PREVISÍVEL AO EXTREMO

 Por Carlos Fiúza

 

 Exceto em algum lampejo de um outro jogador, agora mais fácil de apontá-los: Zé Rafael (quando quer) ou o garoto Ramires recém lançado no profissional. De resto a previsibilidade do Bahia salta aos olhos de quem quiser ver inclusive treinadores adversários.

Já culpei o Enderson Moreira algumas vezes não mais, pois esta clara a pequenez do grupo de jogadores do Bahia, tanto no quantitativo quanto no qualitativo.

A direção do Bahia e ai incluam o incompetente gestor de futebol enfraqueceram o grupo e só isso, venderam, venderam, venderam, e assim vão levar o clube para o abismo com um treinador de 2ª e elenco na sua maioria formado por jogadores de 3ª. Por falar em 3ª o Nino Paraíba é de dá dó coitado, abiscoitado, desequilibrado, mas também a culpa não é dele, e sim do Gestor que o contratou e do treinador que também veio pelas incompetentes mãos do Gestor de futebol que insiste com ele, Nino.

Falando um pouco do jogo de ontem, no futebol a “justiça” passa longe né? Caso tivesse justiça no futebol, o resultado ontem seria uns 5 x 2 para o Botafogo; concordam? Voltemos ao tema, previsibilidade, o treinador do Bahia adota um esquema que pelo menos uns 30 clubes do Brasil usam daí os 20 da série A e outros tantos da série B só que dentre essa apenas meia dúzia tem elenco pra desenvolver uma pratica convincente e vitoriosa, convenhamos o Bahia não esta entre os 06 que mencionei na meia dúzia.

Jogando com 4-2-3-1 no caso Bahia fica uma cratera entre a inicialização e a criação, pois os 02 volantes ficam quase que entre os zagueiros assim a criação (meio-campo) fica comprometida. Falando em criação quem criava era o Zé Rafael quando tem condições físicas e o Regis que já foi mandado embora para criar em outro clube, Vinicius, não dá pra esperar nada de quem nada têm a oferecer.

Cadê o DADE? Cadê o Gestor de Futebol? Sou que o Presidente do clube anda mais preocupado com eleições de outubro. Coitado do Bahia!

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta