Bélgica. Os portugueses somam quatro pontos ganhos e ocupam a penúltima colocação. Os belgas não somaram pontos e estão na lanterna.

9 jogos, 9 gols: Aubameyang faz, Dortmund bate Sporting e fica a uma vitória das oitavas.

GETTY

Aubameyang abriu o placar contra o Sporting no José Alvalade
Aubameyang abriu o placar contra o Sporting no José Alvalade

Nove jogos, nove gols e nova vítima da rapidez de Pierre-Emerick Aubameyang. O atacante mostrou sua marca registrada nesta terça-feira ao ganhar na velocidade e abrir o placar na vitória do Borussia Dortmund sobre o Sporting por 2 a 1 em pleno José Alvalade, em Lisboa, pela terceira rodada do grupo F da Uefa Champions League.

Weigl ampliou a vantagem para os alemães antes do intervalo com um belo gol e que representou o seu primeiro como profissional. Antes, só havia ido às redes por seleção ou times de base.

Na etapa final, Bruno César descontou com uma cobrança de falta em dois lances de dentro da área, e os mandantes até flertaram com um empate, mas não tiveram sucesso.

O resultado faz o Dortmund chegar a sete pontos, assim como o Real Madrid, que bateu o Legia Varsóvia por 5 a 1. Os portugueses aparecem com três pontos, enquanto os poloneses ainda estão zerados.

Assim, o time alemão – que não vencia havia três jogos oficiais – já poderá se classificar caso vença o Sporting em casa, em 2 de novembro, às 15h45 (de Brasília), pela próxima rodada. Isso porque abriria sete pontos para os lisboetas com mais seis a serem disputados.

ALGUÉM VIU O AUBAMEYANG PASSAR?

Em meio a um primeiro tempo equilibrado, os mandantes conseguiram abrir o placar rapidamente graças à velocidade de Aubameyang aos 9min. Após passe de Götze, o atacante disparou, ganhou de Rúben Semedo e deu um toque com classe para tirar de Rui Patrício e fazer seu terceiro gol na Champions. Ele ainda é o vice-artilheiro da Bundesliga com seis tentos.

GETTY

Weigl (33) fez um belo gol
Julian Weigl (33) fez um belo gol

O gabonês teria mais chances para ampliar a vantagem com duas finalizações para fora. Na primeira, cabeceou ao lado da meta; depois, escapou da marcação na área e mandou à esquerda do alvo, tirando tinta da trave. Entre os dois lances, ele ainda parou em boa defesa de Rui Patrício após finalização no contrapé do goleiro.

Enquanto isso, o Sporting tentava se mandar ao ataque e levou perigo com uma infiltração de Elias, que concluiu para fora. Os portugueses até balançariam a rede com Coates após cobrança de escanteio, mas o árbitro Damir Skomina já havia marcado falta de Dost no goleiro Bürki no lance.

Antes do intervalo, o time alemão ainda melhoraria sua situação. Aos 43min, Weigl recuperou a bola do meio de campo, deu um corte para deixar Elias na saudade e finalizou no canto direito de Rui Patrício, estufando a rede.

SPORTING FURA ‘MURALHA AMARELA’

Em desvantagem, o time da casa foi para cima na segunda etapa e já assustou logo de cara, quando Gelson Martins exigiu defesa de Bürki com uma finalização colocada. Apesar disso, os lisboetas não criavam muitas oportunidades claras.

O cenário não era ruim para os comandados de Thomas Tuchel, até que Bartra falhou e proporcionou grande momento para o adversário ao recuar a bola em cima da hora para o goleiro, que não teve tempo de reação e segurou a bola. Na falta em dois tempos, Bruno César, ex-Corinthians, soltou a pancada e venceu a ‘muralha amarela’ que foi formada em cima da linha do gol.

Empolgado, o Sporting quase conseguiu o empate em duas oportunidades. Na primeira, Dost cabeceou muito perto da meta; mais tarde, Bürki espalmou chute cruzado de Schelotto. Já os aurinegros responderam com uma finalização de Pulisic no travessão.

Apesar da luta dos portugueses, o placar não seria mais movimentado em um jogo que acabou de forma agitada e tensa. Os mandantes não devolveram uma bola jogada para fora pelo Dortmund, o que irritou os alemães.

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta