Noticiario do mundial de canoagem na Hungria 2019; confira.

Spread the love

Do Zigzagdoesporte.com.br por O Publico.pt

Português garantiu qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, com prestação deste sábado na Hungria na prova K1 1000 metros.

Fernando Pimenta conquista medalha de bronze na Hungria.

Português garantiu qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, com prestação deste sábado na Hungria na prova K1 1000 metros.

O canoísta português Fernando Pimenta conquistou neste sábado a medalha de bronze na final de K1 1000 metros dos Mundiais de canoagem, disputados na Hungria.

Com esta medalha, Fernando Pimenta carimbou o passaporte para os Jogos Olímpicos de 2020, que se irão realizar em Tóquio.

Pimenta, que defendia o título mundial conquistado em 2018 em Montemor-o-Velho, competiu na pista quatro e terminou a prova em 3m37,63s, tendo sido superado pelo húngaro Balint Kopas, medalha de ouro com 3m36,07s e pelo checo Josef Dostal, medalha de prata com 3m37,31s.

Fernando Pimenta é o actual campeão do Mundo de K1 1000 e 5000, sendo que apenas a primeira prova é distância olímpica.

Teresa Portela falha apuramento directo em K1 200

A canoísta lamentou ter falhado este sábado o apuramento directo para Tóquio 2020 na prova de K1 200 dos mundiais da Hungria, confiando que vai conseguir a vaga no K4 500 de Portugal.

“Não posso fazer mais nada, por isso é tentar fazer uma boa prova esta tarde no K4, que é a grande aposta, e conseguir o apuramento. No K1 200 já não depende de mim, é aguardar”, disse Teresa Portela.

Para conseguir a vaga nos 200 metros, a canoísta de Esposende precisa que três das cinco primeiras nesta distância também se apurem no K1 500, no domingo.

“Larguei bem outra vez, consegui ir perto delas, mas no final cedi e perdi pelo menos uma posição. Tinha sido muito melhor o sétimo, pois dava-me mais hipóteses”, admitiu.

“Compito muito melhor com vento a favor, acho que me ajuda. Já sabia que ia ser uma prova mais dura pelo vento, mas ainda assim acho que estive a disputar os primeiros lugares até aos 100 metros. Depois, acabei por ceder, mas continuei a fazer uma boa prova. Fico com o oitavo lugar no mundial”, constatou.

Erlon e Isaquias são bronze no C2 1000m e conquistam vagas para o Brasil nos Jogos de Tóquio 2020.

Por Helena Rebello, Marcelo Courrege e Rogerio Romera — Szeged, Hungria

Dupla brasileira chega em 3º lugar na prova vencida pelos chineses Liu e Wang ; cubanos Torres Madrigal e Jorge Enriquez ficam com a medalha de prata no Mundial de canoagem na Hungria.

Se estivesse na arquibancada, Jesus Morlán certamente teria trocado a expressão compenetrada por um sorriso. Na raia de Szeged, sede do Mundial de canoagem velocidade, os pupilos do saudoso técnico honraram o planejamento minucioso e foram coroados pelo esforço em mais um ciclo olímpico. Neste sábado, Erlon de Souza e Isaquias Queiroz superaram o forte vento contra e foram medalha de bronze no C2 1000m, selando a classificação para os Jogos de Tóquio 2020.

Queria agradecer a uma pessoa que é mais importante que todo mundo, que é o nosso treinador Jesus Morlán. Ele pode ter falecido, mas continua com a gente. Sem ele não teria essa medalha nem esses títulos. Essa medalha de hoje é consequência do trabalho dele, então dedicamos a ele toda essa nossa trajetória. Sem ele a gente não teria conseguido esses feitos na nossa vida – disse Isaquias, emocionado, após elogiar o trabalho de toda a comissão técnica atual.

Erlon de Souza e Isaquias Queiroz — Foto: Marcelo Courrege

Erlon de Souza e Isaquias Queiroz — Foto: Marcelo Courrege

00:00/06:06

Erlon de Souza e Isaquias Queiroz ficam com bronze na prova de C2 1000m e garantem vaga nas Olimpíadas

Erlon de Souza e Isaquias Queiroz ficam com bronze na prova de C2 1000m e garantem vaga nas Olimpíadas

– Queria agradecer a uma pessoa que é mais importante que todo mundo, que é o nosso treinador Jesus Morlán. Ele pode ter falecido, mas continua com a gente. Sem ele não teria essa medalha nem esses títulos. Essa medalha de hoje é consequência do trabalho dele, então dedicamos a ele toda essa nossa trajetória. Sem ele a gente não teria conseguido esses feitos na nossa vida – disse Isaquias, emocionado, após elogiar o trabalho de toda a comissão técnica atual.

Erlon de Souza e Isaquias Queiroz — Foto: Marcelo CourregeErlon de Souza e Isaquias Queiroz — Foto: Marcelo Courrege

Erlon de Souza e Isaquias Queiroz — Foto: Marcelo Courrege

 

 

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta