18/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Equipe de Elías, JR enfrenta problemas logísticos e adia estreia no Mundial de Superbike para 2ª etapa, na Tailândia. Entenda o fato.

2 min read

Equipe que vai ser defendida por Toní Elías e Ayrton Badovini na temporada 2015 do Mundial de Superbike, a JR precisou adiar sua estreia no certame, já que problemas logísticos a impediram de enviar as motos para a Austrália, primeira parada do Mundial.

Warm Up
Redação GP, de São Paulo.

Equipe que vai ser defendida por Toní Elías e Ayrton Badovini na temporada 2015 do Mundial de Superbike, a JR precisou adiar sua estreia no certame, já que problemas logísticos a impediram de enviar as motos para a Austrália, primeira parada do Mundial.

A equipe dominicana JR precisou adiar sua estreia no Mundial de Superbike. O time, que será defendido por Toní Elías e Ayrton Badovini, vai para a pista apenas na etapa da Tailândia, segunda prova da temporada 2015 do certame.
Depois de rumores de que não estaria na Austrália para a abertura da temporada por conta de dificuldades financeiras, a JR tratou de se explicar e afirmou que sua ausência na prova de Phillip Island é resultado de dificuldades logísticas.
Toni Elías vai perder primeira prova da temporada 2015 (Foto: Facebook/Toni Elías)
“O atraso está vinculado simplesmente a diferença entre o domicílio da equipe, residência bancária e origem dos fundos”, explicou Chary Robinson, proprietária da JR. “As normas internacionais sobre transferências internacionais de quantidades elevadas exigem o cumprimento de etapas, o que atrasa muito os prazos”, explicou.
“Preferimos fazer as coisas bem desde o início e organizar tudo corretamente, mesmo que isso signifique perdermos a prova australiana devido à logística, já que temos que enviar as motos com muita antecedência”, continuou. “Se a primeira corrida fosse em solo europeu, não teríamos tido nenhum problema, porque não é preciso enviar as motos com tanta antecedência”, justificou.
As mesmas dificuldades logísticas fizeram com que a JR perdesse os testes que estão sendo realizados na Europa, mas o time vai aproveitar o tempo que tem até a estreia na Tailândia para testar com a BMW S1000 RR.
“Como não há mal que não venha para o bem, aproveitaremos o tempo para realizar os testes necessários até a segunda corrida, na Tailândia”, disse Robinson. “A Dorna e os nossos pilotos nos apoiam nesta decisão, que nos fará estrear no Mundial de Superbike com todas as garantias”, concluiu.
A primeira etapa da temporada 2015 do Mundial de Superbike acontece em Phillip Island no dia 22 de fevereiro. A prova tailandesa será realizada um mês mais tarde.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.