Júnior Cigano não resiste à força de Jairzinho Rozenstruik e sofre duro nocaute no UFC 252. Confira os resultados nos cards.

Spread the love

Do Zigzagdoesporte.com.br por Carlos Fiúza direto da redação.

J. Rozenstruik derrotou J. Cigano por nocaute no UFC 252. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Implacável. Jairzinho Rozenstruik fez valer a fama de nocauteador e fez de Júnior Cigano mais uma de suas vítimas. Em uma das lutas principais do UFC 252, realizado neste sábado (15), em Las Vegas (EUA), o surinamês não tomou conhecimento do ex-campeão dos pesados (até 120,2kg.) e venceu de forma brutal no segundo round.

O resultado confirma a má fase de Cigano no Ultimate. O nocaute sofrido para Jairzinho marcou a terceira derrota consecutiva do brasileiro, que não vence desde março do ano passado.

Com o triunfo, Rozenstruik se recupera da dura derrota sofrida para Francis Ngannou em maio do ano passado. O surinamês, agora, se coloca em posição de destaque para uma futura disputa de cinturão.

A luta

O duelo começou com os dois atletas se estudando no centro do octógono. Cigano tomou a iniciativa com um chute baixo, que foi respondido com um direto do surinamês. Júnior pontuava com socos na linha de cintura de Jairzinho, que aguardava o melhor momento para atacar. O brasileiro conectou um chute alto, eue parou na guarda do adversário. O catarinense se movimentava bem, mas quase foi surpreendido com um contragolpe de Rozenstruik. O duelo seguia tenso e os pesados seguiam dividindo no meio do octógono. Após arriscar um chute, Júnior teve a perna segurada e acabou sofrendo uma sequência de socos. O brasileiro respondeu com um cruzado, que entrou limpo no rosto do surinamês. Nos segundos finais, o confronto foi interrompido após um chute na região genital desferido por Jairzinho. A luta voltou, mas não havia mais tempo.

No segundo round, Rozenstruik tomou a iniciativa com uma combinação de socos, que quase balançaram o brasileiro. Cigano conseguiu se desvencilhar e seguiu pontuando com jabs. Passados dois minutos, o catarinense voltou a surpreender o surinamês com um cruzado, mas Jairzinho mostrava muita resistência. O brasileiro tentava encurtar a distância para golpear com mais eficiência. Na metade do assalto, o brasileiro conectou um bom direto no adversário, mas Jairzinho seguia perigoso nos contra-ataques. Quase no minuto final, Rozenstruik acertou o brasileiro com uma sequência de socos, que derrubaram o ex-campeão. Jairzinho seguiu batendo até que o árbitro parou o confronto e decretou o nocaute.

Marlon Vera surpreende e tira a invencibilidade de Sean O’Malley

Representante dos galos (até 61,2kg.), Marlon Vera calou os críticos e colocou fim na invencibilidade do promissor Sean O’Malley na luta co-principal da noite. Após um início de confronto movimentado, o equatoriano se aproveitou de uma lesão no pé do norte-americano e conquistou um nocaute logo no primeiro round.

Vera chegou ao confronto como grande azarão. Para vencer, o combatente teria que colocar fim à invencibilidade de Sean, que durava 12 apresentações.

O’Malley vinha de quatro vitórias consecutivas desde sua estreia no Ultimate. Com atuações seguras e imponentes, o norte-americano é considerado um grande candidato a nova estrela da organização.

Resultados do UFC 252

CARD PRINCIPAL

Peso pesado: Stipe Miocic derrotou Daniel Cormier na decisão unânime dos juízes (49-46, 48-47, 49-46) – Luta pelo cinturão

Peso galo: Marlon Vera derrotou Sean O’Malley por nocaute técnico a 4m40s do R1

Peso pesado: Jairzinho Rozenstruik derrotou Júnior Cigano por nocaute técnico a 3m47s do R2

Peso pena: Daniel Pineda derrotou Herbert Burns por nocaute técnico a 4m37s do R2

Peso galo: Merab Dvalishvili derrotou John Dodson na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso leve: Vinc Pichel derrotou Jim Miller na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-27)

Peso palha: Virna Jandiroba finalizou Felice Herrig com uma chave de braço a 1m44s do R1

Peso pena: Danny Chavez derrotou TJ Brown na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso-palha: Livinha Souza derrotou Ashley Yoder na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso pesado: Chris Daukaus derrotou Parker Porter por nocaute técnico a 4m28s do R1

Peso pena: Kai Kamaka III derrotou Tony Kelley na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

 

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta