Governo falou com Fifa para tirar bundas e críticas a brasileiros de site

Spread the love

Blog do rodrigomattos.

 

Créditos: Reprodução/issuu.com/fifa

( Para seguir o blog no Twitter: @_rodrigomattos_)

O governo brasileiro ficou incomodado com reportagem da revista online “Fifa Weakly” sobre o Brasil por mostrar bundas de garotas de biquinis e por apresentar ironias e críticas ao comportamento dos brasileiros. Por isso, houve um contato com a federação internacional que se prontificou a tirar o material do ar, o que já aconteceu. Antes disso, a entidade não via nenhum problema na matéria.

A revista apresenta uma matéria com o nome “Brasil para iniciantes” com dicas sobre o país. Entre outros itens, o texto diz que brasileiros não são pontuais, não respeitam filas e atrasam até estádios. A foto que ilustra a reportagem mostra as bundas de duas mulheres de biquinis em praia do Rio de Janeiro. Elas assistem a uma partida de futebol.

Há uma determinação do governo brasileiro de evitar imagens que associem de qualquer forma o Brasil ao turismo sexual. No passado, era comum ver fotos de brasileiras de biquini em material de divulgação oficial de turismo no país.

Questionado sobre as imagens e o texto na sexta-feira à tarde, em Zurique, a Fifa informou não ver problema na reportagem. A informação era de que se tratava de uma matéria leve para mostrar a descontração dos brasileiros – acrescentou-se que a revista não representava a posição da entidade. Também se rechaçou qualquer conotação sexual na foto.

“Me desculpe se ofendeu alguém de alguma forma. Nunca foi nossa intenção”, afirmou o diretor de comunicação da federação, Walter de Gregorio, ao blog. Mas não havia nenhuma intenção de tirar o material da revista online até sexta-feira à tarde.

Só que o governo brasileiro ficou sabendo da história e não gostou do conteúdo. Questionado pelo blog na sexta, o Ministério do Turismo confirmou o desconforto e afirmou que houve contato com a Fifa.

“O governo federal tomou conhecimento das imagens publicadas na revista eletrônica The Fifa Weekly, divulgada nesta sexta-feira (21). Em contato com a Fifa, fomos informados que prontamente o material seria retirado do ar” , afirmou a assessoria do Ministério do Turismo.

A pasta não respondeu às perguntas se a matéria denegria a imagem do Brasil. Mas deixou claro que é uma realidade diferente que pretende passar para turistas.

“A Embratur tem como meta mostrar um país culturalmente diverso, com roteiros turísticos repletos de ícones patrimoniais, belezas naturais, hospitalidade e modernidade”, disse o Ministério do Turismo.

Na reportagem retirada do ar, a Fifa listava o que se esperar do comportamento dos brasileiros. Primeiro, afirmava que quando um brasileiro diz sim, pode significar talvez.

Em seguida, era descrito que “pontualidade não é exatamente uma ciência no Brasil”. A dica era, quando combinar de encontrar como alguém, atrasos de 15 minutos são tolerados.

Também estava dito que: “Pacientemente esperar na fila não está no DNA do brasileiro”. Citaram-se exemplos em escadas rolantes. “Em vez disso (filas), brasileiros preferem cultivar caos, ainda assim chegam no alto (quase sempre)” E mencionaram ainda o fato de os pedrestes brasileiros não serem respeitados pelos carros.

Sobre o comportamento na praia, de fato, o texto da Fifa deixava claro que os biquinis não significam que as brasileiras são liberais na praia. “Apesar dos biquinis brasileiros conterem menos tecido em relação aos produtos da Europa, eles ainda são usados o tempo inteiro. Pegar sol sem eles é proibido e pode resultar em multa.”

Por fim, o texto dizia que as coisas no Brasil são sempre feitas “no último minuto” e por isso os turistas devem ter paciência. “Tudo ficará bem, e pronto em tempo. Isso vale também para estádios”. Definia-se o estilo brasileiro como “relaxa e aproveita”.

 

 

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta