23/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Machucou ou não? Colega reafirma lesão de Cigano antes de Miocic: ‘Nem pisava no chão’;confira.

2 min read

Um estranho clima de mistério cerca o joelho de Júnior Cigano.

Gustavo Setti e Igor Resende, de São Paulo (SP), para o ESPN.com.br.

GETTY

Cigano nega, mas colegas de treino falam em lesão no joelho do ex-campeão
Cigano nega, mas colegas de treino falam em lesão no joelho do ex-campeão

Um estranho clima de mistério cerca o joelho de Júnior Cigano. Durante a transmissão de sua última luta, a sofrida vitória diante de Stipe Miocic, Rodrigo Minotauro deixou escapar que o amigo e companheiro de treinos sofreu uma lesão na preparação para o duelo. Logo em seguida, porém, o próprio Cigano fez questão de negar veementemente a informação. O curioso é que, uma semana depois, outro companheiro de treino também falou sobre o joelho do ex-campeão dos pesos pesados do UFC.

“Foi um camp bem difícil para ele. Muita gente não sabe, mas ele estava realmente machucado. O joelho dele estava muito ruim. Duas semanas antes da luta, ele não conseguia nem pisar no chão, mas ele é um cara muito corajoso e disse que ia lutar de qualquer jeito. Sem dúvida nenhuma, isso atrapalhou muito, e a gente não pode esquecer que o Miocic é um cara muito bom também, foi uma luta muito importante para o Cigano, que estava há mais de um ano parado. Tudo contou muito”, disse Antônio Cara de Sapato na semana do UFC Barueri.

Esconder lesões costuma ser algo comum no UFC, mas não depois das lutas. Os lutadores, claro, não falam de qualquer problema físico antes de um combate para não dar ao rival uma munição a mais durante o duelo. Imagine, por exemplo, se Miocic soubesse da lesão previamente e buscasse vários chutes no joelho do brasileiro. O curioso, porém, é que Cigano não admitiu o problema. Em entrevista coletiva, disse que o problema no joelho havia sido ainda antes do primeiro duelo com Velasquez, no já longínquo 2011.

Elogios ao colega – Cara de Sapato é companheiro de Cigano na academia de Dória, o mais famoso técnico brasileiro de boxe. Os dois treinam juntos desde 2005 e desenvolveram boa amizade. Até por isso, Sapato é só elogios ao companheiro. E, como campeão mundial de jiu-jitsu, ele garante: Cigano tem jogo de chão suficiente para impressionar muita gente.

“Ele costuma terminar sempre em pé porque tem o melhor do boxe do MMA. Mas a gente faz tudo junto, eu tento ajudar ele com o jiu jtsu e ele tem evoluído muito no wrestiling também”, diz Sapato. “E eu sigo apanhando muito dele e aprendendo boxe”, completa a promessa brasileira aos risos.

 

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.