03/08/2021

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Fla na lanterna, Atléticos no topo e Palmeiras dando sono. Veja tudo que rolou na 2ª rodada; inclusive Bahia 1 x 0 Coritiba.

5 min read

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação.

Salvador, Ba, 12 (Zigzagdoesporte) – A bola rolou no Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira. A segunda rodada teve bons jogos, como a virada do Atlético Mineiro, de Sampaoli, o grande favorito ao título, para cima do Corinthians. Destaque também para o Athletico, que, com 100% de aproveitamento, bateu o Goiás por 2 a 1. Já o Flamengo, ah, o Flamengo, levou uma ‘sacolada’ do Atlético Goianiense, por 3 a 0.

VIRADA DO GALO!
Grande triunfo do Atlético-MG no Mineirão! o Galo recebeu o Corinthians em Belo Horizonte, saiu perdendo por 2 a 0, mas buscou a virada e aplicou 3 a 2 no Timão, com gols de Hyoran e um de Nathan. Araos e Jô marcaram os da equipe paulista. Com o resultado, o time do técnico Jorge Sampaoli aparece, por enquanto, na vice-liderança do Brasileirão, com seis pontos em duas partidas. O Corinthians, que fez sua estreia nesta noite, ainda não pontuou.

Red Bull Bragantino e Botafogo se enfrentaram no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). Em uma partida movimentada, os donos da casa inauguraram o marcador ainda na metade inicial, com Alerrandro. Já o Glorioso, aniversariante do dia e fazendo sua estreia no campeonato, deixou tudo igual com Matheus Babina etapa final.

O resultado fez o Massa Bruta chegar ao segundo ponto no Brasileirão Assaí, enquanto o Botafogo conquistou o primeiro. Na próxima rodada, ambos os times atuam fora de casa. O Bragantino vai até Salvador pegar o Bahia, enquanto o Alvinegro Carioca visita o Fortaleza na capital cearense.

Mais três pontos! O Athletico Paranaense venceu o Goiás por 2 a 1, na Arena da Baixada, e garantiu mais um triunfo no Brasileirão. Com o resultado, o Furacão agora soma seis pontos na tabela de classificação e figura entre os primeiros colocados. O Esmeraldino, que fez sua estreia nesta noite, segue sem pontuar.

FLAMENGO ATROPELADO!
Estreia de gala do Atlético-GO na Série A do Brasileirão! O Dragão não tomou conhecimento do Flamengo, foi para cima do atual campeão brasileiro e venceu por 3 a 0, com gols de Hyuri, Jorginho e Ferrareis. Foi um triunfo e tanto da equipe do técnico Vagner Mancini no retorno à elite. Com o resultado, o Atlético-GO aparece, por enquanto, na terceira posição da tabela, com três pontos. O Flamengo, por outro lado, ainda não pontuou e figura na lanterna do Brasileirão.

SERÁ REIDRIGUINHO?
Fazendo sua estreia no Brasileirão, o Bahia recebeu o Coritiba no Estádio Pituaçu. O Tricolor de Aço contou com um gol de Rodriguinho, batendo pênalti de cavadinha, para conquistar os três primeiros pontos na competição. Na terceira rodada, o Bahia terá pela frente o Red Bull Bragantino, novamente em casa. Já o Coritiba receberá o Flamengo, no Couto Pereira.

VENCE O TRICOLOR! Com gol de... - FOX Sports Brasil | Facebook
Com gol de Rodriguinho, Bahia vence o Coritiba por 1 a 0 na sua estreia no Brasileirão!

O JOGO

Com mudanças no seu time titular, o Bahia começou o jogo tentando pressionar. Aos cinco minutos, Flávio mandou uma bomba de fora da área mas Wilson, bem posicionado, defendeu sem dificuldades.

Robson acerta o travessão

Um susto para o Esquadrão aos sete minutos. De fora da área, Robson mandou uma bomba e a bola explodiu no travessão.

O Esquadrão criou uma boa ocasião de gol aos 14. Flávio recebeu passe de Rodriguinho, venceu a dividida com o zagueiro e ficou de frente com Wilson, mas preferiu tocar ao invés de finalizar. A bola foi retomada pelo Coritiba.

Três minutos depois, o Juninho Capixaba avançou em velocidade e deu passe em profundidade para Élber, que avançou e finalizou para fácil defesa de Wilson. Aos 26, Rossi cruzou para a área e Juninho Capixaba bateu de primeira, mas sem força, o que facilitou o trabalho do goleiro do alviverde.

De pênalti, Rodriguinho abre o placar

Aos 37 minutos, em jogada de contra-ataque, Rodriguinho apareceu na grande área, driblou Sassá e foi derrubado. A arbitragem acusou o pênalti. Na cobrança, Rodriguinho bateu de cavadinha, com categoria, para colocar o Tricolor na frente.

Antes do fim da primeira etapa, outra chance para o camisa 10. Em cobrança de falta frontal, a bola passou perto.

Segundo tempo

Atrás do placar, o Coritiba teve uma boa chance aos três minutos com Robson, que aproveitou sobra do cruzamento e bateu forte, mas a bola passou por cima.

Com 11 minutos, Matheus Galdezani cobrou escanteio, Sabino raspou de cabeça e a bola beijou a trave antes de ir para a linha de fundo. Aos 16, Sassá recebeu na área, girou e bateu desviado para defesa de Douglas.

O Bahia voltou a causar perigo aos 26. Daniel aproveitou sobra do escanteio e bateu rasteiro. A bola passou ao lado da meta. Três minutos depois, o Coxa voltou a levar perigo. Após escanteio, William Matheus cabeceou e a bola passou muito perto.

Aos 38, Saldanha recebeu passe em profundidade e ficou de cara com Wilson, mas bateu fraco e sem direção. Aos 45, Alesson cruzou para o meio da área e Saldanha não conseguiu completar para o gol.

Aos 47, Nathan recebeu lançamento nas costas da defesa tricolor e ajeitou para Robson, que chutou para grande defesa magistral de Douglas.

FICHA TÉCNICA
Bahia 1 x 0 Coritiba
Campeonato Brasileiro – 2ª rodada

Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 12/08/2020 (quarta-feira)
Horário: 20h30
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Daniel Luis Marques e Evandro de Melo Lima (ambos de SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, auxiliado por Rafael Gomes Felix da Silva e Luiz Alberto Andrini Nogueira (todos de SP)

Cartões amarelos: Rodolfo, Matheus Galdezani, Yan Sasse e Sassá (Coritiba)

Gol: Rodriguinho (Bahia)

Bahia: Douglas; Nino Paráiba, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba (Zeca); Ronaldo, Flávio, Daniel (Marco Antônio) e Rodriguinho (Alesson); Élber e Rossi (Saldanha). Técnico: Roger Machado.

Coritiba: Wilson; Natanael (Jonathan), Rodolfo, Sabino e William Matheus; Matheus Galdezani (Luiz Henrique), Nathan Silva (Renê Júnior), Ruy (Yan Sasse) e Robson; Igor Jesus e Sassá (Natan). Técnico: Eduardo Barroca.

Deixe uma resposta

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.