17/09/2021

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Bahia 0 x 5 Flamengo – ‘Era Renato Gaúcho’ começa com hat-trick de Gabigol e humilhação imposta ao Bahia.

4 min read

Por Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação.

REAÇÕES BAHIA 0 X 5 FLAMENGO / REACT BRASILEIRÃO 2021 / HAT TRICK DO  GABIGOL - BLOG NEWS
Todo Bahia x Flamengo e vice-cersa Gabigol humilha e faz o que bem quer da defensiva tricolor. Humilhou!

A ‘Era Renato Gaúcho’ no Flamengo começou, de fato, neste domingo à noite, quando goleou o Bahia, com humilhante goleada e tranquilidade por 5 a 0, no estádio de Pituaçu, em Salvador (BA) pela 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O novo comandante escalou um meio-campo criativo e devolveu ao rubro-begro aquele toque mágico que o torcedor está acostumado a ver. Com seu quarteto mágico – formado por Willian Arão, Diego, Arrascaeta e Éverton Ribeiro – ainda viu Gabriel Barbosa, o Gabigol, fazer o hat-trick – três gols.

A goleada empurrou o Flamengo para a sexta posição, com 18 pontos, porém, com dois jogos e menos do que seus principais concorrentes ao título. O Bahia, com 17 pontos, segue ainda na oitava posição.

Embora tivesse estreado no meio de semana, na vitória por 1 a 0 do Flamengo sobre o Defensa y Justicia, na Argentina, pelas oitavas da Copa Libertadores da América, Renato Gaúcho fez sua presença no time pelo Brasileirão. E não perdeu a chance de escalar o time de forma agressiva.

Confirmou a dupla de zagueiros com Gustavo Henrique e Léo Pereira, devolvendo Willian Arão para o meio-campo, onde ainda contou com os retornos de três craques: Diego, Éverton Ribeiro e Arrascaeta.

Com este quarteto de qualidade, o Flamengo mandou em campo no primeiro tempo. Marcou alto na saída de bola do Bahia, mostrou perfeição no toque de bola e passou a chegar na área adversária para finalizar. Criou algumas chances, porém, abriu o placar, ironicamente, num pênalti aos 22 minutos.

Dois minutos antes, Arrascaeta foi atropelado por Nino Paraíba por trás. Apesar dos protestos baianos, o VAR confirmou a penalidade. Na cobrança, com paradinha, Gabigol deslocou o goleiro Matheus Teixeira, que caiu do lado direito enquanto a bola entrou do outro lado.

O Flamengo ‘alugou’ o campo defensivo do Bahia, aproveitando também a boa atuação do lateral Isla, também de volta da Copa América onde defendeu o Chile. Ele fez boas ultrapassagens pelo lado direito. Num delas, aos 35 minutos, lançado por Arrascaeta fez o passe para Diego que soltou uma bomba de esquerda, defendida pelo goleiro.
Na segunda vez, não teve perdeu. Outra enfiada de Arrascaeta pra Isla e o passe para trás para Gabigol, que bateu de trivela – três dedos – e tirou do alcance do goleiro: 2 a 0 aos 40 minutos.

O Bahia voltou diferente no segundo tempo, tentando acuar o Flamengo em seu campo. Assustou aos seis minutos quando Matheus Galdezani chutou forte, Diego Alves desviou de eleve e a bola ainda tocou no travessão antes de sair. No minuto seguinte, Gabigol teve a chance de ampliar. Ele saiu em disparada, ganhou na velocidade de Conti e na área ficou de frente com o goleiro, mas levou a pior. Matheus Teixeira fez uma grande defesa.

GABIGOL DE NOVO
Gabigol ficou lamentando, mas na chance seguinte não perdoou. Lançado por Éverton Ribeiro, fez o giro e tirou a marcação. Daí só teve o trabalho de bater cruzado para fazer 3 a 0 aos 17 minutos.

No minuto seguinte, ele foi substituído por Pedro. Desta vez, como costuma fazer, não reclamou e saiu sem reclamar. Do banco de reservas viu Pedro ampliar o placar aos 28 minutos, quando ele apareceu entre os zagueiros para desviar o cruzamento de Vitinho, que veio do lado esquerdo. Ele levantou bastante o pé para acertar a bola.

Sinal de que embora tenha feito trocas para poupar alguns jogadores, Renato Gaúcho manteve a ordem de não tirar o pé no ataque. Ficou bem claro com o quinto gol que saiu aos 38 minutos. Arrascaeta desmontou a defesa dentro da área e fez o passe para Vitinho, que bateu no canto direito do goleiro.

O jogo estava bem definido, tanto que o árbitro Wilton Pereira Sampaio deu o apito final em cima dos 45 minutos, sem nenhum minuto de acréscimos. Ninguém reclamou, nem vitoriosos e nem perdedores.

PRÓXIMOS JOGOS

Na 13.ª rodada, o Bahia enfrenta o Atlético-MG no outro domingo, às 11h, no Mineirão. De outro lado, o Flamengo receberá o São Paulo no mesmo dia, mas às 16h, no Maracanã. No meio de semana, o clube carioca faz o jogo de volta contra o Defensa y Justicia, da Argentina, pelas oitavas de final da Copa Libertadores, na próxima quarta-feira, às 21h30, no Maracanã. Como venceu por 1 a 0 fora, agora pode empatar para chegar às quartas.

FICHA TÉCNICA:

Bahia 0 x 5 Flamengo
Campeonato Brasileiro – 12ª rodada

Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 18/07/2021 (domingo)
Horário: 18h15
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires (FIFA-GO)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Cartões amarelos: Gilberto, Galdezani, Matheus Bahia e Juninho Capixaba, Edson (Bahia) / Diego (Flamengo)

Gols: Gabigol (3x), Pedro, Vitinho (Flamengo)

Bahia: Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Ligger, Conti e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Patrick (Edson), Galdezani (Lucas Araújo) e Thonny Anderson (Maycon Douglas); Rossi, Rodriguinho (Pablo) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

Flamengo: Diego Alves, Isla (Rodinei), Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís (Renê); Willian Arão, Diego (João Gomes), Arrascaeta e Everton Ribeiro; Michael (Vitinho) e Gabigol (Pedro). Técnico: Renato Gaúcho.

Deixe uma resposta

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.