30/07/2021

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Verstappen ignora favoritismo da Ferrari e sai na pole do GP do Brasil; confira o grid de largada.

6 min read

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação.

É de Max Verstappen a pole-position do GP do Brasil. Com uma performance impecável na tarde deste sábado (16), o holandês brilhou e derrotou a favorita Ferrari para colocar a Red Bull pela segunda vez na pole-position. Com 1min07s508, o jovem superou Sebastian Vettel em 0s123. Lewis Hamilton, na sua primeira classificação como hexacampeão do mundo, segue sem marcar poles, o que não acontece desde o GP da Alemanha. O britânico vai colocar a Mercedes #44 em terceiro no grid.

Charles Leclerc registrou o quarto melhor tempo da classificação. Contudo, com a punição sofrida de dez posições no grid de largada, quem vai fechar a segunda fila do grid é Valtteri Bottas, com Alexander Albon e Pierre Gasly, que trocaram de lugar neste ano, invertendo suas posições na Toro Rosso e Red Bull, vão largar em quinto e sexto, respectivamente. Romian Grosjean colocou a Haas em sétimo e terá Kimi Räikkönen ao seu lado. Kevin Magnussen e Lando Norris fecham o top-10, com Leclerc partindo em 14º lugar.

Max Verstappen recebe o troféu de pole em Interlagos das mãos de Rubens Barrichello (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

O GRANDE PRÊMIO cobre in loco o GP do Brasil com os jornalistas Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Flavio Gomes, Gabriel Carvalho, Gabriel Curty e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe todo o noticiário aqui e tudo dos bastidores e das atividades em pista AO VIVO e em TEMPO REAL.

Saiba como foi o treino classificatório do GP do Brasil de F1

Q1: Sainz sofre com motor e fica sem tempo; Verstappen voa em Interlagos

Sem tempo a perder, os carros mais rápidos deixaram os boxes logo nos primeiros minutos do Q1. A Ferrari abriu a sessão apresentando suas armas. Sebastian Vettel se colocou na ponta provisória com 1min08s556, usando pneus macios, assim como Charles Leclerc, que virou apenas 0s036 mais lento. Só que Alexander Albon indicou que a Red Bull seria uma grande concorrente até pela pole e virou 1min08s503 na sua primeira volta rápida.

Max Verstappen veio logo em seguida e, mesmo com muito tráfego na sua volta, virou mais rápido nos dois primeiros setores e cravou 1min08s242 para tomar a ponta de Albon. Já a Mercedes não impressionou na sua primeira tentativa no Q1 com Lewis Hamilton virando só em quinto, com 1min08s614, e Valtteri Bottas logo atrás. Na volta seguinte, Leclerc melhorou o tempo para virar 1min08s496, colocando a Ferrari em segundo, enquanto Bottas deixava Vettel e Hamilton para trás no fim do Q1.

Já na McLaren, o clima era de correria nos boxes. Depois da volta de instalação, Carlos Sainz teve de regressar por conta de “algo errado no motor”, como ele reportou. Sem conseguir voltar para a pista, o espanhol não marcou tempo e vai ter de largar do fim do grid.

Lance Stroll foi eliminado no Q1 em Interlagos (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Com os primeiros colocados já definidos, restava saber quem faria companhia a Sainz entre os eliminados no Q1. Nico Hülkenberg estava na ‘zona da degola’, mas conseguiu se salvar com uma volta que o colocou em décimo. No fim das contas, caíram mesmo Robert Kubica, George Russell, Lance Stroll e Daniil Kvyat.

Q2: Haas vai ao Q3 com seus dois carros; Renault sofre dupla eliminação

Hamilton foi o primeiro a virar volta rápida no Q2 e cravou 1min08s088, a melhor marca do fim de semana até então, mas que fatalmente seria batida na sequência da classificação. Bottas completou seu primeiro tempo um pouco mais lento, 0s144 atrás do hexacampeão, mas foi logo superado pela ótima Red Bull: primeiro com Albon, depois com Verstappen, que fez volta espetacular: 1min07s503.

Leclerc veio em seguida para também superar Hamilton e virar na casa de 1min07s — 1min07s808, o que impressiona pelo monegasco ter feito seu tempo com os pneus médios, contra os macios dos demais. Vettel, que virou dentro de 1min08s, também deixou Lewis para trás e subiu para terceiro. Albon aparecia em quinto, à frente de Bottas, enquanto Romain Grosjean se destacava como o ‘melhor do resto’ e vinha em sétimo lugar.

Lando Norris foi um dos ceifados da classificação no Q2 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Ainda restava tempo para mais auma tentativa de volta rápida para definir os dez classificados para o Q3. Mas Lando Norris, Daniel Ricciardo, Antonio Giovinazzi — depois de ter cometido um erro no miolo do circuito —, Hülkenberg e Sergio Pérez foram eliminados. Avançaram para a fase final da sessão, além dos pilotos do ‘trio de ferro’ da F1, Grosjean, Pierre Gasly, Kevin Magnussen, e Kimi Räikkönen. Duas Haas no Q3 em Interlagos.

E Leclerc, ciente de que vai perder dez posições no grid para domingo, assegura uma estratégia interessante ao largar com pneus médios neste domingo.

Q3: Verstappen brilha, quebra favoritismo da Ferrari e larga na frente em Interlagos

Dentre os ponteiros, Hamilton e Bottas foram os primeiros a marcar tempo no Q3. O hexacampeão anotou 1min07s861, com o companheiro de Mercedes logo atrás. Mas Leclerc e Vettel vieram logo atrás e não tomaram conhecimento dos tempos das Flechas de Prata. Vettel tomou a ponta com 1min07s631, enquanto o monegasco cravou 1min07s728.

Mas Verstappen vinha forte demais. E na primeira volta rápida o holandês deixou todo mundo para trás ao cravar 1min07s623, sendo somente 0s007 mais rápido que Vettel. Albon fechava o top-6, enquanto Grosjean se sustentava em sétimo lugar.

Max Verstappen ao lado dos multicampeões Sebastian Vettel e Lewis Hamilton (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Todos partiram para a volta derradeira da tarde em Interlagos. Em jogo, além da pole, também a possibilidade de quebrar o recorde da pista neste sábado. Dentre os líderes, Verstappen foi quem abriu primeiro sua volta. O holandês fez um setor 1 ruim, mas conseguiu completar sua volta em 1min07s508. Hamilton também melhorou, mas apenas para alcançar a terceira posição.

De azarão, Verstappen quebrou o favoritismo da Ferrari e cravou uma grande pole-position em Interlagos, a terceira na pista, mas a segunda que vale. Baita desfecho de sábado para a Red Bull Honda no Brasil.

F1 2019, GP do Brasil, Interlagos, grid de largada:

1 M VERSTAPPEN Red Bull Honda 1:07.508 12
2 S VETTEL Ferrari 1:07.631 +0.123 15
3 L HAMILTON Mercedes 1:07.699 +0.191 16
4 V BOTTAS Mercedes 1:07.874 +0.366 20
5 A ALBON Red Bull Honda 1:07.935 +0.427 17
6 P GASLY Toro Rosso Honda 1:08.837 +1.329 14
7 R GROSJEAN Haas Ferrari 1:08.854 +1.346 22
8 K RÄIKKÖNEN Alfa Romeo Ferrari 1:08.984 +1.476 16
9 K MAGNUSSEN Haas Ferrari 1:09.037 +1.529 20
10 L NORRIS McLaren Renault 1:08.868 +1.360 13
11 D RICCIARDO Renault 1:08.903 +1.395 12
12 A GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari 1:08.919 +1.411 14
13 N HÜLKENBERG Renault 1:08.921 +1.413 12
14 C LECLERC Ferrari P +10 1:07.728 +0.220 20
15 S PÉREZ Racing Point Mercedes 1:09.035 +1.527 14
16 D KVYAT Toro Rosso Honda 1:09.320 +1.812 10
17 L STROLL Racing Point Mercedes 1:09.536 +2.028 9
18 G RUSSELL Williams Mercedes 1:10.126 +2.618 9
19 R KUBICA Williams Mercedes 1:10.614 +3.106 9
20 C SAINZ JR McLaren Renault 2
Tempo 107% 1:12.234 +4.726
REC L HAMILTON Mercedes 1:07.281 10/11/2018
MV V BOTTAS Mercedes 1:10.540 11/11/2018

Deixe uma resposta

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.