18/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Jon Jones cala Cormier e mantém cinturão do UFC pela oitava vez; confira.

2 min read

O atual campeão dos meio-pesados manteve o cinturão ao vencer a luta por decisão unânime na madrugada deste domingo em Las Vegas.

Do Zigzagdoesporte.com.br por UOL, em São Paulo.

UFC 182 tem Jon Jones contra Daniel Cormier16 fotos


Jon Jones vibra com vitória sobre Daniel Cormier pelo UFC 182 Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC

Daniel Cormier provocou muito, mas não conseguiu acabar com a sequência de vitórias de Jon Jones. O atual campeão dos meio-pesados manteve o cinturão ao vencer a luta por decisão unânime na madrugada deste domingo em Las Vegas.

Essa foi a oitava vez que Jon Jones defendeu o seu cinturão e sua 12ª vitória consecutiva na carreira.

A luta começou com Jon Jones indo para cima e tentando evitar a aproximação de Comier. O desafiante passou boa parte se defendendo, mas conseguiu encaixar alguns bons golpes no adversário.

No segundo e terceiro round, Cormier reagiu e chegou a complicar a situação de Jones ao acertar socos no rival caído. Mas, o gongo tocou e finalizou o round “salvando” o campeão.

A reação de Cormier parece ter acordado Jones, que veio para o quarto round e derrubou o rival duas vezes logo no começo. No fim, ele voltou a jogar o adversário para o chão.

O quinto round foi bem equilibrado até os últimos segundos, quando os lutadores trocaram socos que atingiram até o juiz ao fim da luta.

Todas as demais lutas do card principal tiveram de ser decididas pelos juízes, todas de maneira unânime para os vencedores. A vitória de Brad Tavares sobre Nate Marquardt foi a que mais chamou atenção pela quantidade de vaias dos torcedores por falta de golpes dos lutadores.

No duelo entre Donald Cerrone e Myles Jury, a segunda maior do evento, a reação do público foi exatamente o contrário. Cerrone ganhou apenas na decisão dos juízes, mas ambos os lutadores arriscaram muitos golpes.

O japonês Kyoji Horiguchi e o cubano Hector Lombard foram os outros vitoriosos no card principal.

No card preliminar, apenas três nocautes aconteceram. O destaque maior foi para Paul Felder que ganhou após acertar um golpe giratório no rosto de Danny Castillo.

Rodrigo Damm, único brasileiro do evento, perdeu por decisão unânime em uma luta em que foi completamente dominado por Evan Dunham. Essa foi a terceira derrota seguida dele no UFC.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.