Noticiário da Fórmula- 1; confiram !

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br por agência AFP.

Webber vê Hamilton como melhor nos treinos desde Senna.

JOHANNES EISELE/AFP/GETTY IMAGES
Ex-piloto da F-1, Mark Webber segue por meio da modalidade
Ex-piloto da F-1, Mark Webber segue por meio da modalidade

Mark Webber deixou a Fórmula 1 ao final da temporada de 2013, mas não se distanciou totalmente da categoria.

Ao fazer uma análise do atual campeonato, o australiano destacou as boas atuações de Sebastian Vettel e Lewis Hamilton, dois primeiros colocados do Mundial, e chegou a comparar o desempenho do britânico nos treinos classificatórios ao ídolo brasileiro Ayrton Senna.

“Tanto Lewis quanto Sebastian estão pilotando de maneira incrível neste ano, e Hamilton, particularmente na classificação, é muito forte. Em uma volta, ele é o melhor desde Senna, é muito especial aos sábados”, disse ao site australiano da Red Bull.

Webber também comentou sobre a situação de Fernando Alonso. O bicampeão vem fazendo verdadeiros milagres com a McLaren, já que os motores Honda não demonstraram o rendimento esperado. O australiano lamentou que as expectativas não tenham sido cumpridas, mas não deixou de elogiar o espanhol.

“É uma grande pena para a F1, para a Honda e para a McLaren. Eles criaram muitas expectativas, mas não conseguiram cumpri-las. Aos domingos, Alonso é provavelmente o melhor do mundo, o que é ainda mais frustrante”, finalizou Mark.

McLaren confirma permanência de piloto belga para 2018.

DIVULGAÇÃO
Stoffel Vandoorne seguirá na McLaren na temporada 2018 da Fórmula 1
Stoffel Vandoorne seguirá na McLaren na temporada 2018 da Fórmula 1

A McLaren confirmou nesta quarta-feira que o belga Stoffel Vandoorne continuará como piloto da equipa britânica na próxima temporada da Formula 1.

“A McLaren-Honda confirma que Stoffel Vandoorne seguirá competindo pela equipe em 2018, como estava planejado”, informou a escuderia em comunicado.

Vandoorne, de 25 anos, expressou a satisfação por ter ampliado o contrato com a equipe.

“Estou feliz pelo anúncio oficial de que continuarei em 2018, assim poderei encarar a segunda parte da minha primeira temporada totalmente focado no meu trabalho, em tirar o máximo do carro, dos engenheiros e de todos os que estão ao meu redor”, comentou o piloto.

“Já estudei muito nesta primeira metade da minha primeira temporada na Fórmula 1, com os meus engenheiros, meus mecânicos, Eric (Boulier), Zak (Brown) e Jonathan (Neale), e Fernando (Alonso), que é um piloto brilhante e também um excelente companheiro de equipe”, acrescentou Vandoorne.

O diretor de McLaren, Eric Boullier, explicou que a continuidade de Vandoorne já estava nos planos da equipe desde que o piloto ganhou a vaga para 2017.

“Quando anunciamos, no final de 2016, que Stoffel seria piloto da equipe em 2017, indicamos que os nossos planos eram que ele estivesse conosco vários anos. O plano não mudou e estou muito feliz de poder confirmar que ele vai continuar conosco a próxima temporada”, afirmou Boullier.

“(Vandoorne) estudou muito nesta primeira parte da temporada e melhora a cada dia. O seu companheiro de equipe (Alonso) é um duro oponente, o que é um atenuante, porque se trata, possivelmente, do melhor piloto de F-1 na atualidade, mas o talento de Stoffel e a sua grande ambição nos garante que terá grandes conquistas no futuro conosco”, disse o diretor.

Em Spa, tricampeão Hamilton chegará a 200 GPs na F-1.

GETTY
Lewis Hamilton, da Mercedes: 200 corridas na Fórmula 1
Lewis Hamilton, da Mercedes: 200 corridas na Fórmula 1

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes), tricampeão mundial de Fórmula 1, chegará neste fim de semana, durante o GP da Bélgica, a 200 corridas disputadas na carreira na principal categoria do automobilismo.

O piloto de 32 anos é o que mais venceu entre os que estão em atividade. Com 57 vitórias, está atrás apenas de Michael Schumacher, com 91. Além disso, está a apenas uma pole position do recorde de 68 do alemão, e, dessa forma, terá a chance de igualá-lo no tradicional circuito de Spa-Francorchamps.

Hamilton, que chega à Bélgica após ter participado de diversos eventos promocionais, incluindo um do Unicef em Cuba, estreou na Fórmula 1 pela McLaren em 2007, ano em que não teve uma boa relação com seu primeiro companheiro de equipe, o espanhol Fernando Alonso, que vinha de um bicampeonato pela Renault.

No ano seguinte, obteve, praticamente na última curva da última corrida, o GP do Brasil, o primeiro título da carreira, superando o brasileiro Felipe Massa. Depois, também foi o melhor das temporadas 2014 e 2015, já pela Mercedes.

Entre os pilotos que continuam competindo, apenas Sebastian Vettel, atualmente na Ferrari, tem mais conquistas, com quatro. O alemão triunfou de 2010 a 2013 pela Red Bull. Também têm mais títulos que o inglês o francês Alain Prost (4), o argentino Juan Manuel Fangio (5) e Schumacher (7).

Subiu ao topo do pódio pela primeira vez no GP de Mônaco de 2007. Pouco mais de dez anos depois, em julho deste ano, festejou diante de seu público, em Silverstone, a 57ª vitória na categoria.

Excêntrico e talentoso, o piloto de 32 anos superou o número de poles do ídolo Ayrton Senna no Azerbaijão. Nos 199 GPs dos quais participou até agora, subiu ao pódio 110 vezes e em 112 largou na primeira fila do grid. Somou 2.435 pontos e assinalou 37 voltas mais rápidas.

Neste ano, Hamilton está firme na briga pelo tetra. O competidor da Mercedes soma 188 pontos, 14 a menos que Vettel.

 

Massa elogia tradicional pista de Spa: ‘Uma das melhores da F1’.

OCTANE/ACTION PLUS VIA GETTY IMAGES
Felipe Massa está ansioso para voltar as pistas
Felipe Massa está ansioso para voltar as pistas

Felipe Massa não disputou o GP da Hungria, antes das férias de verão da Fórmula 1, aproveitou para visitar a família e amigos no Brasil, no período, mas agora demonstra certa ansiedade para correr o histórico circuito de Spa-Francorchamps, palco do GP da Bélgica deste final de semana – o local, em sua maioria, é o grande favorito dos pilotos.

“Spa é uma das melhores pistas da F1. Acho que será incrível guiar lá com este novo carro, com mais downforce. A Eau Rouge será como uma reta, mas há muitas outras curvas que também vão ser incríveis para guiar”, exaltou o vencedor do mesmo GP em 2008.

Na última etapa, o brasileiro sentiu-se mal nos treinos livres e, por isso, abandonou as pistas. Mesmo assim, permaneceu na 11ª colocação do campeonato, com 23 pontos ganhos. Seu companheiro na Williams, Lance Stroll, acumula 18 pontos até o momento.

Para Massa, a sensação de guiar em Spa com um carro de 2017, mais veloz que os antecessores, será especial. Além disso, ele terá uma novidade na cabeça: um capacete produzido especialmente para o GP.

A ação trata-se de uma parceria da escuderia britânica com a empresa italiana Martini, que expõe sua marca no macacão dos pilotos. O desenho foi feito pelo artista espanhol Kenor e será sorteado aos fãs.

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta