Barrichello diz que Schumacher tinha vantagens no contrato com a Ferrari: ‘Todo o favorecimento’. Todos sabiam.

Spread the love

Do Zigzagdoesporte.com.br por espn.com.br

Rubinho Barrichello será indenizado por uso indevido de imagem ...

Em entrevista ao canal do jornalista Lito Cavalcanti, o ex-piloto da Fórmula 1 Rubens Barrichello, que atualmente compete na Stock Car, revelou que o alemão Michael Schumacher, que foi seu companheiro de equipe, tinha vantagens contratuais sobre ele durante os seis anos que trabalharam juntos na Ferrari.

“As pessoas falam: ‘mas o Rubinho sabia o que ele tinha’, se você ler o meu contrato está explícito que não tem nada a mais para ninguém, no contrato do Michael já tava tudo escrito o contrário. Ele tinha todo o favorecimento. Então tudo bem, porque o cara era superior em velocidade e eu se tivesse em igualdade, conseguiria ser superior”.

O brasileiro ainda disse que, um dos momentos mais memoráveis em sua carreira na Fórmula 1 aconteceu em 2010, no GP da Hungria, quando Barrichello ultrapassou Schumacher perto da saída dos boxes. Naquele momento, o brasileiro deu o troco no alemão pelo GP da Áustria de 2002, quando Rubinho deixou Schumacher passar e vencer a corrida a pedido da Ferrari.

“Eu tirei o pé para deixar o Schumi passar na Áustria, acham que foi covarde, acham que eu ganhei dinheiro, acham uma série de coisas que não são verdade. Então uma prova que me marcou, porque ali não tinha ninguém que me falasse ‘não faça isso’, foi na Hungria em 2010, quando eu vi ele saindo do box: ‘taí tua chance'”.

Obviamente, naquela corrida na Hungria, o contexto era diferente. Rubinho corria pela Willians e Schumacher, já heptacampeão mundial, estava na Mercedes. Os pilotos disputavam a décima colocação do GP, que foi vencido pelo australiano Mark Webber. Schumacher quase jogou o brasileiro contra o muro, mas Barrichello completou a ultrapassagem. O alemão ainda foi punido por conduta antidesportiva, perdendo dez posições no grid na corrida seguinte.

Rubinho também contou que esperava que a Ferrari oferecesse uma situação de igualdade de oportunidades entre ele e Schumacher. Mas, quando teve certeza que não ia receber a chance, decidiu abandonar a escuderia ao final da temporada de 2005 e foi para a Honda.

“Na vida quando a gente fica esperando e nada muda e você acaba mudando, vê que nada mais daquilo fazia sentido. Quando eu estava feliz fiquei, quando não estava saí”.

 

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta