25/06/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

GIRO PELOS CAMPEONATOS PELA EUROPA,ESPANHA, ALEMANHA, INGLATERRA

9 min read

DO Zigzagdoesporte.

Neymar falha, Barcelona perde, e Real pode disparar na ponta

O Barcelona foi a Valladolid neste sábado para buscar três pontos e dormir líder do Campeonato Espanhol. Deu tudo errado. Em uma de suas piores partidas da temporada, o clube catalão perdeu por 1 a 0 para o Valladolid e não apenas disse adeus à chance de dormir líder, como viu o sonho do título ficar ainda mais distante.

Neymar, que na quarta-feira deu show pela seleção brasileira com três gols, teve atuação muito abaixo da média. Relegado ao lado esquerdo do ataque, o brasileiro fez pouco, errou muito e perdeu a chance de gol mais clara do Barcelona.

Com o resultado, o clube catalão manteve-se com 63 pontos. O Real Madrid, que tem 64, recebe o Levante às 15 horas de domingo (horário de Brasília) e pode abrir quatro pontos de vantagem. O Atlético, que joga às 16 horas deste sábado contra o Celta, pode alcançar 64 e assumir a vice-liderança.

O título da Liga ficou distante, e uma vitória no clássico do dia 23 tornou-se uma obrigação para manter a competição viva. Antes, porém, o Barcelona recebe o Manchester City, na quarta-feira, pela Champions League. A equipe azul e grená tem a vantagem de ter vencido o primeiro duelo por 2 a 0, na Inglaterra.

Getty

Piqué, Busquets e Fábregas lamentam gol do Valladolid diante do Barcelona
Piqué, Busquets e Fábregas lamentam gol do Valladolid 

O técnico Tata Martino havia mostrado, durante a semana, preocupação com um eventual desgaste dos jogadores, já que quase todo o time serviu às seleções nacionais nos amistosos de quarta-feira. Pois, quando a bola rolou, o cansaço e uma certa falta de interesse se fizeram evidentes.

O Barcelona até começou melhor e, aos 9 minutos, teve boa chance com Lionel Messi, em contra-ataque pelo meio. O goleiro Diego Mariño, bem posicionado, fez a defesa. Mas foi só.

O Valladolid, que começou retraído, viu uma possibilidade e partiu para cima de um rival cada vez mais errático na defesa. Piqué, voltando de uma lesão muscular, era o melhor o Barcelona, mas demonstrava estar sem ritmo.

Aos 17 minutos, a ousadia do Valladolid foi premiada. Depois de dois chutes que pararam na defesa, a bola sobrou para o italiano Fausto Rossi, no meio da área, fuzilar Victor Valdés.

O desânimo do Barcelona não mudou até o fim do primeiro tempo. Nas poucas chances criadas, quase sempre em jogadas individuais de Messi, o goleiro Mariño não teve dificuldades para intervir.

Na segunda etapa, com a marcação mais adiantada e um pouco menos desinteressado, o Barcelona voltou a criar chances. Aos 11, Neymar teve a oportunidade de igualar o placar, mas o chute – cara a cara com o gol – saiu ruim, e a bola subiu demais, passando acima do travessão.

O gol não saía, e Tata Martino passou a fazer mudanças para deixar o time mais ofensivo. Primeiro, tirou Fábregas e colocou Alexis, deixando o time com quatro atacantes – Messi, Neymar e Pedro continuavam. Depois, Piqué deu lugar ao meia Sergi Roberto. Por fim, Neymar saiu para a entrada do também atacante Cristian Tello.

Era tudo ou nada. Restou o nada.

Pela primeira vez desde 2007, o Barcelona perdeu pontos para o Valladolid. Eram oito vitórias consecutivas diante do rival. Uma série que acabou em um jogo sem inspiração e que pode ter complicado de vez a situação do clube catalão na Liga.

Thiago Alcântara muda o jogo, Bayern massacra, quebra novo recorde e segue imbatível

Wolfsburg e Bayern de Munique fizeram ‘dois jogos’ neste sábado na Volkswagen Arena, em Wolfsburg. Um durou até os 11 minutos do segundo tempo, com o time da casa surpreendendo, sendo melhor, mas cansando de perder gols; o outro teve início quando Thiago Alcântara foi a campo, fazendo a equipe bávara retomar o meio de campo, sobrar e atropelar o adversário por 6 a  1.

Até a saída do kosovare Shaqiri para a entrada do filho de Mazinho – ítalo-brasileiro-espanhol que optou por não defender a seleção brasileira e sim a espanhola -, a equipe do volante brasileiro Luiz Gustavo, ex-Bayern, titular de Luiz Felipe Scolari no Brasil e que não jogou por cumprir suspensão automática pelo quinto cartão amarelo, dominava, mas só havia conseguido um gol, com o zagueiro também brasileiro Naldo, aos 17 minutos da etapa inicial.

EFE

Thiago Alcântara e Rafinha comemoram gol do Bayern sobre o Wolfsburg
Thiago Alcântara (à esq.) celebra gol do Bayern com Rafinha

O empate do Bayern, mesmo não jogando bem, saiu aos 26, em jogada de três finalizações, na qual Shaqiri já tinha mandado para dentro na segunda, mas em que a bola só balançou as redes após o chute de Muller – o gol foi dado para o meia kosovare que defende a seleção suíça.

Quando veio o segundo tempo, o Wolfsburg começou em cima, perdendo três boas chances de gol até os 15 minutos. Thiago Alcântara, já em seu primeiro lance, aos 14, cobrou falta de forma ensaiada por cima da barreira e Robben pegou de primeira, mas mandou por cima do gol.

Aos 16, Alaba cruzou da esquerda, e Muller jogou para fora. O Bayern já era outro. E a virada veio aos 17, com ótima enfiada de Thiago Alcântara para Muller, que recebeu, driblou o goleiro Benaglio e tocou para o fundo das redes. Aos 20, Mandzukic recebeu cruzamento e chutou no canto esquerdo do arqueiro rival para fazer 3 a 1.

Pronto, o domínio absoluto era todo da equipe comandada por Pep Guardiola, que a partir daí seguiria com tranquilidade para sua 16ª vitória seguida no Alemão, um recorde, batendo a marca de 15 que era do próprio time bávaro de 2005, sob o comando de Felix Magath.

Com o triunfo, o Bayern também chegou a 49 partidas de invencibilidade na Bundesliga, sendo 43 vitórias e seis empates. A última queda no torneio nacional foi em 28 de outubro de 2012, um 2 a 1 para o Bayer Leverkusen em Munique.

De 3 a 6 e atenções na Champions
De volta ao jogo, a série de gols teve sequência aos 25. O holandês Robben invadiu a área em diagonal, ficou sem ângulo para concluir e rolou para o francês Ribéry soltar a bomba, seca, e fazer 4 a 1.

Aos 32, Robben recebeu pela esquerda e cruzou para Muller, livre na grande área, cabecear com força para fazer 5 a 1. Aos 35, Muller, para coroar sua ótima atuação, recebeu enfiada pela esquerda e cruzou rasteiro no segundo pau, onde o croata Mandzukic, que não enfrentará o Brasil na abertura da Copa do Mundo por estar suspenso, apareceu livre para encerrar o massacre.

Getty

Muller reclama em Bayern 6 x 1 Wolfsburg
Muller jogou muito e foi um dos destaques do massacre bávaro

Atual campeão, o time bávaro, líder, soma 68 pontos, sendo 23 de diferença para o segundo colocado, o Borussia Dortmund, que tem 45 e joga no domingo.

Terceiro, o Bayer Leverkusen, que só empatou e segue em queda livre, soma 44.

Agora, o Bayern de Munique se volta para a Uefa Champions Legue, competição na qual também defende o título e em que enfrentará o Arsenal na próxima terça-feira em Munique, às 16h45, pelo duelo de volta das oitavas de final – na ida, na Inglaterra, vitória alemã por 2 a 0.

O Wolfsburg, após a segunda derrota seguida na Bundesliga, é quinto com 39 pontos, posição que o garante na próxima Liga Europa. Seu próximo compromisso será no sábado, dia 15, contra o Eintracht Braunschweiger fora de casa, pelo Alemão.

Arsenal goleia Everton e volta às semifinais da FA Cup após 5 anos

O placar não reflete com fidelidade o que foi a partida, mas isso pouco importa. Após cinco anos, o Arsenal está de volta às semifinais da FA Cup, a Copa da Inglaterra, torneio que não conquista desde 2005. Graças a uma goleada por 4 a 1 sobre o Everton aplicada neste sábado, no Emirates Stadium, em Londres.

Ozil, Arteta, de pênalti e Giroud, duas vezes, no finalzinho, fizeram para os donos da casa. Lukaku marcou para os visitantes.

Até os 38 minutos do segundo tempo, o Everton perdia por apenas 2 a 1. A equipe de Liverpool começou melhor o jogo, mas foi punida logo aos sete minutos do primeiro tempo com um gol de Ozil, que recebeu passe de Cazorla e tocou na saída do goleiro Robles.

Lukaku empatou aos 32. A meta ficou aberta para o belga depois de Mirallas escorar cruzamento na área.

Aos 22 da etapa final, Chamberlain sofreu pênalti que Arteta teve que converter duas vezes para recolocar os ‘gunners’ em vantagem novamente – o primeiro foi anulado por invasão na área.

Nos minutos finais, primeiro Giroud recebeu cruzamento da direita de Sagna e em seguida aproveitou passe de Ozil em contra-ataque puxado por Cazorla para finalizar, nas duas ocasiões, sem muito trabalho.

Sheffield United x Charlton Athletic, às 8h50, ao vivo, na ESPN, Hull City x Sunderland AFC, às 10h50, com transmissão da ESPN Brasil e Manchester City x Wigan Athletic, às 13h, também na ESPN Brasil, decidem neste domingo as outras vagas nas semifinais da FA Cup. Os duelos das semis serão sorteados ainda no domingo.

Na próxima terça-feira, o Arsenal vai à Alemanha enfrentar o Bayern de Munique pelas oitavas de final da Champions League. A parada é indigesta: na ida, em Londres, os alemães venceram por 2 a 0. O Everton volta a campo no sábado que vem, em casa, contra o Cardiff, pelo Campeonato Inglês, onde é sétimo colocado.

Bayer Leverkusen empata com Hannover no Alemão e segue em ‘queda livre’

Getty

Bayer Leverkusen comemora gol contra o Hannover
Bayer Leverkusen comemora gol contra o Hannover

Neste sábado, o Bayer Leverkusen empatou por 1 a 1 com o Hannover, jogando fora de casa, na HDI Arena, pela 24° rodada do Campeonato Alemão. O tropeço manteve a “queda livre” da equipe, que não vence há seis partidas.

Aos 28 minutos da primeira etapa, o Bayer Leverkusen abriu o placar com o alemão Gonzalo Castro. Cinco minutos depois, o Hannover, do meia-atacante alemão Leonardo Bittencourt, filho de brasileiros, empatou o jogo com Rudņevs, nascido na Letônia. Ainda aos cinco minutos do primeiro tempo, Huszti, camisa 10 do time casa, teve um gol anulado pela arbitragem.

O empate manteve a sequência negativa do Bayer Leverkusen. A equipe vinha de cinco derrotas seguidas, sendo três pelo Alemão, uma pela Uefa Champions League e uma pela Copa da Alemanha. O time foi a 44 pontos e só se segura na terceira posição devido ao saldo de gols, 13 contra 11 do Schalke 04, que venceu o Hoffenheim por 4 a 0 neste sábado e alcançou a mesma pontuação.

O próximo compromisso do Bayer Leverkusen será contra o Paris Saint Germain, pela Champions League, na quarta-feira. No jogo de ida, o time alemão perdeu por 4 a 0, em casa, e agora terá que golear para passar para as quartas de final. Pelo Campeonato Alemão, a equipe enfrentará na próxima rodada o Bayern de Munique, líder do torneio, no sábado.

O Hannover encarará no próximo jogo o Hertha Berlin, fora de casa, às 11h 30, no sábado.

Hamburgo empata e pode sofrer primeiro rebaixamento

Jogando dentro de casa, o Hamburgo empatou com Eintracht Frankfurt por 1 a 1. Os gols foram marcados por Madlung, do time visitante, aos 29 do primeiro tempo, e Çalhanoğlu, de pênalti, empatou aos 27 da segunda etapa.

O resultado deixou o Hamburgo com 20 pontos, em 16°, posição que faz com que a equipe tenha que disputar um playoff contra o terceiro colocado da segunda divisão da Alemanha para definir quem permanecerá na elite. Caso seja derrotada, esse seria o primeiro rebaixamento da história do clube.

Confira outros resultados da rodada do Campeonato Alemão

Schalke 04 4 x 0 Hoffenheim
Borussia Monchengladbach 1 x 2 Augsburg
Stuttgart 2 x 2 Eintracht Braunschweig

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.