01/08/2021

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Brasil vira sobre a Polônia e conquista inédito título da Liga das Nações.

3 min read

Por Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação.

O Brasil é o grande campeão da Liga das Nações masculina de 2021. Neste domingo (27), em um jogaço, digno de decisão, a seleção brasileira saiu atrás contra a Polônia, mas, com uma atuação coletiva brilhante, o time conseguiu a virada para vencer o jogo e conquistar o inédito título. O placar final foi 3 sets a 1, com parciais de 22/25, 25/23, 25/16 e 25/13).

Todos os jogadores foram peça fundamental na vitória, mas Wallace foi o grande destaque, brilhando no ataque e no bloqueio, marcando 22 pontos. Assim, o Brasil encerra a Liga das Nações com 15 vitórias em 17 jogos, perdendo apenas para França e Rússia na primeira fase do torneio.

Esta foi a primeira vez que Brasil e Polônia chegaram à final da Liga da Nações masculina. Nas duas últimas edições, a seleção brasileira havia ficado na quarta colocação, enquanto em 2019, os poloneses conquistaram a medalha de bronze. Lembrando que não houve a competição em 2020 por causa da pandemia.

Além disso, o Brasil se torna, assim, o primeiro time a vencer todos os seis principais torneios de nível mundial de vôlei: Liga das Nações, Jogos Olímpicos, Campeonato Mundial, Copa do Mundo, Liga Mundial e Copa dos Campeões.

O jogo

Brasil e Polônia - Final Liga das Nações masculina
Bruninho foi um dos destaques do jogo (Divulgação/FIVB)

Carlos Schwanke manteve a base titular e colocou o seguinte time em quadra: Bruninho, Wallace, Leal, Lucarelli, Maurício Souza, Lucão e Thales. O começo do jogo foi bastante equilibrado, com pancadaria dos dois lados. Ainda que por pouca diferença, a Polônia conseguia se manter à frente do placar, forçando a seleção a buscar mais jogo. Os brasileiros empataram em 16 a 16 e, depois disso, os times passaram a trocar pontos. No final da parcial, entretanto, os poloneses conseguiram vantagem importante e não desperdiçaram o set point para abrir 1 a 0.

O Brasil voltou melhor para o segundo set, com saque e bloqueio muito bem encaixados. A Polônia, no entanto, começou a reagir e buscou o empate em 9 a 9. A seleção brasileira conseguia se manter à frente, mas sem abrir vantagem confortável, deixando os poloneses vivos no jogo. Na metade final da parcial, o Brasil aproveitou uma desestabilizada dos adversários para abrir cinco de frente, vantagem importante naquele momento. Mas, como uma verdadeira final, os poloneses chegaram a empatar novamente, mas a seleção logo se recuperou, chegou ao set point e empatou a partida em erro de saque de Leon.

O terceiro set começou igualmente equilibrado, com os times muito bem em quadra. O Brasil, no entanto, conseguia se manter na frente, graças a atuações brilhantes de Leal e Wallace, no ataque, e aos levantamentos de Bruninho. Assim como no segundo set, a seleção brasileira conseguiu abrir diferença importante na metade final da parcial. Desta vez, porém, o Brasil segurou a vantagem, sem deixar a Polônia reagir, e chegou ao set point com mais tranquilidade para virar o jogo.

Mais uma vez, o quarto set começou equlibrado, com belos pontos de ambos os lados. Mas, o Brasil queria muito o título inédito e mostrou isso em quadra. Com Lucarelli e Wallace perfeitos na partida, a seleção foi construindo a vantagem no marcador, num jogo digno de final. A Polônia sentiu o baque e não conseguia reagir em quadra. Com isso, o Brasil foi abrindo vantagem e encaminhou o título.

REVEJA: BRASIL X POLÔNIA – FINAL DA LIGA DAS NAÇÕES MASCULINA

BRASIL
3 VS 1
POLÔNIA
1 2 3 4 Tie Break
BRA 22 25 25 25 0 3
POL 25 23 16 13 0 1

Deixe uma resposta

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.