Por medida contra o coronavírus, Jared Gordon é impedido de treinar pela polícia.Entenda o fato.

Spread the love

Do Zigzagdoesporte.com.br por Agência Fight.

Foto: Twitter

Resultado de imagem para jared gordon ufc

A repreensão aos atletas que tentam driblar a recomendação de se evitar a aglomeração de pessoas em academias para continuar suas rotinas de treinos parece já ter começado nos Estados Unidos. Pelo menos foi o que relatou Jared Gordon, em entrevista ao site ‘MMA Fighting’. De acordo com o lutador do UFC, ele e alguns companheiros de time da ‘Hard Knocks 365’, foram impedidos de treinar nas dependências da equipe, baseada em Fort Lauderdale, na Flórida (EUA), por autoridades policiais locais.

A medida preventiva visa combater a propagação da pandemia de coronavírus, e causou o fechamento de diversas academias de MMA. Apesar da abordagem policial, o lutador afirmou que o encontro foi cordial, ainda que ele e seus companheiros estivessem sob risco de serem detidos caso descumprissem a ordem. O grupo que tentava treinar na Hard Knocks 365, que ao todo contava com cerca de dez pessoas, tinha a presença de Henry Hooft, treinador da equipe, Michael Johnson, veterano do UFC, assim como Aung La N Sang e Martin Nguyen, campeões do ONE Championship.

“Eu apareci lá essa manhã para fazer um pouco de manopla e policiais estaduais entraram, tipo três policiais de Fort Lauderdale. Eles pareciam policiais estaduais, estavam em motocicletas e tal, e nos disseram para ir embora. Eles falaram: ‘Isso é uma emergência nacional, vocês estão absolutamente sob risco de prisão”. Mas eles foram legais quanto a isso. (…) Nós apenas fomos para um parque local, tipo um campo de grama sintética. Fizemos um pouco de manopla, demos uma corrida, fizemos o que pudemos, mas, você sabe, não é a mesma coisa que estar em uma academia, obviamente. Nosso treinamento está comprometido, para dizer o mínimo”, revelou Gordon.

Com a confirmação do adiamento dos próximos três eventos do Ultimate e as medidas de controle se tornando cada dia mais rígidas ao redor do mundo, Jared Gordon – que tem luta marcada para o próximo dia 16 de maio, diante de Matt Sayles, em San Diego, na Califórnia (EUA) – demonstra preocupação quanto a realização de seu combate e, especialmente, em que condições ele e seu oponente se apresentarão após um camp de preparação tão tumultuado. A necessidade de cortar peso em razão da descida para o peso-pena (66 kg) é outro tema que aflige o americano, que vinha competindo na divisão peso-leve (70 kg).

“Parece que está apenas piorando. Nova York, Califórnia, o estado inteiro foi colocado em isolamento. Eu deveria lutar lá em maio e sei que meu oponente mora na Califórnia, então como ele deve treinar? Você não pode esperar que os caras fiquem em isolamento por semanas e depois lutem, isso não é justo”, ponderou Gordon, antes de continuar.

“Eu estou apenas seguindo o fluxo, tentando fazer o que posso, me mantendo em forma. Eu também preciso cortar o peso, estou descendo (de categoria). Quando eu lutei até 70 kg, eu tinha que cortar até 70 kg, agora eu vou até 66 kg, eu tenho que cortar esse peso extra, então eu realmente preciso fazer dieta e treinar muito duro. Eu não posso perder sessões (de treinamento). Eu não sei como isso vai se resolver. Espero que isso melhore, mas eu tenho um sentimento que isso só vai ficar pior antes que melhore”, lamentou o americano.

De acordo com o último relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), existem mais de 209 mil casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (COVID-19) ao redor do planeta, além de mais de 8 mil mortes relacionadas ao vírus. Os Estados Unidos apresentam mais de 7 mil casos e 100 mortes.

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta