Hamilton supera Bottas por apenas 0s059 e faz pole 92 da carreira; Ferrari dá novo vexame.

Spread the love

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação.

Hamilton domina classificação e crava sua 92ª pole no GP da Espanha

Lewis Hamilton é o pole position do Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1. Após liderar as duas primeiras etapas da classificação e o último treino livre, o piloto da Mercedes consolidou a boa atuação nos últimos dias e conquistou, neste sábado (15) o primeiro lugar no grid de largada da corrida. Será a 92ª vez que o britânico largará na ponta.

A Mercedes segue sobrando na temporada 2020 da Fórmula 1. Na manhã deste sábado (15), a equipe garantiu mais uma dobradinha, desta vez com Lewis Hamilton na pole-position e Valteri Bottas em segundo no grid de largada para o Grande Prêmio da Espanha, que terá o holandês Max Verstappen, da Red Bull, saindo da terceira posição.

O resultado só confirmou a soberania do time alemão, que já tinha liderado todos os treinos livres e é o favorito para vencer mais uma corrida, a sexta do ano e que será neste domingo (16), às 10h10 (horário de Brasília).

Para fazer a pole de número 92 da carreira e ampliar seu próprio recorde (Michael Schumacher é o segundo, com 68, e Ayrton Senna o terceiro, com 65 ), Hamilton teve que voar baixo contra seu próprio parceiro de escuderia e só o bateu por míseros 0s059, com o tempo de 1m15s584 – apenas o inglês e o finlandês andaram na casa de 1m15s.

A Ferrari voltou a dar vexame! Após oitavo e 12º lugares em Silverstone, na Inglaterra, na última semana, agora o monegasco Charles Leclerc só conseguiu o nono posto, enquanto o alemão tetracampeão da categoria Sebastian Vettel foi apenas o 11º, logo, sequer passou do Q2.

Sensação da temporada, a Racing Point terá seus carros saindo das quarta e quinta posições, respectivamente com o mexicano Sergio Pérez, que está de volta após perder dois GPs por conta de coronavírus, e o canadense Lance Stroll.

O veterano finlandês Kimi Raikkonen, de 40 anos, destacou-se.

Mesmo com um dos piores carros do grid, ele conseguiu colocar sua Alfa Romeo no Q2 e vai largar em 14º – seu parceiro de time, Antonio Giovinazzi sairá em último, atrás até das Williams.

As McLarens, com Sainz e Norris, largarão dos sétimo e oitavo lugares, enquanto a Renault segue seu calvário e terá Ricciardo e Ocon saindo apenas em 13º e 15º, respectivamente.

Veja, abaixo, o grid de largada para o GP da Espanha de Fórmula 1

1- Lewis Hamilton (Mercedes): 1:15.584

2- Valtteri Bottas (Mercedes): 1:15.643

3- Max Verstappen (Red Bull): 1:16.292

4- Sergio Pérez (Racing Point): 1:16.483

5- Lance Stroll (Racing Point): 1:16.589

6- Alex Albon (Red Bull): 1:17.029

7- Carlos Sainz (McLaren): 1:17.044

8- Lando Norris (McLaren): 1:17.84

9- Charles Leclerc (Ferrari): 1:17.87

10- Pierre Gasly (Alpha Tauri): 1:17.136

11- Sebastian Vettel (Ferrari): 1:17.168

12- Daniil Kvyat (Alpha Tauri): 1:17.192

13- Daniel Ricciardo (Renault) 1:17.198

14- Kimi Raikkonen (Alfa Romeo): 1:17.386

15- Esteban Ocon (Renault): 1:17.567

16- Kevin Magnussen (Haas): 1:17.908

17- Romain Grosjean (Haas): 1:18.089

18- George Russell (Williams): 1.18.099

19- Nicholas Latifi (Williams): 1:18.532

20- Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo): 1:18.697

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta