RESUMO DA RODADA DA COPA DO NORDESTE. A 1ª.

Spread the love

Carlos fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação.

Vitória 0 x 0 Fortaleza – Nada de gol e um jogo morno no Barradão.

Salvador, BA, 25 (ZIGZAG) – Em uma partida com pouca inspiração, Vitória e Fortaleza ficaram no 0 a 0, na estreia das duas equipes na Copa do Nordeste.

Maior vencedor da Copa do Nordeste – com cinco títulos, o Vitória estreou no Barradão, mas decepcionou a torcida que compareceu ao jogo.

O Fortaleza também mostrou deficiências e deu saudade no torcedor do desempenho do ano passado, quando foi campeão da Copa do Nordeste.

O JOGO NO 1º TEMPO

O primeiro tempo foi de pouca inspiração de ambas as equipes, que mostraram em campo um desempenho sonolento.

A primeira chance foi do Vitória, com Gérson Magrão, aos 17 minutos. O meia tentou por duas vezes, mas pecou em todas na conclusão.

O Fortaleza respondeu aos 25. Romarinho fez boa jogada pela direita, cruzou, mas a defesa do time baiano salvou.

Diferentemente de 2019, o Fortaleza antes veloz, apresentava lentidão na construção das jogadas. Aos 26 Felipe Alves foi sair jogando, se complicando e quase Júnior Viçosa aproveita, mas cometeu falta no goleiro.

JÁ NO SEGUNDO TEMPO

A etapa final foi mais movimentada e Felipe Alves foi o destaque nos minutos iniciais. Aos 16 minutos, Carleto cobrou falta, Felipe Alves espalmou e no rebote Maurício Ramos tenbta, mas o goleiro do Leão salva mais uma vez.

Com o objetivo de modificar o panorama da partida, Rogério Ceni mandou a campo Edson Carius e Éderson nas vagas de Oswaldo e Wellington Paulista. Na primeira chance em campo, aos 21, Éderson perdeu a chance de abrir o marcador.

FICHA TÉCNICA

Vitória-BA
Vitória-BA
0 x 0
Fortaleza-CE
Fortaleza-CE

Local

Manoel Barradas – Salvador (BA).
Árbitro

Antonio Dib Moraes de Souza
Assistentes

Rogério de Oliveira Braga e Alisson Lima Damasceno
Vitória-BA

Martín Rodriguez (Ronaldo)
Van, João Victor, Maurício Ramos, Thiago Carleto;
Guilherme Rend, Fernando Neto (Romison), Gerson Magrão;
Alisson Farias, Júnior Viçosa (Ruan Levine) e Léo Ceará
Técnico: Geninho.
Fortaleza-CE

Felipe Alves, Gabriel Dias, Quintero, Paulão, Bruno Melo; Felipe, Juninho, Marlon;
Romarinho (Mariano Vásquez), Wellington Paulista (Ederson) e Osvaldo (Edson Carius)
Técnico: Rogério Ceni.

Santa Cruz 0 x 0 Bahia – Fernandão foi para o gol e placar em branco.

A estreia na Copa do Nordeste de Santa Cruz e Bahia teve bastante emoção, mas o gol não saiu na partida realizada no estádio Arruda, no Recife.

O Bahia teve chances de vence, mas parou no goleiro Maycon e quase se complicou no final. O goleiro Douglas foi expulso e, como já tinha feito as três substituições, Fernandão foi para o gol e mandou bem, defendendo a única bola que foi contra ele.

COMO FOI O  JOGO NO 1º TEMPO

Mesmo jogando fora de casa, o Bahia se arriscou mais desde o começo do jogo, foi melhor no primeiro tempo, mas parou no goleiro Maycon.

A primeira grande chance ocorreu aos 16 minutos. João Pedro tabelou com Gilberto, invadiu a área, bateu, mas Maycon fez excelente defesa.

Contratado do Corinthians, Clayson era a principal opção ofensiva do Bahia. Aos 22, ele levantou na área, Gilberto não alcançou e a bola quase entra. Um minuto depois, João Pedro invadiu a área, mas demorou para definir a jogada e Maycon salva mais uma vez o Santa Cruz.

No final, o Santa Cruz assustou com Jeremias. Ele arriscou de fora da área e Douglas espalmou para fora. Antes do intervalo ainda teve tempo de Maycon, salvar o Santa Cruz mais uma vez, em finalização e Élber.

JÁ NO 2º TEMPO
O Bahia iniciou a segunda etapa no ataque. Logo aos cinco minutos, Clayson cobrou falta e a bola passou raspando a trave de Maycon.

Aos 12 minutos, Maycon salva novamente o Santa Cruz em chute de Daniel. O Santa Cruz respondeu três minutos depois. Maycon Felix aproveita cruzamento, toca de carrinho e a bola passa perto do gol de Douglas.

Rpger MAchado ainda colocou Rossi e Fernandão para buscar a vitória, mas a equipe baiana parou em Maycon e saiu com um 0 a 0 de Recife.

SEM GOLEIRO
Aos 42, Douglas saiu da área oara evitar o gol de Patrick Nonato e foi expulso. Fernandão foi para o gol, já que Roger havia feito as três substituições.

O centroavante se mostrou um ótimo goleiro, ao evitar gol aos 46, em cobrança de falta de Pauilinho.

PRÓXIMOS JOGOS
O Bahia recebe o Imperatriz na terça-feira, enquanto o Santa Cruz vai até MAceió pegar o CRB-Al.

FICHA TÉCNICA

Santa Cruz-PE
Santa Cruz-PE
0 x 0
Bahia-BA
Bahia-BA

Árbitro

Wagner Reway (PB).
Assistentes

Kildenn Tadeu Morais de Lucena e Schumacher Gomes (PB).
Santa Cruz-PE

Maycon
Cleiton; Júnior, Danny Morais, William Alves e Fabiano;
Paulinho, Bileu (Italo Henrique), Didira (Tony) e Jeremias;
Pipico e Mayco Félix

Técnico: Técnico: Itamar Schulle.
Bahia-BA

Douglas Friedrich;
João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba;
Gregore, Flávio, Élber e Daniel (Jadson);
Clayson (Rossi) e Gilberto (Fernandão).
Técnico: Roger Machado.

Sport surpreende e larga com vitória no Nordestão.

Jogando no Rei Pelé, Marujo se impõe, mas encontra Leão eficiente e amarga derrota; Leandro Barcia marcou o gol do jogo.

Jogando em casa, o CSA até tentou e se impôs em alguns momentos. Apesar disso, decepcionou a sua torcida, presente em massa no Rei Pelé. Diante de um Sport aplicado, o Marujo acabou derrotado por 1 a 0. O tento da vitória ao Leão na estreia da Copa do Nordeste foi marcado por Leandro Barcia. Agora, as equipes voltam as suas atenções aos seus estaduais.

MORNO…

A postura das equipes nos primeiros minutos parecia anunciar um bom duelo. Aos oito minutos, por pouco os mandantes não inauguraram o marcador. Em boa jogada, Rodrigo Pimpão saiu na cara de Luan Polli. O chute, porém, saiu torto e fraco, facilitando a defesa do arqueiro visitante. Dois minutos depois, o goleiro rubro-negro fez grande defesa em cobrança de falta de Rafinha.

E, por um bom tempo, foi apenas isso. Conforme o relógio adiantava, a partida ia se tornando mais fria. O primeiro lance a retomar o perigo veio somente aos 36 minutos. Debaixo da barra, Élton dominou mal e perdeu grande chance para os recifenses. Aos 42, Pimpão, novamente, quase abriu o placar. Em um belo chute, ele acabou acertando a trave de Luan Polli.

Na volta do intervalo, o escore seguia zerado. Os jogadores, contudo, voltaram dispostos a resolver isso. Aos dois minutos, quase o placar foi aberto pelos alagoanos. Em belo chute de Rafael Bilu, a bola passou raspando a trave. E, no vaivém, quem se deu bem foram os visitantes. Aos 4 minutos, Élton subiu pela lateral esquerda e cruzou para Leandro Barcia marcar de cabeça.

O tento trouxe movimento ao duelo em Maceió. Novamente, apenas por poucos minutos. Aos 7, Caíque evitou o segundo tento rubro-negro após salvar a finalização de Lucas Mugni. Aos 10, foi a vez de Schutz assustar Luan Polli. E ficou nisso. Improdutivos no ataque, os maceioenses pouco fizeram para mudar o placar, selado em 1 a 0 para os visitantes.

PRÓXIMOS JOGOS

CSA e Sport voltam a campo, agora, por seus estaduais. Ambos os jogos ocorrem às 20h da terça-feira (28). Pelo Alagoano, o Azulão do Mutange enfrentará o Jaciobá buscando manter os 100% no estadual. No pernambucano, o Rubro Negro recebe o Central-PE na Ilha do Retiro, em Recife. O Leão da Ilha tenta emplacar a primeira vitória na competição, após iniciá-la com dois empates.

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta