Thominhas reflete: ‘Não posso esquecer que luto MMA’. Confiram a formação dos cards.

Do Zigzagdoesporte.com.br por Lance express.

Brasileiro comenta mudanças em treinos e temporada na Tailândia antes de luta com Font.

Escalado para enfrentar Rob Font na luta que abre o card principal do UFC 220, em Boston (EUA), neste sábado, Thomas Almeida está pronto para mostrar dentro do octógono a evolução que buscou durante os últimos meses.

Escalado para enfrentar Rob Font na luta que abre o card principal do UFC 220, em Boston (EUA), neste sábado, Thomas Almeida está pronto para mostrar dentro do octógono a evolução que buscou durante os últimos meses. Em entrevista ao LANCE!, o brasileiro comentou mudanças feitas nos treinos e o período que passou treinando na Tailândia.

Segundo Thominhas, a ideia dos treinos na Tailândia, assim como na Chute Boxe, sua academia em São Paulo, foi buscar uma preparação mais voltada ao MMA, algo mais próximo da luta.

– Passei uns 25 dias treinando na Taiândia, treinei com vários campeões lá. Foi um treino mais focado no MMA, não era só muay thai. Sou um lutador de MMA, não posso esquecer disso, não posso esquecer de outras áreas. O objetivo dos treinos lá e na Chute Boxe foi treinar o mais próximo da luta o possível. Chegar perto da luta real, simulando parceiros de treino, preparação, momento da luta e tudo mais. Quanto mais próximo da luta eu treinar, melhor – explicou, em conversa por telefone.

Atual número dez no ranking oficial dos galos, Thomas prevê “porrada” contra Font. O plano do brasileiro é usar sua movimentação, sem perder a agressividade conhecida na hora da luta.

– Rob é um cara duro, com boa experiência, tem braços longos e boxe bom. Gosta de golpear principalmente na longa distância. Minha estratégia é mexer bastante a cabeça e ter uma boa movimentação, não ser um alvo fixo, é disso que ele gosta. Vou impor minha agressividade. Sábado vai ser porrada e vou dar o meu máximo pra vencer mais uma vez – prometeu o lutador.

Vindo de derrota para Jimmie Rivera, Almeida comemorou a participação no card principal do UFC 220, que conta com duas disputas de cinturão e outros três brasileiros em ação.

– Lutar nesse evento é maravilhoso, é mais uma oportunidade que o UFC está me dando. Fico muito feliz e focado para representar à altura. Vou botar minha vontade lá dentro. quero dar um show para o UFC, pra mim e para os fãs – declarou o peso-galo.

Além de Thomas Almeida Vs Rob Font, o UFC 220 conta com as apresentações dos brasileiros Gleison Tibau, Alexandre Pantoja e Francimar Bodão. O show conta ainda com a disputa pelo título dos meio-pesados entre Daniel Cormier e Volkan Oezdemir, além do combate pelo cinturão dos pesados entre Stipe Miocic e Francis Ngannou.

Confira as lutas do UFC 220
Stipe Miocic x Francis Ngannou
Daniel Cormier x Volkan Oezdemir
Calvin Kattar x Shane Burgos
Gian Villante x Francimar Bodão
Thomas Almeida x Rob Font
Card preliminar
Kyle Bochniak x Brandon Davis
Sabah Homasi x Abdul Razak Al-Hassan
Dustin Ortiz x Alexandre Pantoja
Dan Ige x Julio Arce
Matt Bessette x Enrique Barzola
Maryna Moroz x Jamie Moyle
Islam Makhachev x Gleison Tibau

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta