17/09/2021

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Ocon nega clima pesado por má fase e diz que evolução de Alonso “é boa para Alpine”. Entenda o fato!

2 min read

Do Zigzagdoesporte.com.br por Ana Paula Cerveira do grandepremio.com.br

A corrida de Esteban Ocon terminou ainda na primeira volta na Áustria. O Francês foi o único a abandonar (Foto: Alpine)

No início desta temporada, com Fernando Alonso de volta à Fórmula 1 após dois anos fora, Esteban Ocon era o destaque da Alpine. Até o GP de Mônaco, quinta etapa do campeonato, o francês tinha 100% de aproveitamento na disputa interna, em que ficou à frente de Alonso por exatas cinco vezes. Mas, a partir de Baku, o espanhol quase o alcançou. O placar agora é mais acirrado: 5×4 para Ocon, que vê um Alonso melhor adaptado ao carro.

No entanto, perguntado pela revista Speedweek se o bom desempenho de Fernando Alonso na Áustria pode ter virado o clima para ele na Alpine, o dono do carro #31 foi claro: “Isso não é verdade, eu não sinto dessa forma”.

A corrida de Esteban Ocon terminou ainda na primeira volta (Foto: Alpine)

“Geralmente é bom para a equipe quando Fernando acelera o ritmo. Mas precisamos dos dois carros entre os dez primeiros para manter nossa posição no meio do grid e terminar em quinto lugar no campeonato de construtores”, acrescentou.

Vale lembrar que, curiosamente, a queda de desempenho coincidiu com Ocon sendo presenteado com um novo contrato de três anos com a Alpine, antes do GP da França. Mas, nas três corridas desde então, ele não conseguiu marcar pontos e seu melhor resultado foi a 14ª em Paul Ricard, enquanto ele não conseguiu passar para a Q2 em ambas as provas do Red Bull Ring.

A próxima chance do francês será no GP da Inglaterra, em Silverstone. A corrida acontece em 18 de julho.

 

Deixe uma resposta

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.