Estado de Lauda é satisfatório após transplante, segundo boletim médico.

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br por F-1.com

Foto: Correio Popular.

Ainda no último fim de semana, a sedação do austríaco já havia sido retirado e ele já passou a respirar sem ajuda de aparelhos.

Tricampeão mundial de Fórmula 1, Niki Lauda se encontra em estado “muito satisfatório” quatro dias após realizar transplante de pulmão, segundo informou nesta segunda-feira o Hospital Geral de Viena. Ainda no último fim de semana, a sedação do austríaco já havia sido retirado e ele já passou a respirar sem ajuda de aparelhos.

“Vinte e quatro horas após a cirurgia, Lauda estava plenamente consciente. Pôde ser desentubado e respira sem ajuda. Durante os dias seguintes sua condição melhorou constantemente e todos os órgãos estão funcionando bem. O paciente continuará a ser cuidado até a recuperação completa”, informou o comunicado do Hospital.

Walter Klepetko, cirurgião responsável pelo transplante do atual diretor não executivo da Mercedes, indicou ao jornal Österreich que Lauda ainda terá que esperar algumas semanas para receber alta, mas também se mostrou otimista com a recuperação do ex-piloto. “Ele será o velho homem novamente, poderá viajar de novo, e ainda trabalhar como antes”.

Niki Lauda tem 69 anos e precisou deixar sua férias no final de julho em Ibiza de maneira precipitada para ser hospitalizado em Viena após ter contraído um vírus pulmonar. O transplante se tornou inevitável, mas ele ainda precisou esperar uma semana, utilizando respiração artificial, para realizar o procedimento.

Além disso, Lauda ainda sofre as consequência de um grave acidente em 1976 durante o GP da Alemanha, quando inalou gases tóxicos devido ao carro em chamas, o que afetou seus pulmões.

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta