Tricolor se vinga e é campeão da Copa NE. Saiba tudo que precisa sobre a conquista do Bahia.

Spread the love

Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br direto da redação.

 

O Bahia é tetracampeão da Copa do Nordeste e se vinga da derrota na final do ano passado pelo mesmo rival. Na tarde deste sábado, o clube tricolor venceu no tempo normal por 2 a 1 e levou a melhor nas disputas de pênaltis por 4 a 3, com direito a uma defesa de Matheus Teixeira e um chute para fora de Marlon. Richard também pegou uma, mas insuficiente para levar a equipe alvinegro ao título.

No ano passado, o Ceará havia conquistado o título em Salvador. Desta vez, o Bahia se vingou e comemorou a façanha em Fortaleza. Com isso, o clube tricolor chegou ao seu quarto título, mesmo número de seu arquirrival Vitória. O Ceará ficou com dois. Entre eles, está o Sport, com três.

 

VEJA OS GOLS E OS PENALTIS

 

Ceará e Bahia fizeram um jogo franco. Apesar de ter vencido por 1 a 0, em Salvador, o time alvinegro não quis saber em se defender e partiu para cima do rival, mas também cedeu o contragolpe. O primeiro foi totalmente aberto, com boas oportunidades de gol e credenciou o bom momento do goleiro Richard, principal destaque da etapa inicial.

O goleiro de 30 anos e 1,86m fez dois milagres em tiros à queima-roupa de Thaciano, ex-Grêmio. Na sobra, ainda fez mais uma grande defesa ao segurar o arremate de Rodriguinho. O meia, inclusive, ditou o ritmo no meio de campo do Bahia, mas pecou nas finalizações e não conseguiu transformar o bom momento em gol.

O Ceará esteve melhor nos minutos iniciais, mas deu espaço para o Bahia crescer no fim. No entanto, também teve boas chances. Em uma delas, Vina chegou a dar um drible da vaca no goleiro Matheus Teixeira, mas perdeu o tempo e desperdiçou boa oportunidade. Um dos pontos positivos do time alvinegro foi o meia Lima, que além de armar as principais jogadas da equipe, foi incansável na marcação.

ELETRIZANTE!
O segundo tempo foi todo do Bahia. O Ceará voltou desconcentrado e acabou sendo castigado. O equilíbrio se deu até os 18 minutos, quando o árbitro acionou o VAR para assinalar pênalti em uma bola na mão de Luiz Otávio. Rodriguinho foi para a cobrança e colocou o time visitante na frente do placar.

O gol fez bater um desespero na equipe alvinegra, que se perdeu ainda mais. Melhor para o Bahia, que começou a sobrar em campo. Aos 25 minutos, em uma jogada em velocidade, Rodriguinho deu passe açucarado para Gilberto. O atacante partiu para cima da marcação e chutou com força para fazer 2 a 0.

O Ceará ainda encontrou força para diminuir. Jael, que havia acabado de entrar, foi cruel e diminuiu aos 38 minutos. Após cruzamento de Marlon, o atacante, de cabeça, fez 2 a 1 e acabou levando o duelo para os pênaltis.

PÊNALTIS
Nas cobranças, Rodriguinho, Matheus Galdezani, Lucas Araújo e Conti fizeram para o time baiano. O último foi quem deu o título. Lima e Fernando Sobral descontaram. Jorginho chutou nas mãos de Matheus Teixeira e Marlon colocou para fora. Já Thonny Anderson ficou na defesa de Richard.

FICHA TÉCNICA

Ceará-CE
Ceará-CE
1 x 2
Bahia-BA
Bahia-BA

Copa do Nordeste – Final (2º jogo)
Local: Arena Castelão, em Fortaleza
Data: 08/05/2021 (sábado)
Horário: 16h
Árbitro: Dênis da Silva Serafim (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Brigida Cirilo Ferreira (ambos de AL)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN), auxiliado por Thayslane de Melo Costa e Cleriston Clay Barreto Rios (ambos de SE)
Gols: Rodriguinho e Gilberto (Bahia);  Jael (Ceará)
Pênaltis: Rodriguinho, Matheus Galdezani, Lucas Araújo e Conti (Bahia); Lima e Fernando Sobral (Ceará)
Cartões amarelos: Mendoza e Lima (Ceará); Daniel, Lucas Araújo, Matheus Galdezani e Juninho (Bahia).

Ceará Richard; Gabriel Dias (Cléber), Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Oliveira (Marlon), Pedro Naressi (Fernando Sobral) e Vina (Jorginho); Medonza, Lima e Felipe Vizeu (Jael). Técnico: Guto Ferreira.

Bahia: Matheus Teixeira; Renan Guedes, Conti, Juninho e Matheus Bahia; Jonas (Matheus Galdezani), Thaciano (Lucas Araújo) e Daniel (Edson); Rodriguinho, Gilberto (Thonny Anderson) e Rossi (Oscar Ruíz).

 

About admin

O nosso site é voltado para o esporte, escrevemos e publicamos sobre 40 modalidades esportivas. A nossa meta é levar o esporte cada vez mais longe para o maior número possível de pessoas. O ZigZag do Esporte é a nossa Revista Eletrônica do Esporte, acesse, curta, comente e mande sugestões.

Comentários via Facebook:

Deixe uma resposta