27/09/2021

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Lucas di Grassi conquista a pole-position da Corrida do Milhão 2019. Veja o grid de largada.

4 min read

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação

A Stock Car apresentou uma mudança no regulamento para a Corrida do Milhão, impactando o formato da qualificação, ao invés de três partes de treino, como é na Fórmula 1.

Lucas di Grassi, da Eurofarma, cravou a pole-position da Corrida do Milhão, 7ª etapa da temporada 2019 de Stock Car, seguido pelo seu companheiro de equipe Ricardo Maurício e Thiago Camilo, da Ipiranga.

Na quarta posição parte Daniel Serra, seguido por Gabriel Casagrande e Bruno Baptista completando a terceira fila.

Quem larga da sétima posição e, teoricamente, tem pneus e combustível por, pelo menos, oito voltas mais é Ricardo Zonta, podendo ser considerado até o “segundo pole-position”.

Di Grassi liderou a sexta-feira de treinos livres e dominou quase que por completo a qualificação, depois de liderar três das quatro fases da sessão.

Os pilotos tiveram que pensar totalmente na estratégia, uma vez que todos os pilotos nesta corrida devem largar com combustível e pneus com que terminaram a sessão, ou seja, quanto mais você avança na qualificação, menos combustível e pneus o piloto tem para a largada, abrindo também para a possibilidade de diferentes estratégias entre tanque cheio e vazio, impactando diretamente no desempenho na qualificação, mas também o momento do seu pit-stop na corrida.

A Stock Car apresentou uma mudança no regulamento para a Corrida do Milhão, impactando o formato da qualificação, ao invés de três partes de treino, como é na Fórmula 1, por exemplo, a sessão deste sábado teve quatro partes.

A primeira parte da sessão foi dividida em dois grupos, o primeiro com os 15 mais bem posicionados no campeonato e o segundo com os demais, tendo cada grupo um total de oito minutos para que cada piloto encontrasse sua melhor marca. Os 15 melhores do Q1 avançaram para o Q2.

Felipe Fraga foi quem liderou o Q1.

Do segundo grupo, Átila Abreu, da Shell, que está sempre entre os favoritos na Stock Car, não conseguiu ao menos completar uma volta – seu motor o deixou na mão ainda durante a volta de saída dos boxes.

O incidente do Átila acabou atrapalhando os pilotos do seu grupo e atrasando a continuidade da sessão, pois os fiscais tiveram que fazer a limpeza da pista, pois muito óleo foi espalhado no traçado.

O único piloto do segundo grupo que conseguiu uma vaga na fase seguinte foi Lucas di Grassi, que liderou a sexta-feira, pois nem mesmo Gaetano di Mauro, que liderou a segunda e terceira sessões de treinos livres, conseguiu continuar na disputa.

A segunda parte da sessão, o chamado Q2, foi formada por um grupo único e os seis melhores pilotos avançaram para o Q3.

A liderança do Q2 foi de Lucas di Grassi, seguido por Ricardo Maurício e Daniel Serra, ou seja, domínio total da Eurofarma.

Grandes nomes acabaram eliminados, como Felipe Fraga, líder do Q1, Rubens Barrichello, Marcos Gomes e Cacá Bueno.

O Q3, por sua vez, teve 10 minutos de duração em que os boxes foram abertos para os seis pilotos, em que cada piloto precisa completar 3 voltas e é feita uma média destas para que os três melhores passem para a fase final.

Lucas di Grassi voltou a liderar na terceira fase, passando juntamente com Ricardo Maurício e Thiago Camilo para a fase final, eliminando Daniel Serra, Gabriel Casagrande e Bruno Baptista.

No Q4, cada piloto fez sua única volta rápida com pista livre, saindo um por vez e o mais rápido sagrou-se pole-position da Corrida do Milhão 2019.

A Corrida do Milhão será disputada neste domingo às 11h30 (horário de Brasília, GMT -3) em Interlagos.

 

Confira o grid de largada da 7ª etapa da Stock Car:

1) Lucas Di Grassi (Eurofarma), 1:36.704
2) Ricardo Maurí­cio (Eurofarma RC), 1:36.873
3) Thiago Camilo (Ipiranga Racing), 1:36.979
4) Daniel Serra (Eurofarma RC), 1:37.224
5) Gabriel Casagrande (Crown Racing), 1:37.285
6) Bruno Baptista (RCM Motorsport), 1:37.413
7) Ricardo Zonta (Shell V-Power), 1:37.167
8) Nelson Piquet Jr (Full Time Sports), 1:37.178
9) Felipe Fraga (Cimed Racing), 1:37.180
10) Max Wilson (RCM Motorsport), 1:37.185
11) Rubens Barrichello (Full Time Sports), 1:37.201
12) Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing), 1:37.255
13) Marcos Gomes (KTF Sports), 1:37.295
14) Galid Osman (Shell Helix Ultra), 1:37.399
15) Cacá Bueno (Cimed Racing), 1:37.477
16) Diego Nunes (KTF Sports), 1:37.120
17) Gaetano di Mauro (Shell Helix Ultra), 1:37.210
18) Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports), 1:37.569
19) Marcel Coletta (Crown Racing), 1:37.588
20) Valdeno Brito (Prati-Donaduzzi Racing), 1:37.682
21) Lucas Foresti (Vogel Motorsports), 1:37.694
22) Denis Navarro (Cavaleiro Sports), 1:37.702
23) Cesar Ramos (Blau Motor Sports), 1:37.767
24) Guga Lima (Vogel Motorsports), 1:37.898
25) Bia Figueiredo (Ipiranga Racing), 1:37.900
26) Allam Khodair (Blau Motor Sports), 1:37.929
27) Pedro Cardoso (Hot Car Competições), 1:38.146
28) Rafael Suzuki (Hot Car Competições), 1:43.734
29) Átila Abreu (Shell V-Power), s/tempo

Deixe uma resposta

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.