27/09/2021

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Zico foi o representante brasileiro no revezamento da tocha olímpica no fim da noite deste sábado, domingo pela manhã no Japão. Ídolo da torcida do Kashima Antlers e dos japoneses, o ex-camisa 10 foi convidado de honra e encarou a chuva com todo o ânimo para percorrer seu percurso pelas ruas da cidade. Os Jogos Olímpicos serão em Tóquio, daqui três semanas, e ele agradeceu muito após ter sido “esquecido” nos Jogos do Rio.

“Depois do meu país e da minha cidade terem me negado essa oportunidade de carregar a Tocha Olímpica, realizei meu sonho de participar de uma Olimpíada. Agradeço ao Kashima Antlers, à cidade de Kashima e ao Japão por terem me dado essa oportunidade”, agradeceu Zico em suas redes sociais.

“Ao Japão, nossa eterna gratidão”, agradeceu Júnior Coimbra, filho de Zico, que transmitiu on-line o percurso do pai com a tocha olímpica. A honraria do brasileiro foi compartilhada com outros quatro ex-atletas japoneses: Honda, Koji, Suzuki e Narahashi.

Zico foi um dos jogadores pioneiros do Brasil a se aventurar no futebol japonês. Ajudou no desenvolvimento da modalidade no país entre 1991 e 1994 como o astro do Kashima Antlers. Comandava um time de futebol envolvente e que marcava muitos gols e ergueu taças.

O sucesso é reconhecido até hoje, pois carrega a função de diretor técnico do Kashima, servindo de olheiro e indicando jovens brasileiros para o clube. Além do Kashima, o trabalho também se estendeu à seleção japonesa entre 2002 e 2006, na Copa do Mundo da Alemanha.

Conquistou a Copa da Ásia de 2004 e fez ótimo trabalho nas eliminatórias, garantindo a vaga para a competição alemã com o melhor desempenho. Na Copa, contudo, caiu na primeira fase.

“Fica aqui meu agradecimento a todos que me enviaram mensagens de carinho e ao povo japonês pelo respeito e gratidão a minha dedicação ao desenvolvimento do futebol japonês.”

Deixe uma resposta

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.