01/08/2021

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Zonta supera Ramos nos boxes e vence a Corrida do Milhão; confira tudo aqui.

4 min read

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação.

Ricardo Zonta venceu neste domingo (23) a 12ª edição da Corrida do Milhão, terceira etapa da temporada da Stock Car, disputada no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). O piloto da Shell/RCM perseguiu Cesar Ramos no início da corrida, e se aproveitou de uma parada mais rápida nos boxes para tomar a liderança e vencer a prova milionária pela segunda vez na carreira.

A segunda posição ficou com Ramos, piloto da Ipiranga Racing que terminou 6s117 atrás de Zonta. O pódio ainda contou com Denis Navarro, piloto da Cavaleiro que fez bonita ultrapassagem sobre Allam Khodair e Thiago Camilo, terminando em terceiro. Rubens Barrichello levou a Full Time ao quarto lugar, enquanto Ricardo Maurício, da Eurofarma RC, fechou a lista dos cinco primeiros.

Thiago Camilo, da Ipiranga Racing, fechou a prova na sexta posição, sendo seguido por Guilherme Salas, da KTF Sport. Átila Abreu, com um carro da Shell/Crown, completou a corrida na oitava colocação, terminando à frente de Allam Khodair, da Blau Motorsport. Julio Campos, da Crown Racing, completou o grupo dos dez primeiros.

A Stock Car deverá anunciar nos próximos dias o local da disputa para a terceira etapa da temporada.

A corrida começou com Cesar Ramos mantendo a primeira colocação, sendo seguido por Ricardo Zonta, que superou Matías Rossi no S do Senna. Diego Nunes avançou para a quarta colocação, enquanto Thiago Camilo completava a lista dos cinco primeiros. No complemento da primeira volta, a direção de prova puniu Rossi com um drive through por infração no procedimento pré-largada.

Guilherme Salas escapou da pista no S do Senna e perdeu algumas posições, enquanto Nunes tocou com Zonta, e despencou na classificação. Quem se aproveitou disso foi Ramos, que disparou na liderança. Na terceira volta, Camilo passou a ser pressionado por Allam Khodair, em disputa valendo a quarta colocação.

Denis Navarro avançou para a sexta posição usando o botão de ultrapassagem para ultrapassar Allam Khodair. Na quinta volta, Rossi pagou a punição, perdendo posições. Assim, Camilo avançou para a terceira colocação da prova, sendo seguido por Khodair e Navarro. Na abertura da oitava volta, Nelsinho Piquet rodou após um toque com Marcos Gomes.

Camilo passou a ser pressionado por Khodair, em briga valendo a terceira posição, mas quem se aproveitou foi Navarro, que entrou na zona do pódio. Na frente, Zonta começou a descontar a vantagem de Ramos, o líder da corrida. Na volta nove, Ramos foi aos boxes para a troca obrigatória, mas teve um pit stop mais demorado.

Na passagem seguinte, Khodair foi aos boxes para sua parada, o que foi repetido por Rubens Barrichello e Ricardo Maurício. Zonta, Navarro e Camilo foram aos boxes na volta 11, com o paranaense da Shell/RCM voltando à frente de Ramos. Gomes e Átila Abreu foram os últimos a fazer a troca de pneus e o reabastecimento. Zonta, Ramos, Navarro, Camilo e Khodair formavam o top-5.

Zonta abriu sete segundos em relação a Ramos, o segundo colocado. O piloto da Ipiranga também tinha sete segundo de frente para Navarro, que era pressionado por Camilo. Na 15ª volta, Rossi rodou em disputa de posição com Pedro Cardoso, em lance que passou a ser investigado. Já Barrichello passou a atacar Átila pelo sétimo lugar, conseguindo a ultrapassagem na volta seguinte.

Camilo partiu para o ataque sobre Navarro, mas viu o piloto da Cavaleiro defender a terceira posição. Na sequência, Barrichello passou por Guilherme Salas para assumir a sexta posição. Gabriel Casagrande rodou no S do Senna na volta 20 após forte toque de Rafael Suzuki, despencando na classificação da prova.

Barrichello entrou na lista dos cinco primeiros ao superar Camilo no final da reta oposta. Já Piquet abandonou a disputa da prova restando pouco mais de dois minutos para o final da corrida. Marcos Gomes foi punido por uma infração na parada nos boxes, enquanto Zonta seguiu na liderança da corrida restando duas voltas para o final.

Zonta seguiu para vencer pela segunda vez na temporada, e garantir seu segundo triunfo na mais importante corrida da temporada.

Ricardo Zonta campeão Corrida do Milhão Solidário Stock Car — Foto: Erica Hideshima

Ricardo Zonta campeão Corrida do Milhão Solidário Stock Car — Foto: Erica Hideshima

Confira como terminou a Corrida do Milhão Solidário:

1. Ricardo Zonta (RCM/Corolla)
2. César Ramos (A.Mattheis/Corolla)
3. Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze)
4. Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla)
5. Ricardo Maurício (RC/Cruze)
6. Thiago Camilo (A.Mattheis/Corolla)
7. Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze)
8. Átila Abreu (Shell Crown Racing/Cruze)
9. Allam Khodair (BFM/Cruze)
10. Júlio Campos (Crown Racing/Cruze).

Deixe uma resposta

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.