18/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Futebol de areia: Brasil arranca virada na abertura da Copa Sul-Americana; confira os detalhes da dificil virada brasileira.

3 min read

Do Zigzagdoesporte. com.br por Carlos Machado com CBBS( Confederação Brasileira de Beach Soccer).

Irmãos Echeverria comandam goleada do Chile no primeiro período, mas seleção brasileira reage liderada por pernambucano e evita o tropeço na estreia no Recife.

O Brasil passou um sufoco diante do Chile neste domingo, mas arrancou a virada na abertura da Copa Sul-Americana, na praia do Pina, no Recife. Depois de perder o primeiro período por 3 a 0 e ver os irmãos Alberto e Orlando Echeverria comandarem a partida, a seleção brasileira reagiu para assegurar no terceiro período a vitória por 7 a 4. Em casa, o pernambucano Fernando foi o destaque verde-amarelo com dois gols – Datinha, Bruno Xavier, Rodrigo, Sydney e Daniel completaram o placar a favor dos anfitriões.

– É um presente fazer dois gols em casa. Estou muito feliz. A responsabilidade é maior para mim, porque todo mundo veio aqui para aplaudir. A torcida jogou com a gente – disse Fernando.

Comemoração Brasil X Chile, Copa Sul-Americana de futebol de areia (Foto: Marlon Costa / Estadão Conteúdo)Brasil só arrancou no terceiro período (Foto: Marlon Costa / Estadão Conteúdo)

A Copa Sul-Americana, que faz parte do Verão Espetacular, serve como preparação para as eliminatórias da Copa do Mundo, que serão realizadas entre 12 e 19 de abril, em Manta, no Equador. O Brasil ainda enfrenta Bolívia, Uruguai, Paraguai e Argentina (veja tabela abaixo) para buscar uma vaga na final do próximo domingo, às 10h (de Brasília), com transmissão ao vivo da TV Globo, dentro do Esporte Espetacular.

O Jogo

O Chile logo mostrou que não estava no Recife a passeio. Apostando nos contra-ataques, a equipe contou com uma falha da defesa verde-amarela para abrir o placar com Alberto Echeverria. O Brasil tinha dificuldades para achar espaço para o chute, e quando arrematava, parava na trave – foram duas bolas na trave – ou no goleiro Orlando Echeverria, que pegou até tiro livre de Bruno Xavier. Quando a seleção brasileira ensaiou uma reação, Alberto Echeverria aproveitou mais uma falha na defesa para fazer seu segundo gol. Foi um banho de água fria no time do Brasil, que errou em uma jogada de lateral do Chile e acabou tomando um gol de cabeça de Flores.

Depois do intervalo, o Brasil enfim entrou no jogo no segundo período. Datinha não tardou a diminuir a diferença: um golaço de bicicleta. Só que os chilenos mostraram que também sabem fazer gol bonito. Bolivar disparou um foguete quase da área do seu goleiro, e Mão não alcançou a bola no seu ângulo direito. Bruno Xavier deu a resposta no lance seguinte, fazendo um gol mesmo marcado por dois chilenos. A reação verde-amarela continuou forte. Anderson parou na trave, e Fernando por duas vezes foi frustrado por grandes defesas de Echeverria. Na terceira tentativa de Fernando, o goleiro já havia sido driblado por Datinha, e a meta ficou livre para o gol: 4 a 3.

Brasil X Chile, Copa Sul-Americana de futebol de areia (Foto: Marlon Costa / Estadão Conteudo)Brasil arrancou a virada diante do Chile no terceiro período (Foto: Marlon Costa / Estadão Conteudo)

O Brasil foi com tudo ao ataque no terceiro período, mas o empate parecia distante, ainda mais quando Betinho foi expulso por se desentender com seu marcador. A seleção brasileira ficou com um jogador a menos por dois minutos. Tudo bem, só era preciso de um jogador inspirado para empatar. Logo depois do cartão vermelho, Rodrigo fez a jogada individual e fez um golaço do meio da quadra. O Chile não conseguia mais imprimir um forte ritmo e acabou sofrendo uma virada nos últimos minutos. Fernando, Sydney e Daniel deixaram sua ma

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.