22/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Segura, Bayern: Ronaldo desafia história, faz dois golaços e Real Madrid atropela

3 min read

DoZigzagdoesporte Por ESPN.com.br.

Talvez o torcedor não tenha consciência, mas o Cristiano Ronaldo que marcou duas vezes na goleada de 4 a 0 sobre o Osasuna, neste sábado, pela Liga Espanhola, está perto de superar a sua melhor sequência artilheira com a camisa do Real Madrid. Ao balançar as redes no Santiago Bernabéu, o atacante chegou a sete jogos anotando e igualou o seu recorde pelo clube.

Agora são 47 gols em 43 partidas na temporada.

Se ainda havia dúvida em torno de sua condição física, o craque tratou de mostrar todo o seu repertório para provar que está pronto para o confronto de volta com o Bayern de Munique, na terça-feira, pelas semifinais da Uefa Champions League – na ida, os merengues venceram por 1 a 0 e abriram vantagem, porém, o português não conseguiu se manter em campo por todo duelo após ficar de fora de quatro compromissos.

Passe de calcanhar com estilo para ultrapassagem de Marcelo pela esquerda. Descida do outro lado e bola cruzada para o meio da área. Cobrança de falta ensaiada com Sergio Ramos. Uma máquina.

Ele abriu o placar logo aos seis minutos depois de receber lançamento pela esquerda, partir em diagonal e bater com efeito de fora da área para encobrir Andrés. O goleiro do Osasuna não pôde fazer nada também na volta do intervalo, em lance semelhante e míssil disparado pelo atacante que foi parar direto no fundo das redes. Sergio Ramos e Carvajal completaram o placar.

Ao todo, são 30 gols do português no Campeonato Espanhol. Nenhum jogador do Real jamais sustentou esse número por quatro temporadas consecutivas.

Getty

Os merengues conquistaram a Copa do Rei na semana passada
Os merengues conquistaram a Copa do Rei na semana passada

 

O primeiro tempo foi todo do Real Madrid, que massacrou o Osasuna por todos os lados. O time visitante chegou somente aos três minutos, em uma bicicleta de Cejudo para fora. Depois dali, teve início a pressão dos donos da casa, intensificada, sobretudo, nos minutos finais, em blitz que deveria ter assegurado logo de cara os três pontos não fossem as oportunidades desperdiçadas por Moratta, Marcelo e Sergio Ramos. Na etapa complementar, os madrilenos apenas administraram a partida em sua última meia hora para Cristiano Ronaldo deixar o gramado reverenciado e ceder lugar a Casemiro.

Antes da partida, Casillas e Ramos apresentaram aos torcedores a taça de campeão da Copa do Rei. Também foi respeitado um minuto de silêncio em homenagem ao ex-técnico do Barcelona, Tito Vilanova, falecido na última sexta-feira após longa batalha contra o câncer.

Retornando após um mês, o brasileiro Marcelo foi uma das novidades da equipe de Madri. Além dele, foram escalados entre os titulares neste sábado Diego López, Nacho, Varane, Illara e Morata. Eles substituíram Casillas, Carvajal, Pepe, Xabi Alonso, Fábio Coentrão e Benzema. O galês Gareth Bale, ainda se recuperando de uma gripe, ficou de fora.

Com o resultado, os comandados de Ancelotti reassumiram o segundo lugar com 82 pontos, ultrapassando o Barcelona, 81, e três atrás ainda do líder Atlético, 85. O time folgou no fim de semana passado em virtude do encontro com o Bayern pela Liga dos Campeões e tem um jogo a fazer ainda no Espanhol, contra o Valladolid, em 7 de maio.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.