Resumo do futebol pelo mundo; confiram !

Do Zigzagdoesporte.com.br por Carlos Fiúza com Agência Gazeta Press.

Campeonato Inglês.

Campeonato Inglês.

Campeonato Inglês.

Guardiola elogia atuação do City contra o Liverpool: ‘Estou muito orgulhoso’.

Guardiola durante jogo do Manchester City ocntra o Liverpool
Guardiola durante jogo do Manchester City ocntra o Liverpool

A semana não foi fácil para o Manchester City. A equipe de Pep Guardiola foi eliminada na Uefa Champions League para o Monaco e empatou com o Liverpool neste domingo na Premier Leagu. No entanto, o técnico espanhol está contente com a atuação contra os Reds.

“Vocês nem conseguem imaginar, hoje foi um dos dias mais felizes da minha carreira como treinador. Estou muito orgulhoso. Pelo espírito que tivemos, pela forma como jogamos. Mostramos tudo o que não fizemos no primeiro tempo contra o Monaco”, declarou o comandante dos Sky Blues após a partida no Etihad Stadium. “Depois da eliminação na Champions, os dias de treino foram pesados, ninguém falava muito. Jogar assim contra o Liverpool, que não está em competições europeias e teve a semana para treinar, me deixa muito contente”.

Apesar de parecer uma declaração estranha, Guardiola explicou o motivo para estar feliz e ressaltou que ele pretende ficar ainda muitos anos na equipe de Manchester para continuar a desenvolver o seu trabalho dias após ser noticiado que ele pretende fazer uma limpa no elenco.

“Como nos recuperamos hoje, com a mentalidade de atacar e atacar e como corremos nos últimos minutos contra uma equipe que descansou na semana. Eu quero ficar com esses jogadores por muito mais tempo”, afirmou. “Esses jogadores são excepcionais. Pela maneira como vivemos esses últimos dias, isso significa muito para mim”.

“Quando você se aproxima de um jogo e tem uma sequência de dez vitórias consecutivas ou está em uma boa fase, isso não é especial. Mas, quando estamos eliminados da Uefa Champions League jogando contra o Liverpool, da maneira como jogamos contra eles (significa muito)”, completou.

‘Estamos na briga’, diz Klopp sobre disputa para ficar no top 4 da Premier League.

Jurgen Klopp após jogo do Liverpool contra o Manchester City
Jurgen Klopp após jogo do Liverpool contra o Manchester City

O empate deste domingo no Etihad Stadium – 1 a 1 diante do Manchester City – atrapalhou os planos do Liverpool de conseguir garantir espaço em uma das quatro primeiras posições do torneio, no grupo que dá vaga de acesso a Uefa Champions League na próxima temporada. Os pontos perdidos no clássico, entretanto, ainda não tiram os Reds da disputa, segundo análise do treinador alemão Jurgen Klopp.

“Nós ainda estamos na briga. Hoje tivemos uma amostra importante de que ainda podemos chegar lá. Temos que evoluir, em jogos como o de hoje é preciso evoluir, e em todos os outros jogos também”, alegou o comandante.

Klopp ainda ressaltou que não reserva seu tempo para lamentar pontos perdidos em jogos que já passaram, e prefere se focar nas partidas que o Liverpool ainda terá pela frente.

“Se eu acordar toda manhã e pensar nos pontos que perdemos não ajudaria em nada, então não faço isso. Estou focado em cada momento”.

“Se penso em algo, é sobre nosso futuro. Todos sabem, quatro, cinco ou seis pontos importam, e mas se já conversamos sobre jogos que perdemos e tudo sobre ele, eu não posso pensar dessa forma”, completou.

Campeonato Espanhol.

Campeonato Espanhol briga acirrada .

Campeonato Espanhol briga acirrada .

Com 1º tempo elétrico, Messi vence Diego Alves de novo, Barça bate Valencia e segue na caça ao Real.

Entre vacilos e mais uma batalha vencida por Lionel Messi contra o goleiro Diego Alves, o Barcelona venceu o Valencia por 4 a 2 na noite deste domingo, pela 28ª rodada do Campeonato Espanhol, e segue na caça ao líder Real Madrid. O camisa 10 do Barça fez dois gols, enquanto Suárez e André Gomes fizeram os outros. Mangala e Munir marcaram para a equipe visitante.

Com o placar, o time catalão chega a 63 pontos e está na segunda posição, a dois do Real – o time da capital espanhola tem um jogo a menos.

Na partida, Messi confirmou Diego Alves como sua vítima favorita e chegou a 23 gols contra ele. Nenhum outro goleiro sofreu tantos gols do craque do Barça como o brasileiro.

Neymar, que busca seu centésimo gol pelo time catalão, parou no compatriota e na trave.

As duas equipes voltam a campo no dia 2 de abril, domingo. O Barcelona enfrenta o Granada, enquanto o Valencia encara o Deportivo La Coruña.

  • Mangala e Valencia: bom trabalho e vacilos

O Barcelona dominou a partida ao seu modo. Novamente com três zagueiros, o time apostava na troca de passes e aproximação pelo chão. O Valencia adotou uma postura mais prudente: se fechava bem na defesa e tentava sair rápido e com passes em profundidade.

E o time visitante abriu o placar em lance de bola parada. Em escanteio conquistado após contra-ataque, Mangala ganhou de Rakitic e subiu bonito para cabecear e fazer 1 a 0.

O trabalho quase perfeito na defesa foi perdido em questão de minutos. Aos 34, Neymar cobrou lateral rapídamente, Suárez aproveitou e bateu rasteiro para empatar. Vacilada da defesa, esperteza do time catalão. Aos 44, Mangala puxou Suárez dentro da área, levou o segundo amarelo e foi expulso. Na cobrança de pênalti, Messi venceu Diego Alves e virou a partida.

  • Vacilo do Barça

Com um a mais, o trabalho fica mais fácil, certo? Bom, na teoria. Isso porque logo depois da saída de bola do Valencia, o Barcelona vacilou. José Gaya apareceu nas costas de Rakitic e passou para Munir. No meio da área, o atacante – que ainda pertence ao time catalão – chutou e empatou.

Na segunda etapa, o desenho do jogo ficou claro em poucos segundos. O Valencia colocou os nove jogadores de linha na frente da área, enquanto o Barcelona passou a rodar a bola, à procura de um espaço. Aos cinco minutos, a brecha apareceu.

Messi recebeu dentro da área do lado direito, se livrou da marcação e bateu forte de direita para balançar as redes e fazer o terceiro.

O Barcelona seguiu em cima e só foi ameaçado de fato uma vez, quando Munir conseguiu escapar em contra-ataque – Piqué, porém, conseguiu o desarme na hora certa. No fim, André Gomes fez o primeiro dele pelo time catalão. E justamente contra a sua ex-equipe.

Campeonato Francês.

O PSG segue liderando o Campeonato Francês.

O PSG segue liderando o Campeonato Francês.

PSG vence o Lyon de virada e segue na cola do líder Monaco.

O Paris Saint-Germain segue firme na briga pelo título do Campeonato Francês. Na tarde deste domingo, a equipe da capital derrotou o Lyon, de virada, por 2 a 1, jogando no Estádio Parque dos Príncipes, em duelo válido pela 30ª rodada do torneio nacional.

Todos os gols da partida foram feitos no primeiro tempo. Logo aos seis minutos, após cobranças de escanteio, Lacazette testa sozinho no segundo pau para colocar o Lyon à frente no placar – o atacante é o vice-artilheiro da competição, com 23 tentos.

Após tanto pressionar, o PSG chegou ao empate aos 33 minutos, quando Di María tabelou com Pastore, que cruzou rasteiro e achou Rabiot livre no meio da área. O volante pegou de primeira e não perdoou. Pouco depois, aos 40, a virada: em rápida movimentação pela esquerda, Pastore deixou para Draxler, da marca do pênalti, bater forte, sem chances para Lopes.

GETTY

PSG venceu o Lyon
PSG venceu o Lyon

Empurrado por sua torcida, o time da casa não permitiu ao Lyon crescer no segundo tempo e ainda teve grandes oportunidades para ampliar a vantagem, que só não foi maior pela falta de pontaria de seus atacantes.

Com o resultado, o vice-líder PSG chegou aos 68 pontos, três a menos que o primeiro colocado Monaco, que mais cedo havia vencido o Caen, por 3 a 0, fora de casa. O próximo compromisso do clube de Paris é o confronto com o Metz, fora de casa, ainda sem data definida. Já o Lyon, na quarta posição, com 50 pontos, volta a campo para enfrentar o Rennes, às 10 horas (de Brasília) do próximo domingo, fora de casa.

Campeonato Italiano.

Briga intensa no Italiano por vagas na Champions e Europe League.

Briga intensa no Italiano por vagas na Champions e Europe League.

Roma vira sobre o Sassuolo e retoma vice-liderança do Italiano; confira os resultados da rodada no campeonato italiano.

No encerramento da 29ª rodada do Campeonato Italiano, a Roma recebeu o Sassuolo, neste domingo, no Estádio Olímpico, e venceu de virada por 3 a 1. Os visitantes saíram na frente com gol de Defrel, mas os donos da casa viraram a partida com Paredes, Salah e Dzeko.

Com o resultado, a Roma retomou a vice-liderança da competição, atrás apenas da Juventus. O Napoli havia roubada a segunda colocação com a vitória fora de casa sobre o Empoli, mas não sustentou a posição por causa da vitória da Roma.

Roma e Sassuolo voltam a campo pelo Campeonato Italiano somente no dia 2 de abril. Os romanos recebem o Empoli, no Estádio Olímpico, enquanto os neroverdi enfrentam a Lazio em seus domínios, no Estádio Città del Tricolore.

O jogo

A partida começou movimentada, com as duas equipes mostrando intensidade e buscando o ataque. Logo aos três minutos, a Roma chegou com Salah, que bateu no canto esquerdo, mas Consigli mergulhou para fazer a defesa. Na sequência, veio a resposta do Sassuolo. Defrel recebeu passe promissor na área, porém errou a finalização e mandou por cima.

Na marca de nove minutos, Defrel se redimiu e colocou o Sassuolo em vantagem. Após contra-ataque em velocidade, o atacante recebeu passe de Berardi dentro da área e bateu com precisão no ângulo direito de Szczesny, que nada pôde fazer. A Roma reagiu rápido e chegou ao empate aos 16 minutos. Salah rolou para Paredes, que chutou de primeira de fora da área e acertou o canto direito de Consigli.

O Sassuolo partiu para cima da Roma depois de sofrer o empate e teve grande chance de voltar a comandar o placar, aos 20 minutos. Politano recebeu na área e finalizou rápido, mas Szczesny estava atento e fez bela defesa. Aos 41, Rudiger subiu mais do que a zaga do Sassuolo e cabeceou com perigo, à esquerda da meta defendida por Consigli. Nos acréscimos, a Roma virou o jogo. Salah pegou rebote do goleiro após finalização de El Shaarawy e mandou para o fundo das redes.

O gol da virada marcado no final do primeiro tempo animou a Roma, que voltou para a segunda etapa mais confiante. Aos 14 minutos, Strootman arriscou da entrada da área, mas Consigli defendeu sem problemas. Na sequência, Dzeko tentou de cabeça, porém mandou por cima.

A insistência da Roma teve resultado na marca de 23 minutos, quando Dzeko tabelou com Strootman, recebeu na área e marcou o terceiro dos giallorossi, tocando no canto direito do goleiro.

Veja os resultados dos jogos deste domingo da 29ª rodada do Campeonato Italiano:

Empoli 2 x 3 Napoli
Bologna 4 x 1 Chievo
Crotone 0 x 1 Fiorentina
Sampdoria 0 x 1 Juventus
Cagliari 0 x 0 Lazio
Atalanta 3 x 0 Pescara
Udinese 4 x 1 Palermo
Roma 3 x 1 Sassuolo.

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta