03/08/2021

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Noticiário da Copa do Nordeste; confira tudo que aconteceu ontem.

5 min read

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação.

Carcará vence o Treze/Pb e entra na briga por G4.

Em um duelo equilibrado, mas de poucas chances, o Salgueiro venceu a segunda na Copa do Nordeste. No Estádio Cornélio de Barros, o Carcará do Sertão fez 1 a 0 no Treze e entrou de vez na briga pelo G4 do Grupo B após um início com duas derrotas. Com os três pontos, os pernambucanos chegam à quinta posição, com 7. O Treze é sétimo do A, com 5.

Apesar de jogar fora de casa, foi o Treze quem tomou as iniciativas nos minutos iniciais. Fazendo pressão, os paraibanos empurraram o Salgueiro para o seu campo de defesa. A maior presença ofensiva, contudo, carecia de objetividade e, por isso, não se convertia em chances. Da mesma forma, conforme o tempo passava, o Carcará crescia.

E, nesta ascensão, os pernambucanos chegaram ao seu gol. Aos 21 minutos, Felipe Baiano, de fora da área, aproveitou sobra após cobrança de falta e mandou para as redes, de primeira. O tento apesar de mudar o placar, pouco mexeu na dinâmica do jogo. Tentando pressionar, o Galo tinha dificuldade em criar chances claras, enquanto os salgueirenses defendiam bem.

Salgueiro vence o Treze pela Copa do Nordeste (Foto: Darlando Barros) - Darlando Barros

Salgueiro vence o Treze pela Copa do Nordeste (Foto: Darlando Barros)

Na volta dos vestiários, a exceção dos minutos iniciais, o panorama pouco mudou. Defensivo, o Salgueiro pouco arriscava e, com isso, chamava o Treze para cima. Nos dez minutos iniciais, os alvinegros criaram boas chances, mas acabaram parando na marcação Tricolor ou no goleiro Lucas.

A partir dos dez minutos, a situação se inverteu por mais dez minutos: tentando sair do abafa imposto pelos paraibanos, os pernambucanos foram para cima e pressionaram. Por três vezes, tiveram a oportunidade de fazer o segundo gol, mas pararam no goleiro Jeferson. Depois disso, o jogo morreu. Apenas nos minutos finais, Ancelmo teve a chance de empatar, mas a desperdiçou.

PRÓXIMOS JOGOS

Salgueiro e Treze voltam a campo na próxima semana pela Copa do Nordeste. No domingo (28), às 20h, o Galo de Campina buscará a sua reação em clássico estadual diante do Botafogo-PB. A partida ocorrerá no Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande. O Carcará, por outro lado, visita o Sampaio Corrêa no Estádio Castelão, em São Luís, às 19h30 da segunda-feira (29).

FICHA TÉCNICA

Salgueiro-PE
Salgueiro-PE
1 x 0
Treze-PB
Treze-PB

Salgueiro-PE

Lucas;
Dadinha, Ranieri, Leozão e Alan;
Moreilândia, Felipe Baiano e Tarcísio (Héricles);
Aruá, Daniel Passira (Elenílson) e Alison Araçoiaba (Adriano Napão)
Técnico: Daniel Neri Marinho

Treze-PB

Jeferson;
Paulinho, Rômulo, Marlon e Emerson;
Darlan (Bruce), Romeu e Kleiton Domingues (João Leonardo);
Birungueta (Ancelmo), Rogerinho (Sony Anderson) e Jairinho (Marcelo Júnior)
Técnico: Marcelinho Paraíba.

Segundo tempo animado e placar justo no Barradão. Vitória 1 x 1 CRB.

Com um segundo tempo movimentado, Vitória e CRB empataram por 1 a 1, na noite desta quarta-feira, no estádio Barradão, em Salvador, pela quinta rodada da Copa do Nordeste.

O empate fora de casa é bom apenas para o CRB, que chegou aos nove pontos e reassumiu a liderança do Grupo A – tem um ponto a mais que o Bahia, que perdeu para o CSA na terça-feira, em Alagoas.

Já o Vitória perdeu a chance de assumir a primeira posição do Grupo B e aparece em quarto lugar com oito pontos – um a menos que o primeiro colocado CSA.

A partida começou com o Vitória indo pra cima do CRB e criando a primeira chance de gol logo aos três minutos. Guilherme Rend lançou Pedrinho, que cruzou na área e Vico finalizou rente a trave.

Aos poucos o CRB saiu mais para o jogo e conseguiu criar oportunidade aos 13 minutos. Regis recebeu na área e ajeitou para Lucão do Break, que chutou pela linha de fundo.

Os times não conseguiram manter bom ritmo de jogo, tanto é que pouco criaram até o intervalo da partida. Aos 28, após falha do sistema defensivo do CRB, Samuel mandou para o gol e assustou o goleiro Diogo Silva. E os alagoanos responderam aos 31, quando Dudu arriscou de longe e quase acertou o canto do goleiro.

Vitória e CRB foram melhores no segundo tempo do jogo no Barradão

Vitória e CRB foram melhores no segundo tempo do jogo no Barradão

VITÓRIA MELHORA
Após um péssimo primeiro tempo, o Vitória melhorou na etapa final e foi mais efetivo no ataque. Aos nove minutos, Ygor Catataus fez jogada com Ruan Nascimento, que chutou de primeira, mas para fora. Aos 13 foi a vez de David tentar o gol, mas também pecar na pontaria.

Só que o CRB que abriu o placar. Aos 26, Luidy cobrou escanteio, a bola passou por toda área e encontrou o zagueiro Gum, que havia acabado de entrar em campo. Foi o segundo gol do zagueiro com a camisa do time regatiano.

Atrás no placar, o Vitória foi para o tudo ou nada e não demorou a empatar. Aos 31 minutos, David tabelou com Pedrinho e foi derrubado na área. Pênalti marcado que Samuel cobrou e não desperdiçou, dando números finais ao confronto.

PRÓXIMOS JOGOS
O Vitória volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Confiança, às 16 horas, no estádio Paulo Barreto, no Sergipe. Enquanto CRB jogará na terça-feira, dia 30, diante do ABC, às 19h30, no Rei Pelé, em Maceió.

FICHA TÉCNICA

Vitória-BA
Vitória-BA
1 x 1
CRB-AL
CRB-AL

Copa do Nordeste – 5ª rodada
Local: Barradão, em Salvador
Data: 24/03/2021 (quarta-feira)
Horário: 19h30
Árbitro: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
Assistentes:  Lorival Cândido das Flores (RN) e Francisco de Assis da Hora (RN)
Cartões amarelos: Calyson, Régis Tosatti, Luca Caio e Gum (CRB); Ruan Nascimento, Pedrinho e Marcelo Alves (Vitória)
Gols: Gum (CRB) e Samuel (Vitória)

Vitória: Lucas Arcanjo; Raul Prata (Cedric), Marcelo Alves, Wallace e Pedrinho; Gabriel Bispo, Guilherme Rend (João Pedro) e Ruan Nascimento (Walter); David, Samuel e Vico (Ygor Catatau). Técnico: Rodrigo Chagas.

CRB: Diogo Silva; Luca Caio (Reginaldo), Diego Ivo (Gum), Ewerton e Guilherme Romão; Jorge Jiménez, Olívio (Carlos Jatobá) e Dudu; Calyson, Régis Tossati (Luidy) e Lucão (Hyuri). Técnico: Roberto Fernandes.

Deixe uma resposta

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.