02/08/2021

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Com gol de estreante, Tricolor paulista busca empate no final contra Esquadrão baiano; confira os detalhes do empate.

4 min read

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação.

Imagem: Youtube.

São Paulo 1 x 1 Bahia - MAIS UM TROPEÇO!! Melhores Momentos (HD ...

Em uma das partidas que fechou as disputas da quarta rodada do Brasileirão na noite desta quinta-feira (20), o São Paulo suou para empatar com o Bahia, pelo placar de 1 a 1, em pleno Estádio do Morumbi. Depois de sair atrás do placar com um gol de Rossi no começo do primeiro tempo, o time paulista fez pressão durante todo o segundo tempo e só foi conseguir deixar tudo igual no placar nos minutos finais com o estreante Luciano.

Com o resultado, o São Paulo que agora tem um retrospecto de uma vitória, um empate e uma derrota em três jogos, aparece na 13ª colocação com quatro pontos. Já o Bahia, que segue invicto apesar do empate, aparece em quarto, com sete pontos somados em três jogos que disputou até o momento.

Jogando em casa, o São Paulo começou a partida fazendo pressão na área adversária, tanto que criou as três primeiras chances de perigo do jogo. A melhor delas veio aos 10 minutos, quando Reinaldo fez um cruzamento com efeito que foi direto para o gol e obrigou o goleiro Douglas Friedrich se esticar todo para fazer a defesa. Apesar disso, foi o Bahia quem cresceu na partida e dominou o restante da primeira etapa.

Aos 13 minutos, Rodriguinho foi derrubado na área por Igor Vinícius e depois de analisar o VAR, o árbitro marcou pênalti. Gilberto foi para cobrança e acabou parando na defesa do goleiro Tiago Volpi. Mas minutos depois, o Bahia conseguiu abrir o placar. Aos 20, Rossi recebeu um lançamento açucarado de Rodriguinho e só teve o trabalho para empurrar para o fundo das redes, na saída do goleiro adversário. Nos minutos finais, ambas as equipes foram para o tudo ou nada, mas o primeiro tempo terminou mesmo com a vitória parcial do Bahia.

Na volta do intervalo, o São Paulo se mandou no ataque em busca do empate. Logo no primeiro lance, Luciano que estava fazendo sua estreia pelo São Paulo, foi lançado na área, dominou e chutou de pé direito, mas a bola acabou saindo mascada. A resposta do Bahia veio aos dez, quando Gilberto recebeu na área e chutou forte, mas parou em uma boa defesa de Tiago Volpi.

No lance seguinte, Élber cobrou escanteio e por muito pouco não fez um gol olímpico, obrigando o goleiro do São Paulo a se esticar todo. Mas, a melhor chance do segundo tempo veio pelos lados do São Paulo. Aos 18, Reinaldo aproveitou uma bola recuada e bateu de primeira, em um chute forte, que o goleiro do Bahia precisou ir no segundo andar para fazer a defesa.

Porém depois de tanto tentar, o São Paulo conseguiu chegar ao empate aos 40. Reinaldo cruzou na área, Gonzalo Carneiro desviou na primeira trave e a bola sobrou livre para Luciano, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes. Até por conta disso, a partida terminou empatada em 1 a 1.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times já voltam a campo no próximo domingo (23) para a disputa da quinta rodada do Brasileirão. Fora de casa, o Bahia visita o Ceará, no Estádio do Castelão, às 20h. Um pouco mais cedo, às 19h, o São Paulo encara o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife.

FICHA TÉCNICA

São Paulo-SP
São Paulo-SP
1 x 1
Bahia-BA
Bahia-BA

Campeonato Brasileiro – 4ª rodada
Local: Morumbi, em São Paulo
Data: 20/08/2020 (quinta-feira)
Horário: 20h
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Daniel do Espirito Santo Parro (ambos do RJ)
VAR: Paulo Roberto Alves Junior (PR), auxiliado por Lucas Paulo Torezin (PR) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

Cartões amarelos: Vitor Bueno, Gabriel Sara (São Paulo) / Gregore, Zeca (Bahia)

Gol: Rossi (Bahia) / Luciano (São Paulo)

São Paulo: Tiago Volpi; Igor Vinicius (Gonzalo Carneiro), Bruno Alves (Léo Pelé), Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê (Helinho), Liziero (Gabriel Sara), Igor Gomes (Luciano) e Daniel Alves; Vitor Bueno e Pablo. Técnico: Fernando Diniz.

Bahia: Douglas (Anderson); João Pedro, Ernando, Juninho e Zeca; Gregore (Elton), Ronaldo, Rodriguinho (Daniel), Rossi (Alesson) e Élber; Gilberto (Saldanha). Técnico: Roger Machado.

Deixe uma resposta

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.