Noticiário do Master 1000 de Indian Wells; confira tudo.

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação.

Federer passa fácil por Edmund e avança às quartas em Indian Wells.

Agora garantido nas quartas de final, ele irá enfrentar o polonês de 22 anos e número 67 do mundo, Hubert Hurkacz, algoz de Denis Shapovalov.

Mais um jogo e mais uma vitória tranquila de Roger Federer em Indian Wells. Nesta quarta-feira, o pentacampeão do torneio não encontrou dificuldades e despachou o britânico Kyle Edmund em apenas 1h03 de partida, com placar final de 6/1 e 6/4.

Com o resultado, o suíço segue embalado pelo centésimo título de sua carreira conquistado em Dubai e ainda não perdeu sets no deserto californiano. Agora garantido nas quartas de final, ele irá enfrentar o polonês de 22 anos e número 67 do mundo, Hubert Hurkacz, algoz de Denis Shapovalov.

Os tenistas nunca se enfrentaram anteriormente no circuito e tem apenas duas vitórias contra top 10 na carreira, as duas contra o japonês Kei Nishikori, a últimas delas nesta terça-feira, no próprio torneio californiano.

Atual vice-campeão de Indian Wells, Federer tem 600 a pontos a defender para que não perca nenhuma posição no ranking e se mantenha entre os principais cabeças de chave do Masters 1000 Miami, que começa na semana que vem.

Além disso, o suíço pode se isolar no posto de maior vencedor de Indian Wells, já que hoje divide a posição com Novak Djokovic, ambos com cinco títulos cada.

 

Monfils desbanca algoz de Djokovic e avança em Indian Wells.

A fase iluminada do alemão Philipp Kohlschreiber em Indian Wells chegou ao fim na manhã desta quinta-feira. Depois de eliminar Nova Djokovic com uma ótima atuação, o mesmo não foi páreo para o francês Gael Monfils, cabeça de chave número 18 do torneio, que com uma ótima atuação saiu de quadra vitorioso por sets diretos, com placar final de 6/0 e 6/2, em apenas 58 minutos de confronto.

O triunfo, aliás, confirmou mais uma vez o bom momento de Monfils, que conquistou recentemente o ATP de Roterdã. Além disso, são 15 vitórias em 18 jogos e o retorno ao top 20 do ranking.

Nas quartas de final, o francês terá pela frente o austríaco Dominic Thiem, adversário que jamais venceu no circuito. Ao todo, foram quatro partidas entre eles, sendo duas no saibro e duas no piso duro. Uma delas, inclusive, em Indian Wells, em 2017.

 

Melo e Kubot vencem de virada, e chegam na semifinal em Indian Wells.

Depois de um início de temporada sem bons resultados, Marcelo Melo e Lukasz Kubot parecem ter se reencontrado com os melhores dias em Indian Wells. Prova disso foi a superação da dupla nas quartas de final do torneio, já na madrugada desta quinta-feira, para vencer o croata Franko Skugor e o britânico Dominic Inglot por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/2 e 10-6.

Depois de um início de temporada sem bons resultados, Marcelo Melo e Lukasz Kubot parecem ter se reencontrado com os melhores dias em Indian Wells. Prova disso foi a superação da dupla nas quartas de final do torneio, já na madrugada desta quinta-feira, para vencer o croata Franko Skugor e o britânico Dominic Inglot por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/2 e 10-6.

Indian Wells, inclusive, é um local onde o mineiro e o polonês já foram praticamente do céu ao inferno. Vice-campeões em 2017, os dois não repetiram o bom desempenho no ano passado, caindo ainda na rodada de estreia. Agora, em busca de uma vaga na decisão, terão pela frente Novak Djokovic e Fabio Fognini.

O início de jogo ficou marcado pelas sucessivas quebras de serviço, de ambos os lados. Aos poucos, Inglot e Skugor passaram ser mais consistentes, enquanto Melo e Kubot continuavam pressionados e cedendo pontos importantes. Apesar de terem salvo dois break points, a mesma sorte não foi repetida, consolidando o revés na primeira parcial da partida.

No segundo set, o brasileiro e o polonês findaram de vez a irregularidade e mostraram muita eficiência, principalmente no serviço, para sair na frente, quebrar o saque dos rivais e deixarem tudo igual no marcador. Depois, no match tiebreak, Melo e Kubot venceram três pontos seguidos, mantiveram o equilíbrio, mas viram os adversários empatarem em 6 a 6. No fim, com ótimo saque de Melo, a vitória foi confirmada.

 

Raonic bate Kecmanovic e volta a uma semifinal de Masters 1000.

Buscando seu primeiro título de Masters 1000 na carreira, Milos Raonic voltará a jogar uma semifinal de um evento desse porte depois de um ano. O canadense confirmou presença mais uma vez na fase de Indian Wells nesta quinta-feira, quando venceu o sérvio Miomir Kecmanovic por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 6/4, após 1h12 de partida.

Com a vitória, Raonic alcança a 10ª final de Master 1000, sendo que chegou à decisão em três oportunidades, a última justamente em Indian Wells, há três anos atrás. Dono de oito canecos de ATP, o tenista pode ir a sua 23ª decisão no circuito.

Raonic, que já chegou a ser número 3 do mundo, figura na 14ª posição do ranking da ATP e já defendeu os 360 pontos conquistados no último ano. Caso se classifique à final, somará 600 pontos e, se for campeão, mais 400. Um eventual troféu nos Estados Unidos fará com que o tenista cole no top 10. Nas semifinais, Raonic espera o vencedor do austríaco Dominic Thiem e do francês Gael Monfils.

Kecmanovic, por sua vez, deixa Indian Wells como uma das surpresas. O sérvio de 19 anos, que foi líder do ranking mundial de juniores, entrou como lucky-loser e beliscou uma quartas de final em seu primeiro Masters 1000. Desse modo, o número 130 do mundo deve entrar no top 100 da ATP.

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta