International Board aprova pedido da Fifa de 5 substituições por jogo. Entenda o fato.

Spread the love

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br por agência AFP.

Foto: Grande Rio FM.

Grande Rio FM 100.7 -Futebol de Base terá 6 substituições

Mudança foi aceita temporariamente para proteger atletas da maratona de jogos que acontecerá na volta do futebol pós-pandemia da covid-19.

A International Board (IFAB, na sigla em inglês), órgão que faz a gestão das regras do esporte, aprovou nesta sexta-feira, de forma temporária, uma proposta feita pela Fifa para a retomada dos jogos de futebol em meio à pandemia do novo coronavírus. As equipes poderão fazer cinco substituições por jogo, em três momentos, tendo em vista a proteção dos jogadores devido à crise causada pela covid-19.

“Como o futebol está considerando a retomada das competições pelo mundo após a pandemia de covid-19, o IFAB concordou em fazer uma alteração temporária às Leis do Jogo, com base na proposta feita pela Fifa para proteger o bem estar do jogador”, informou o órgão em um comunicado oficial divulgado nesta sexta-feira após uma reunião por videoconferência.

Esta alteração pontual e temporária vai entrar imediatamente em vigor e será aplicada nas competições que estejam previstas para ser concluídas até 31 de dezembro de 2020, quer sejam as que serão retomadas ou as iniciadas nesse período.

No mesmo comunicado, a Fifa ressalta que a aplicação das cinco substituições fica a critério da organização das competições, federações ou ligas, tal como o recurso ao VAR (árbitro de vídeo). “Em relação às competições com recurso do VAR, estas podem cessar a sua utilização na retomada, ficando ao critério de cada organizador”, admitiu a entidade.

 

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta