23/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Serena bate Sharapova pela 16ª vez seguida e fatura Aberto da Austrália; confira a conquista da americana.

4 min read

Serena Williams deu neste sábado mais uma mostra do porquê é a número 1 do ranking mundial e a maior vencedora de Grand Slams da atualidade.

Do Zigzagdoesporte.com.br por  UOL, em São Paulo.

Final feminina do Aberto da Austrália

17 / 22

Serena posa para foto com a taça do Aberto da Austrália Clive Brunskill/Getty Images

Serena Williams deu neste sábado mais uma mostra do porquê é a número 1 do ranking mundial e a maior vencedora de Grand Slams da atualidade. Na final do Aberto da Austrália, a americana não deu chances à Maria Sharapova (2ª do mundo) e venceu por 2 sets a 0 (6-3 e 7-6 [7-5]) em partida com 1h50 de duração.

Com o triunfo, Serena aumentou ainda mais a freguesia da rival russa. Agora, em 19 partidas disputadas, possui 17 vitórias, sendo 16 delas de maneira consecutiva. O saque foi uma arma fundamental para ela chegar à vitória. Foram 18 aces distribuídos ao longo do confronto.

O título ganho em Melbourne foi o 19º de Serena em Grand Slams e o sexto no Aberto da Austrália. A jogadora de 33 anos já havia ficado com a taça nas edições de 2003, 2005, 2007, 2009 e 2010.

Na Era Aberta, iniciada em 1968, a americana só fica atrás da alemã Steffi Graff, que ganhou 22 taças. Com o triunfo deste sábado, superou Martina Navaratilova e Chris Evert, com quem estava empatada. Em toda a história, ela é a terceira empatada com a americana Helen Moody. A maior vencedora de todos os tempos é a australiana Margaret Court, com 24.

O Aberto da Austrália foi o segundo Grand Slam seguido vencido por Serena. Em outubro do ano passado, havia vencido o Aberto dos Estados Unidos.

Já Sharapova perdeu a chance de conquistar seu sexto título de Grand Slam. Este foi o seu terceiro vice-campeonato em Melbourne. Já havia perdido as decisões de 2007 e 2012. Ela venceu na Austrália em 2008.

A partida na Austrália teve uma paralisação de 13 minutos no primeiro set por causa da chuva, o que obrigou o fechamento do teto retrátil da Rod Laver Arena.

“Tenho de agradecer a Deus por ter entrado em quadra forte e saudável. Tenho de dar glórias a ele depois de duas semanas muito complicadas. Estou muito honrada de estar aqui. Estar aqui com 19 títulos é algo que nunca pensei que poderia acontecer na minha vida. É um honra segurar este troféu em um dos meus estádios favoritos. Vocês (torcedores) sempre me apoiaram”, afirmou a campeã.

“Não ganho dela (Serena) há um longo tempo, mas me sinto orgulhosa de enfrentá-la, pois ela é uma das melhores da história. Parabenizo ela pelo seu incrível feito”, disse Sharapova.

Quebras ditam ritmo do primeiro set

Sharapova esteve muito mal em seu saque durante toda a primeira parcial e desta forma facilitou bastante o trabalho da rival americana. A russa teve seu serviço quebrado em três oportunidades, sendo que a primeira vez que isso ocorreu foi logo no game inicial. E para piorar veio numa dupla falta. Bastante pressionada, a vice-líder do ranking não conseguia encaixar seus melhores golpes. Não à toa, ganhou apenas 12 de 20 pontos em seu serviço.

Serena também não foi perfeita quando esteve no saque. Apesar de estar dominante em quadra, cedeu uma quebra à rival no oitavo game. Porém, nem isso impediu seu triunfo tranquilo por 6 a 3.

Além da irregularidade nos saques, outro toque diferente do primeiro set foi a chuva que chegou a Melbourne e obrigou a paralisação da partida por cerca de 13 minutos até que funcionários da organização pudessem secar a quadra e o teto retrátil da Rod Laver Arena fosse fechado.

Equilíbrio total no segundo set

Depois de uma primeira parcial na qual as duas tenistas oscilaram, o segundo set foi marcado por muito equilíbrio e grandes jogadas de lado a lado, com ambas as tenistas arrancando aplausos do público na Rod Laver Arena.

Serena teve a chance de liquidar a partida no décimo game, quando teve um match point, mas Sharapova acertou uma bola em cima da linha e até arrancou aplausos da americana.

Com tamanha paridade em um set sem nenhuma quebra, a decisão foi para o tie-break. Apesar de sair em desvantagem de 1 a 0, Serena tomou a dianteira no marcador a partir do 2 a 1 e não perdeu mais. O ponto do 19º título de Slam da americana veio após um ace, que não deu chance alguma à russa.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.