Noticiário dos baianos na série D; confira tudo que precisa saber. Aqui!

Spread the love

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação.

 

O time tocantinense conheceu a sua quarta derrota e amarga a lanterna do Grupo A6.

Campeonato Brasileiro de Futebol de 2020 - Série D – Wikipédia, a  enciclopédia livre

Com um gol de Kel Baiano, aos 27 do segundo tempo, o Bahia de Feira de Santana derrotou o Palmas por 1 0, na tarde deste domingo, no Estádio Nilton Santos, em partida válida pela quarta rodada do Brasileiro da Série D Grupo A6.

Esta foi a quarta derrota consecutiva do Palmas, que segue na lanterna sem marcar nenhum ponto. Já o time de Feira de Santana vai a sete pontos na classificação e assume a quarta colocação. O líder é o Gama, que venceu as quatro partidas e agora soma 12 pontos.

PRIMEIRO TEMPO
Logo aos 7 minutos, após cruzamento na área feita por Danilo, do Bahia de Feira, o atacante Kel Baiano cabeceou para fora levando perigo. O time visitante seguiu no ataque.

Três minutos depois novamente Danilo colocou a bola na área e o goleiro Jennerson fez boa defesa. Como nas partidas anteriores, os donos da casa com muitas dificuldades para criar uma jogada perigosa contra o adversário.

Bahia de Feira levou a melhor sobre o Palmeiras (Foto: @Christianfotosport/Divulgação)

Bahia de Feira levou a melhor sobre o Palmeiras (Foto: @Christianfotosport/Divulgação)

Aos 31 minutos, o goleiro do Palmas pegou um arremate forte e perigoso do atacante Kel Baiano. O Palmas só conseguiu assustar o gol do goleiro Alan, aos 34 minutos. Após um cruzamento do zagueiro João Bernardo na área a defesa afastou mal, o meio-campista Kanon pegou a sobra e bateu para a defesa do goleiro.

Depois disso, os meninos do Palmas equilibraram a partida no finalzinho do primeiro tempo chegando mais vezes ao gol do time baiano. Mas aos 42 minutos, o zagueiro João Leite salvou o Palmas de levar o gol após arremate de Paulo Paraíba.

SEGUNDO TEMPO

Na segunda etapa, o técnico do Palmas, Robson Tavares, fez duas substituições no início para ver se o time conseguia chegar ao empate. Mas o forte calor acabou prejudicando os dois times, que pouco criaram.

O Bahia de Feira chegou ao seu gol aos 27 minutos. O atacante Kel Baiano recebeu livre na área, sem marcação, e bateu cruzado e rasante na saída do goleiro Jennerson para fazer o único tento da partida.

Três minutos depois, o atacante teve nova chance, mas desta vez desperdiçou. Aos 41 minutos, o Palmas quase empatou com Felipe Boró, mas o goleiro Alan salvou o Bahia de Feira mandando a bola para escanteio. E foi só.

PRÓXIMOS JOGOS
Na quinta rodada, o Bahia de Feira enfrenta o Atlético Alagoinhas, no sábado, no Estádio Carneirão, em Alagoinhas, às 20h30. Já o Palmas terá pela frente o Brasiliense, no domingo, às 15 horas, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

FICHA TÉCNICA

Palmas-TO
Palmas-TO
0 x 1
Bahia de Feira-BA
Bahia de Feira-BA
Palmas-TO

Jennerson;
Jeferson, João Bernardo, Leite e Felipe;
Kanon (Isaac depois Macedo), Ygor (Bruninho), Felipe Boró e Zé Elias;
Vinícius (Gustavo) e César (Cleberson).
Técnico: Robson Tavares.
Bahia de Feira-BA

Alan;
Ceará, Paulo Paraíba, Menezes e Jaildo;
Cazumba, Capone (Breno), Jarbas e Danilo Bala;
Kel Baiano e Ebinho (Léo Porto).
Técnico: Arnaldo Lira.
Time Potiguar consegue virada improvável.

O estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista (BA), foi palco de um dos grandes jogos da quarta rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D. Na tarde deste domingo (4), o Vitória da Conquista-BA venceu o primeiro tempo por 2 a 0, mas viu uma etapa final impecável do Potiguar de Mossoró-RN e tomou a virada para 4 a 2.

Com o resultado, os donos da casa ficam na segunda colocação do Grupo A4, com seis pontos, um abaixo do líder ABC-RN e o mesmo de Coruripe-AL e Itabaiana-SE. Os primeiros fora da zona de classificação ao mata-mata são justamente os visitantes, com cinco.

Foto: Ascom / Vitória da Conquista

Foto: Ascom / Vitória da Conquista

O CONFRONTO
O Potiguar foi melhor no primeiro tempo, mas bobeou em duas bolas alçadas e viu o Vitória da Conquista marcar com Fagner, aos 11 minutos, e Luís Henrique, aos 43. Mais atento na metade final, os visitantes aproveitaram as boas oportunidades e chegaram à virada com Romeu, a um minuto e aos 25; Lucas, contra, aos 13; e Wilson, aos 36.

PRÓXIMAS PARTIDAS
O próximo compromisso do Vitória da Conquista será diante do Central-PE no domingo (11), às 15h, no Lacerdão, em Caruaru (PE), pela quinta rodada da fase de grupos da Série D. No mesmo dia, um pouco depois, o Potiguar enfrenta o ABC-RN, às 15h30, no Leonardo Nogueira, em Mossoró (RN).

FICHA TÉCNICA

Vitória Conquista-BA
Vitória Conquista-BA
2 x 4
Potiguar de Mossoró-RN
Potiguar de Mossoró-RN
Vitória Conquista-BA

Neto;
Roni, Breno, Silvio e Lucas;
Luís Henrique, Fagner, Kléber (Abú) e Robinho;
Rafamar e Leonardo Dias (Erick Leonardo).
Técnico: André Moreira Borges (Interino)
Potiguar de Mossoró-RN

Severino;
Ketson (Mikael), Tiago (Dão), Nildo e Samuel (Ciel);
Rodrigo, Romeu, Hudson Nunes (Anderson) e Diego Viana;
Allyson (Wilson) e Raul.
Técnico: João Paulo Vitoriano de Oliveira.

Atacante faz de pênalti e se torna o maior artilheiro de clube da Série D.

Jogador chegou aos 59 gols pelo clube baiano e igualou Caroço

O estádio Serejão ou Boca do Jacaré presenciou um fato histórico neste domingo. O atacante Robert marcou gol de pênalti no empate por 1 a 1 com o Brasiliense pela quarta rodada da Série D do Campeonato Brasileiroe se tornou o maior artilheiro da história do Atlético Alagoinhas.

“GoooooL é do Carcará! De pênalti Robert marca 1-0 pro Atlético e se torna o maior artilheiro da história do clube ao lado de Caroço com 59 gols!”, comemorou o perfil oficial do clube baiano ainda durante o jogo.

O GOL!

Fez história. (Foto: Reprodução)

Fez história. (Foto: Reprodução)

Bruno Lima colocou a mão na bola dentro da área. Na cobrança, aos dez minutos do segundo tempo, Robert bateu firme no canto direito, Fernando Henrique até encostou na bola, mas não evitou o gol.

“Parabenizar nosso artilheiro @mendes_r85 no qual marcou mais um gol hoje contra a equipe do Brasiliense e alcançou a marca de 59 gols pelo Alagoinhas Atlético Clube se tornando maior artilheiro da história do carcará ao lado de Caroço!”, reforçou o Atlético após a partida.

O resultado deixou o Atlético na terceira colocação do Grupo 6 com sete pontos. No próximo sábado, às 20h30, o Atlético desafiará o Bahia de Feira no Carneirão, em Alagoinhas.

 

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta