Depois de dois transplantes renais, médicos temem com a evolução de Niki Lauda. Entenda o fato.

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação por F-1.com

Foto: Reprodução/ Twitter.

Niki Lauda - Mercedes

Depois de uma série de relatos positivos sobre a evolução do quadro clínico de Niki Lauda nas últimas semanas, agora surgiram notícias de que a saúde do austríaco piorou novamente, já que ele tem problemas renais.

Lauda recentemente foi obrigado a fazer um transplante de pulmão depois de suas férias em Ibiza, inicialmente noticiado como uma “forte gripe”.

A enorme quantidade de comprimidos que a lenda da F1 tem que tomar diariamente para garantir que seu corpo não rejeite o novo pulmão deixou seus ruins sob muito esforço. É claro que a situação tornou-se mais complicada porque Lauda já realizou dois transplantes de rim. O primeiro em 1997, com seu irmão Florian como doador e em 2005 de sua namorada – que tornaria-se esposa – Birgit Wetzinger, já que os rins não estavam mais funcionando em sua plenitude.

Pode levar até uma ano para o corpo de Lauda aceitar totalmente o novo pulmão, relata o ‘OE24’. os médicos temem que o uso intenso de remédios possa danificar gravemente seus rins. Então, o processo de evolução de Lauda levará mais tempo do que se pensava anteriormente.

A primeira previsão era de que Lauda pudesse retomar seu trabalho na Mercedes com relativa rapidez. Uma mudança radical no estilo de vida é necessária para os próximos seis meses, depois o austríaco poderá viver sua vida de forma normal novamente. O médico aconselhou Lauda a não voar nesses seis meses, o que poderia agravar ainda mais a situação.

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta