11/12/2023

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Barcelona consegue efeito suspensivo de punição por irregularidade com jovens atletas

3 min read

DoZigzagdoesporte Por ESPN.com.br.

Getty

Jogadores do Barcelona comemoram gol sobre o Schalke 04
Jogadores do Barcelona comemoram gol sobre o Schalke 04 em jogo da Liga dos Campeões jovem

O Comitê de Apelação da Fifa concedeu efeito suspensivo ao Barcelona, nesta quarta-feira, da sanção de um ano sem fazer transferências por irregularidades na contratação de jovens atletas.

O time catalão, que garante ser “referência” no cumprimento da lei de transferências, entrou com um recurso contra a suspensão e também com um pedido de efeito suspensivo, aceito hoje e que lhe garante o direito de contratar enquanto o caso estiver em andamento.

A punição foi imposta pelo Comitê Disciplinar da entidade que rege o futebol no último dia 2.

Segundo o comunicado, o presidente do Comitê de Apelação, Larry Mussenden, “levou em consideração as sanções impostas contra o clube, a complexidade da questão, a data de início do próximo período de inscrições – 1º de julho de 2014 – e o fato de que o Comitê de Apelação da Fifa não parece em condições de tomar uma decisão sobre a questão principal com antecedência suficiente para que um eventual recurso do clube contra a sua decisão perante a Corte Arbitral do Esporte ainda seja decidido antes do início do próximo período de transferências”.

“Consequentemente, o presidente do Comitê de Apelação da Fifa considerou que à apelação impetrada pelo clube deve ser dada efeito suspensivo. Em vista ao exposto, o presidente do Comitê de Apelação da Fifa garante que o recurso próprio e adequado vai acontecer e, ao mesmo tempo, que todos os direitos do clube serão respeitados”, continuou.

Desta forma, o Barcelona pode dar andamento às negociações paradas pela punição e deve anunciar nos próximos dias o goleiro alemão Marc-André ter Stegen, do Borussia Monchengladbach, e o jovem meia croata Alen Halilović, de 17 anos, do Dínamo Zagreb.

Entenda o caso

Segundo a Fifa, o Barça infringiu regras relacionadas à transferência internacional e ao registro de jogadores abaixo de 18 anos não-espanhóis. As investigações começaram com a Fifa Transfer Matching System GmbH (TMS) no último ano e revelaram que o Barça cometeu infrações ao artigo 19 do regimento de transferências com dez atletas durante o período de 2009 a 2013.

Um jogador menor de 18 anos não pode ser parte de uma negociação internacional. No entanto, a regra permite que um adolescente seja transferido sob três circunstâncias limitadas, e tais exceções só poderiam ser concedidas após avaliação de um sub-comitê da comissão do status de jogadores. Para a Fifa, porém, não foi o caso do Barcelona.

Assim, o clube catalão foi punido pelo Comitê Disciplinar da entidade magna do futebol com a impossibilidade de realizar quaisquer negociações a níveis nacional e internacional nas duas próximas janelas de transferências (no meio e no final deste ano além de janeiro de 2015), além de uma multa de 450.000 francos suíços (cerca de R$ 1,15 milhão) e a regularização da situação dos jogadores em 90 dias.

Futebol no Mundo: Barcelona e a violação de regra das categorias de base; veja análise

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.