maior goleada da história do futebol brasileiro faz 111 anos. Veja detalhes.

Spread the love

Do Zigzagdoesporte.com.br por Lance.

 

Bota era um dos favoritos ao título estadual

Em 30 de maio de 1909, Alvinegro derrotou o Sport Club Mangueira por 24 a 0, pelo Campeonato Carioca; foi o maior resultado registrado no Brasil.

O Botafogo carrega consigo alguns dos recordes do futebol brasileiro. Neste sábado, uma dessas marcas faz aniversário. Há exatos 111 anos, mais precisamente em 1909, o Alvinegro derrotava o Mangueira, pelo Campeonato Carioca, por 24 a 0, na que é, até hoje, a maior goleada registrada em jogos oficiais do esporte masculino em terras tupiniquins.

No dia 30 de maio de 1909, um domingo, o Alvinegro foi até o estádio que ficava localizado na Rua Voluntários da Pátria, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, para a partida. Na época, o Glorioso tinha uma das melhores equipes do Estado e era um dos favoritos para disputar o título do Carioca.

O Mangueira, contudo, era uma equipe semi-amadora, algo comum na época entre os clubes de menor orçamento do país. Não à toa, só foram para a partida com dez jogadores, já que o 11º não chegou a tempo para o duelo. Sem reservas, com um atleta a menos desde o primeiro segundo de jogo e uma equipe desentrosada, deu no que deu.

O Botafogo, que nada tinha a ver com os problemas enfrentados pelo Mangueira, não teve piedade. Liderado pelo atacante Gilbert Hime, autor de nove gols no dia, o Glorioso fechou o primeiro tempo vencendo por “apenas” 9 a 0, o que já impressionara o público de pouco mais, de acordo com súmulas da época, de 200 pessoas.

A Maior goleada do futebol brasileiro, que entra para o Livro dos Recordes, aconteceu em 30 de maio de 1909. O Botafogo venceu o Sport Club Mangueira por 24 x 0, no jogo que aconteceu pelo Campeonato Carioca e foi apitado pelo árbitro Antônio Miranda.O primeiro tempo da partida terminou com um placar de 9 x 0 para o time Alvinegro. No segundo tempo, a rede balançou outras 15 vezes, em 40 minutos de partida. Na época, os tempos dos jogos tinham cinco minutos a menos, resultando assim em uma média de 2,6 minutos para cada gol.

O time rubro-negro da Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro, Mangueira, desistiu faltando quatro rodadas para o encerramento do campeonato, com um saldo de um empate e nove derrotas em 10 jogos. A equipe marcou quatro gols e sofreu 45, com 24 deles marcados pelo Botafogo.

Escala
Botafogo: Coggin, Raul Rodrigues e Dinorah; Rolando de Lamare, Lulu Rocha e Edgard Pullen; Henrique Teixeira, Flávio Ramos, Monk, Gilbert Hime e Emmanuel Sodré.
Mangueira: Luiz Guimarães, José Perez e Carlos Mongey; Victor, Jonas Cunha e Justino Fortes; Alberto Rocha, João Pereira, Menezes e Maranhão.

Gols da partida
> Gilbert Hime (9)
> Flávio Ramos (7)
> Monk (2)
> Lulu Rocha (2)
> Raul Rodrigues (1)
> Dinorah (1)
> Henrique Teixeira (1)
> Emmanuel Sodré (1)

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta