Dana White afirma que St-Pierre está aposentado e é contestado por empresário. Entenda o fato.

Carlos Fiúza de SAlvador para o Zigzagdoesporte.com.br por AGFIGHT.

 

Dana White é o principal dirigente a permanecer na organização após a troca de comando da Zuffa para a WME-IMG – Diego Ribas

O presidente do UFC, Dana White, não perde a oportunidade de dar declarações polêmicas sobre Georges St-Pierre. Desta vez, em entrevista à emissora canadense TSN, Dana afirmou que não há perspectiva de novos combates do lutador porque ele está aposentado — o que, até o momento, não foi dito por ‘GSP’. Antes de os rumores crescerem, porém, o empresário do atleta, Rodolphe Beaulieu, apressou-se em negar a informação.

Georges se aposentou em 2013, após vencer Johny Hendricks numa contestada decisão dividida, e retornou ao octógono no ano passado, tirando o título dos médios (84 kg) das mãos de Michael Bisping. Pouco mais de um mês depois de conquistar o cinturão, porém, o canadense anunciou que deixaria o posto de campeão vago para tratar de uma colite ulcerosa. Recentemente, inclusive, o lutador falou em voltar a lutar, mas na categoria dos leves, a fim de tentar fazer história em três categorias. Ainda assim, White “aposentou” St-Pierre.

“Estivemos conversando sobre uma luta com GSP, mas ele está aposentado. Pelo que sei, ele está aposentado. Não está interessado em lutar com ninguém”, afirmou o dirigente. “Tentamos fazer um combate entre ele e Nate Diaz em Los Angeles, mas GSP não quis. Ele não quer lutar agora, não está interessado em lutas”, acrescentou.

Ao site ‘MMA Junkie’, entretanto, Rodolphe Beaulieu contestou o que disse Dana. De acordo com o empresário, nada que St-Pierre tenha dito nos últimos tempos pode ser considerado uma declaração de aposentadoria, ao contrário do que White deu a entender.

“Ele estava no programa de Ariel Helwani [‘The MMA Hour’] algumas semanas atrás. Estava no podcast de Joe Rogan algumas semanas atrás e, durante uma entrevista de três horas, em momento nenhum ele disse que estava aposentado. Ele mencionou, nas duas entrevistas, o que o interessaria. Nas duas entrevistas ele disse exatamente por que não tinha interesse em uma luta contra Nate Diaz. Ele explicou todos os motivos”, falou.

Georges, de 37 anos, tem 26 vitórias e duas derrotas na carreira — ambas no UFC, onde já obteve 20 triunfos. Ele é o recordista de defesas de cinturão no peso meio-médio (77 kg), com nove.

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta