Amanda Nunes revela por que sorriu durante quase todo o massacre contra Spencer. Veja os resultados dos cards.

Spread the love

Do Zigzagdoesporte.com.br por espn.com.br

Amanda Nunes 'zera' UFC e só decidirá futuro após papo com Dana ...

Amanda Nunes fez história mais uma vez ao vencer Felicia Spencer no UFC 250 neste sábado, em Las Vegas, se tornando a primeira pessoa na história do Ultimate a defender dois cinturões de forma simultânea.

Amanda Nunes fez história mais uma vez ao vencer Felicia Spencer no UFC 250 neste sábado, em Las Vegas, se tornando a primeira pessoa do Ultimate a defender dois cinturões de forma simultânea.

Durante a luta, as câmeras flagraram a brasileira sorrindo no meio dos rounds, entre as trocações de golpes. Na coletiva de imprensa, ela revelou o motivo das risadas.

“Eu queria ir pra 5 rounds com a garota mais dura e hoje provei isso. Eu sabia que Felicia era a mais dura da divisão. Eu poderia ir pra 6 rounds, não mais 5, e rindo, curtindo lá. Hoje tudo foi incrível, consegui fazer tudo que treinamos. por isso estava rindo, não estava provocando ela, mas porque consegui colocar em prática tudo que treinamos”, explicou Amanda.

A vitória também recheou ainda mais o bolso da “Leoa”.

Com o triunfo, ela embolsou um total de US$ 490 mil, cerca de R$ 2,44 milhões pelo câmbio atual.

Foram US$ 350 mil só para aparecer para a luta, mais US$ 100 mil pela vitória e outros US$ 40 mil de bônus da Reebok.

Apesar de ter dominado Spencer, Amanda Nunes não ganhou um dos prêmios de performance da noite, o que poderia ter aumentado seus ganhos neste sábado em mais US$ 50 mil.

play
0:50

Amanda Nunes diz o que acha de ser comparada pelo chefe Dana White com Anderson Silva e Jon Jones: ‘Mulher também pode fazer história’

Após defender cinturão no UFC 250, brasileira foi perguntada sobre a comparação feita pelo presidente da organização

Veja todos os resultados do UFC: Nunes vs Spencer

CARD PRINCIPAL

Amanda Nunes (BRA) venceu Felicia Spencer (CAN) na decisão unânime dos jurados (50-44, 50-44 e 50-45)
Cody Garbrandt (EUA) nocauteou Raphael Assunção (BRA) com 4:59 do 2º round – galos
Aljamain Sterling (EUA) finalizou Cory Sandhagen (EUA) com um mata-leão com 1:28 do 1º round – galos
Neil Magny (EUA) venceu Anthony Rocco Martin (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 29-28) – meio-médios
Sean O’Malley (EUA) nocauteou Eddie Wineland (EUA) com 1:54 do 1º round – galos

play
1:23

Amanda Nunes diz que precisava dos 5 rounds contra Spencer para se provar: ‘Poderia ter finalizado a luta, provei que sou melhor em tudo’

Brasileira disse que poderia ter acabado com a luta antes no UFC 250

CARD PRELIMINAR

Alex Caceres (EUA) venceu Chase Hooper (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-27) – penas
Ian Heinisch (EUA) nocauteou Gerald Meerschaert (EUA) com 1:14 do 1º round – médios
Cody Stamann (EUA) venceu Brian Kelleher (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-27) – penas
Maki Pitolo (EUA) nocauteou Charles Byrd (EUA) com 1:10 do 2º round – médios
Alex Perez (EUA) nocauteou Jussier Formiga (BRA) com 4:06 do 1º round – moscas
Devin Clark (EUA) venceu Alonzo Menifield (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 29-28 e 29-28) – meio-pesados
Herbert Burns (BRA) finalizou Evan Dunham (EUA) com um mata-leão com 1:20 do 1º round – peso combinado.

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta