Time mais carismático do Brasil tem novo Ceni, Lula Molusco e André Beleza, que é ‘feio’;confira.

Spread the love

Francisco De Laurentiis, do ESPN.com.br, e Vladimir Bianchini, da Rádio ESPN.

DIVULGAÇÃO

Acosta Comemora Gol Santos-AP Série D
Acosta (dir) comemora gol do Santos-AP, uma das surpresas da Série D deste ano

Uma das surpresas da Série D neste ano, o Santos do Amapá tem em seu elenco uma série de jogadores com apelidos e histórias peculiares. O goleiro da equipe é palmeirense, mas bate falta (e bem), igual a Rogério Ceni. O atacante é conhecido como André Beleza, mas é feio que dói. E ainda há o uruguaio Acosta, lembra dele? Só que lá, o meia é conhecido como “Lula Molusco”.

ARQUIVO PESSOAL

Diego Goleiro Santos-AP
Goleiro Diego, do Santos-AP: ‘novo Rogério Ceni’

Quem conta os segredos do “Peixe da Amazônia” é o arqueiro Diego, 27 anos, conhecido como “Rogério Ceni de Macapá”. Com um golaço de falta, marcado aos 39 do 2º tempo em cima do Princesa do Solimões, ele foi responsável direto pela classificação do Santos para os mata-matas da quarta divisão nacional.

“O jogo estava muito difícil, o 2 a 2 classificava a equipe deles. Aí fui para o ataque e fiz um belo gol, fiquei muito feliz. Treino faltas há algum tempo já, e, como todo goleiro que faz isso, me inspiro no Rogério Ceni. Nos outros times que passei não tinha a confiança dos técnicos para fazer isso, mas aqui tenho, e acabou dando certo”, festeja, em entrevista à Rádio ESPN e ao ESPN.com.br.

Paulista de Ferraz de Vasconcelos, Diego joga há quatro anos no Santos-AP, com dois títulos do Estadual no currículo (2013 e 2014). Apesar de se inspirar em Ceni, seu grande ídolo na verdade é outro goleiro pentacampeão do mundo com a seleção brasileira.

“Sou torcedor do Palmeiras e tenho o Marcos como ídolo e referência de caráter. Mas, debaixo dos três paus e na hora de cobrar falta, tenho o Rogério como inspiração”, diz.

“Minhas bolas são colocadas, gosto de bater perto do gol, mas treino de várias posições diferentes. Quando eu vou pra cobrança, sempre fica um jogador debaixo do pau pra fazer a cobertura, evitando um contragolpe rápido do adversário”, completa.

Em 2014, aliás, Diego está bem à frente de Ceni no quesito gols de falta: enquanto o “velho Rogério” não fez nenhum, o “novo Ceni” já guardou três bolas na rede.

ARQUIVO PESSOAL

Diego Goleiro Santos-AP
Goleiro Diego comemora seu gol de falta

Só gente bonita

Um de seus companheiros de equipe favoritos no clube de Macapá é o uruguaio Acosta, vice-artilheiro do Campeonato Brasileira de 2007, com 19 gols, pelo Náutico. O atleta também passou por Corinthians e uma série de equipes menores antes de chegar ao Santos, clube no qual voltou a ser referência.

No clube alvinegro, porém, o atleta de 37 anos é conhecido como “Lula Molusco”, devido à semelhança física com o personagem do desenho animado Bob Esponja.

“O Acosta ‘Lula Molusco’ é gente boa demais. É um jogador rodado, muito importante para o nosso time. Já disputou grandes competições com Náutico e Corinthians, e passa muita experiência para os mais novos da nossa equipe, principalmente na hora do jogo, dentro de campo”, afirma Diego.

TOM FRANÇA / ESPN

Uruguaio será a maior estrela do Resende no Carioca de 2013
Uruguaio Acosta, o ‘Lula Molusco’: parece?

Outro atleta do elenco que ganhou fama pelos (poucos) dotes físicos foi o atacante André, ex-Santos (o original, do litoral paulista) e Colônia, da Alemanha, entre outras equipes. Por ser “mal desenhado”, como zombam os próprios companheiros de time, ele ganhou o apelido de André Beleza.

No Santos-AP desde o início do ano, Beleza divide com Diego o posto de cobrador de faltas oficial da equipe. Mas quem decide qual falta cada um vai bater?

“A gente já definide quem será o batedor antes do jogo, e eu revezo com o Beleza. Se a posição não está boa pra mim, ele cobra, e vice-versa. Mas o critério não é quem é mais bonito, não (risos)! Até porque eu sou muito mais bonito”, brinca o goleiro.

Estádio Zerão e pouco público

Com tanto carisma no elenco, o “Peixe da Amazônia” também joga em um estádio bastante simpático: o Milton Corrêa, popularmente conhecido como Zerão.

RICARDO SAIBUN/GAZETA PRESS

André Beleza Treino Santos 28/08/2006
André Beleza já jogou pelo Santos ‘original’

A casa do time amapaense tem esse nome porque foi construída bem ao meio da linha do Equador. Metade do campo fica na parte de baixo, no Hemisfério Sul, enquanto o outro lado está no Hemisfério Norte.

O público do Santos, no entanto, não é nada animador. Nos cinco jogos que fez em casa pela Série D, o time alvinegro teve apenas 850 pagantes. A renda total foi de R$ 11. 230, 00.

Nem mesmo a inédita ida à segunda fase do torneio nacional animou os habitantes de Macapá. No último domingo, o clube do Amapá recebeu o Londrina no Zerão, pelo jogo de ida das oitavas de final, e perdeu por 1 a 0. Pouco mais de mil testemunhas acompanharam a peleja, que aconteceu às 16h, bem no horário do futebol na TV.

“Temos uma torcida que é fiel, não abandona o clube, mas não tem condições de viajar para os jogos fora. Aqui eles, estão sempre presentes. Podem não ser muitos, mas são fiéis”, defende o goleiro Diego.

Para seguir vivo na quarta divisão, o Santos-AP terá que vencer o Londrina no jogo de volta, no próximo sábado, no Estádio do Café.

Missão muito difícil para o time mais carisma do Brasil…

 

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta