26/02/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Acompanhe outros jogos das eliminatórias europeias; confira

6 min read

Jogadores da seleção escocesa comemora a vitória sobre a Croácia.

Do ZigZag do Esporte.

Eliminatórias europeias.

Alemanha mantém ataque impiedoso, se vinga de empate heroico e vira sobre a Suécia em jogo de 8 gols.

Suécia e Alemanha voltaram a fazer um jogo memorável. Porém, se na primeira vez a reação sueca se sobressaiu, dessa vez, o avassalador ataque germânico falou mais alto. Nesta terça-feira, os tricampeões mundiais triunfaram por 5 a 3, fora de casa, na Friends Arena, em Solna, pela última rodada do grupo C das eliminatórias europeias.

Andres Schurrle foi o grande destaque da partida ao marcar três gols. Mario Gotze também brilhou ao sair do banco de reservas no intervalo e fazer um golaço e dar bela assistência. Ozil foi outro a fazer um gol e dar um passe. Hysen foi bem pelos visitantes ao deixar sua marca duas vezes.

Com o triunfo, os comandados de Joachim Low se vingam do último confronto entre ambos. Em 16 de outubro de 2012, a Alemanha tinha aberto 4 a 0 no placar, jogando diante de seus torcedores, e cedeu a igualdade por 4 a 4, que foi alcançada com um gol aos 48 minutos do segundo tempo.

Nesta terça, quem reagiu foi justamente a equipe germânica, que saiu perdendo por 2 a 0 até o intervalo, marcou quatro gols na etapa final e ainda levou mais um, o que pode causar um sentimento de déjà vu. No entanto, os visitantes fizeram mais um e definiram o triunfo.

Os cinco gols marcados faz o time de Low manter uma marca impressionante. Afinal, são nove jogos seguidos que os alemães balançam as redes dos adversários em ao menos três oportunidades. Foram 31 gols feitos em nove partidas.

Além disso, o resultado de hoje fez os germânicos, líderes da chave das eliminatórias, terminarem com 28 pontos, com a melhor campanha ao lado da Holanda. Porém, os atuais vice-campeões mundiais tiveram maior saldo de gols.

Por sua vez, a Suécia, que vinha de cinco vitórias seguidas em jogos oficiais, já tinha garantido a vaga na repescagem e encerrou a campanha estaciona nos 20 pontos. Porém, o revés complica os escandinavos, que perdeu para a Ucrânia o posto de cabeça de chave nos playoffs.

O duelo desta terça já indicava que seria cheio de gols logo aos quatro minutos de bola rolando, quando Hysen se aproveitou de falha de marcação de Boateng para abrir o placar. Aos 42, Kacaniklic se aproveitou de vacilo de Boateng e Hummels para ampliar o marcador.

Antes do intervalo, Ozil chutou rasteiro para diminuir. Na volta para a etapa final, os alemães viraram o placar. Gotze aproveitou bom passe de Ozil para chutar no ângulo e fazer belo gol, aos oito minutos. Quatro minutos depois, Schurrle aproveitou erro feio de Nilsson e marcou o terceiro dos visitantes.

Aos 21, Schurrle aproveitou passe preciso de Gotze para anotar mais um. Três minutos depois, Hysen fez uma pintura ao aproveitar lançamento na área, chutar de primeira e mandar no ângulo, sem chances para Neuer. Porém, a comemoração dos suecos demorou pouco tempo. Aos 31, Schurrle recebeu assistência de Kroos, completou o seu hat-trick e a vingança alemã.

Confira os resultados do grupo C:

Ilhas Faroe 0 x 3 Áustria
Irlanda 3 x 1 Cazaquistão
Suécia 3 x 5 Alemanha

 

Itália só empata contra a Armênia e pode não ser cabeça de chave na Copa.

Mesmo jogando em casa, já classificada e com todo o favoritismo, a Itália deu um susto em seus torcedores e ficou apenas no empate por 2 a 2 contra a Armênia nesta terça-feira, em duelo válido pela última rodada do grupo B das eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2014.

A Armênia entrou em campo já eliminada no estádio San Paolo e com a motivação apenas de “estragar” o destino da Itália, que corria o risco de não se garantir como cabeça de chave da Copa de 2014. E os visitantes abriram o placar com Movsisyan aos 5 minutos de jogo. Florenzi empatou aos 24.

Na segunda etapa, Mkhitaryan colocou os armênios novamente à frente do placar aos 25 minutos e deixou a Azzurra em situação delicada. Dois minutos depois, Balotelli salvou a Itália do vexame da primeira derrota em casa nas eliminatórias.

Com este resultado, a Itália se classifica na liderança com 22 pontos, enquanto a Armênia assistirá a Copa do Mundo de 2014 de casa com 13 pontos ganhos.

O empate deixará a Itália com 1136 pontos no ranking da Fifa após essa semana, o que fará com que o time de Cesare Prandelli caia da 4ª posição na lista. Para ficar entre os oito primeiros e ser cabeça de chave na Copa do ano que vem, a Azzurra precisa torcer para que a Colômbia e o Uruguai não vençam nas eliminatórias sul-americanas.

Caso os dois países sul-americanos triunfem, a Itália não será cabeça de chave e poderá cair no grupo de um gigante na Copa do Mundo.

No novo ranking, Espanha, Argentina, Alemanha, Suíça e Bélgica já aparecerão na frente da Itália e serão cabeças de chave. Colômbia e Uruguai podem passar a Itália para nono na lista, já que o Brasil, independente do ranking, será cabeça por ser a sede da Copa.

Nos outros jogos do grupo B, a Dinamarca atropelou Malta por 6 a 0 e terminou na vice-liderança com 16 pontos, mas ficou fora da repescagem porque foi o pior segundo colocado de todos os grupos das eliminatórias europeias. A República Tcheca (15 pontos) superou a Bulgária (13 pontos) por 1 a 0.

 

Rooney e Gerrard marcam e colocam Inglaterra na Copa; Ucrânia goleia e vai à repescagem.

Wayne Rooney e Steven Gerrard deixaram a suas marcas, a Inglaterra teve dificuldades, mas venceu a Polônia, por 2 a 0, no estádio de Wembley, e garantiu vaga na Copa do Mundo de 2014. O English Team levou alguns sustos, já que um empate nesta terça-feira em Londres não daria a vaga direta no Mundial, mas conseguiu assegurar o resultado necessário.

Em outro jogo do grupo H, a Ucrânia goleou San Marino, por 8 a 0, fora de casa, e vai disputar a repescagem das eliminatórias europeias em busca de um lugar na Copa. Devic foi o grande destaque da partida com três gols marcados. Seleznyov (duas vezes), Yarmolenko, Bezus e Mandzyuk também foram às redes. Os mandantes ainda terminaram a partida com dois jogadores a menos, já que Palazzi e Della Valle receberam o cartão vermelho. Já Montenegro, que tinha remotas chances de se manter vivo na disputa, perdeu da Moldávia, por 5 a 2, e deu adeus ao sonho.

Getty

Ucrânia goleou San Marino e foi à repescagem
Ucrânia goleou San Marino e foi à repescagem

A Inglaterra terminou na liderança do grupo, com 22 pontos, enquanto a Ucrânia ficou na segunda posição, com 21 pontos. Na sequência, aparecem Montenegro (15 pontos), Polônia 13), Moldávia (11) e San Marino (zero).

No duelo na capital britânica, a Inglaterra abriu o placar com um gol de Rooney, aos 40 minutos do primeiro tempo. O atacante do Manchester United (que estava com uma proteção na cabeça durante o jogo inteiro, menos naquele momento) aproveitou cruzamento da esquerda de Baines e cabeceou para as redes. Aos 43 da segunda etapa, o meia Gerrard fez jogada individual e finalizou antes da chegada do goleiro Szczesny para decretar a vitória dos donos da casa.

A seleção inglesa vai disputar no Brasil a Copa do Mundo pela 14ª vez na história. A equipe ficou fora do Mundial em seis oportunidades: 1930, 1934, 1938, 1974, 1978 e 1994.

Os oito melhores segundo colocados dos nove grupos da Europa avançam agora para a repescagem dividindo-se em dois grupos: de um lado, as seleções mais bem posicionadas no ranking da Fifa e do outro, as demais equipes. A Ucrânia, que passou França e Suécia no coeficiente para definir o ranking da Fifa, vai ficar na chave dos melhores colocados do ranking. Os confrontos serão definidos em sorteio na próxima segunda-feira.

 

Fonte: espn.com.br

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.