11/12/2023

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Ex-campeão dos médios de boxe é preso acusado de dar tiros no primo. Entenda o fato.

2 min read

Do Zigzagdoesporte.com.br por ESPN.com.br.

GETTY

Jermain Taylor, ex-campeão dos médios no boxe
Jermain Taylor, ex-campeão dos médios no boxe

O pugilista Jermain Taylor, ex-campeão mundial de boxe na categoria dos pesos médios, foi preso na noite de terça-feira no estado norte-americano de Arkansas acusado de ter dado tiros no próprio primo, segundo a polícia.

Taylor, de 36 anos, foi levado à delegacia sob custódia e acusado de violência doméstica e assalto. De acordo com Carl Minden, xerife da polícia na região, o primo do boxeador estava em estado grave após levar múltiplos tiros.

“O primo do Sr. Taylor e outro indivíduo vieram à residência dele e houve uma espécie de briga. Em algum momento, o Sr. Taylor sacou uma arma e disparou diversos tiros. O primo está vivo e em condição grave em um hospital da região. Ele tem ferimentos graves. A outra pessoa não foi atingida, mas o Sr. Taylor atirou várias vezes e errou o alvo”, afirmou Minden.

As autoridades disseram que o boxeador estava calmo quando a polícia chegou a sua casa e que foi cooperativo com as investigações.

O incidente vem duas semanas depois de Jermain Taylor – 32 vitórias (20 nocautes), 4 derrotas e 1 empate na carreira – ter acertado uma luta contra Sam Soliman, australiano detentor do cinturão dos médios.

A luta está programada para passar na ESPN dos Estados Unidos no dia 8 de outubro.

Taylor ganhou medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Sydney-2000, chegou a ficar 27 lutas invicto na carreira e manteve o cinturão dos médios entre 2005 e 2007 após superar Bernard Hopkins.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.