21/02/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Confira todos os detalhaes dos três jogos que fecham a 29ª rodada do brasileirão

8 min read

Do ZigZag do Esporte.

Cameonato brasileiro 29ª rodada.

Botafogo visita o Vitória em duelo de times embalados no Brasileiro.

O Botafogo visita o Vitória nesta quinta-feira, às 21h (de Brasília), no Barradão, em Salvador, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, em duelo entre equipes que estão embaladas após bons resultados no fim de semana. O jogo também pode ser tratado como um choque direto na luta por uma vaga na próxima Libertadores. O clube carioca, que superou o Flamengo por 2 a 1 no domingo, tem 49 pontos e, vencendo, dará mais um passo significativo rumo ao torneio continental. Os baianos, por sua vez, fez 2 a 1 no Coritiba, têm 40 pontos e desejam se aproximar ainda mais do G4.

O técnico do Botafogo, Oswaldo de Oliveira, conversou com seus jogadores sobre a necessidade de seu time conseguir segurar o ímpeto do adversário que, no entender dele, vai partir para cima desde os primeiros minutos.

“Eles, com certeza, vão tentar pressionar desde os primeiros minutos com o objetivo de decidir o jogo, e vamos ter que estar preparados para sabermos lidar com esse tipo de situação. É importante que a gente encontre o melhor caminho para sair para o jogo e criar problemas ao sistema defensivo deles. Se eles partirem com tudo, mas tiverem uma resposta à altura, vão perceber que não podem pressionar tanto”, declarou.

Os jogadores estão procurando assimilar as determinações e orientações de Oswaldo de Oliveira, até porque um triunfo sobre o Vitória é considerado estratégico neste momento do Campeonato Brasileiro.

“Por se tratar de uma partida que acontece depois de uma vitória em um clássico e de estarmos vindo de dois resultados positivos, com certeza ela se torna estratégica para confirmar que vamos entrar com força nesta reta final de Campeonato Brasileiro. A disputa está ficando cada vez mais acirrada, e o Vitória deseja se aproximar da zona de classificação para a Libertadores. Se conseguirmos impedir isso, daremos um passo muito grande para conseguirmos a classificação”, declarou o lateral esquerdo Júlio César.

Em termos de escalação, o Botafogo terá os retornos do goleiro Jéfferson, que estava com a seleção brasileira em amistosos internacionais, e do meia Lodeiro, que estava com a seleção uruguaia nas eliminatórias sul-americanas. O primeiro assumirá o posto de Renan, com o segundo entrando no lugar de Alex. Assim, Rafael Marques volta a atuar mais adiantado, no comando do ataque.

Pelo lado do Vitória, o técnico Ney Franco alertou seus atletas sobre as qualidades do adversário. Ele quer ver o time rubro-negro neutralizando os pontos fortes do Botafogo.

“Eles têm um time muito perigoso de se enfrentar, pois além de ter uma marcação muito sólida, têm um toque de bola na medida certa e que na maioria das vezes acaba encontrando espaços na defesa do adversário. O Vitória sabe das qualidades de nosso adversário e da necessidade de neutralizar seus pontos fortes”, disse.

“A minha expectativa é a de uma partida muito equilibrada e decidida nos detalhes. Espero que no fim a gente possa comemorar, já que ganhar esse jogo será muito importante dentro do nosso planejamento para a sequência do Campeonato Brasileiro.”

No Vitória, o zagueiro Kadu e o volante Michel, ambos advertidos com o terceiro cartão amarelo, terão que cumprir suspensão diante do Botafogo. Assim, Luiz Gustavo, que jogou no meio contra o Coritiba, volta para a zaga, e Marcelo deverá ser o escolhido para o meio de campo. Com o retorno de Luiz Gustavo para a zaga, o argentino Escudero, recuperado de uma lesão no músculo adutor da coxa direita, reaparece na criação de jogadas, ao lado de Renato Cajá.

As duas equipes se enfrentaram no primeiro turno do Campeonato Brasileiro, no Maracanã. Naquela ocasião, o Botafogo derrotou o adversário por 2 a 0, com gols de Vitinho e Elias.

Gazeta Press

No primeiro turno, o Botafogo bateu o Vitória por 2 a 0, em casa
No primeiro turno, o Botafogo bateu o Vitória por 2 a 0, em casa

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA X BOTAFOGO

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 17 de outubro de 2013, quinta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Alício Pena Júnior (MG)
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Fábio Pereira (Fifa-TO)

VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Reniê e Juan; Marcelo, Cáceres e Renato Cajá; Marquinhos e Dinei
Técnico: Ney Franco

BOTAFOGO: Jéfferson; Edílson, Bolívar, Dória e Júlio César; Marcelo Mattos, Renato, Gegê, Seedorf e Lodeiro; Rafael Marques
Técnico: Oswaldo de Oliveira

 

No Fluminense Sóbis, Felipe e Rhayner estão suspensos contra a Ponte.

Photocamera

O atacante Rafael Sóbis foi expulso diante do Cruzeiro
O atacante Rafael Sóbis foi expulso diante do Cruzeiro

A rotina de desfalques no Fluminense tem atrapalhado o trabalho do técnico Vanderlei Luxemburgo nas últimas rodadas. Para a partida contra a Ponte Preta, sábado no Maracanã, a equipe não poderá contar com outros três jogadores por suspensão. Desta vez, as aus~encias são o atacante Rafael Sóbis e o meia Felipe, que foram expulsos, e o meia Rhayner, que levou o terceiro cartão amarelo na derrota para o Cruzeiro,~por 1 a 0, nesta quarta-feira.

Sóbis, que já tinha amarelo por reclamação, foi expulso após cometer falta em Dagoberto no segundo tempo. Depois do apito final, Felipe também levou o vermelho por reclamar acintosamente com a arbitragem.

Além deles, outros sete jogadores ainda se recuperam de lesão e também estão fora de ação: Digão, Wellington Silva, Carlinhos, Ronan, Valencia, Marcelinho e Fred.

“Desde que cheguei aqui está assim. Lesão, cartão. Fazer o quê? Faz parte. Hoje (contra o Cruzeiro) chegamos aqui e ninguém imaginava que nós iríamos jogar um grande jogo. Jogamos, mesmo com as mudanças”, disse o comandate tricolor.

Por outro lado, Luxemburgo poderá contar com os retornos do volante Diguinho, do meia Marcos Júnior e do atacante Biro Biro, que cumpriram suspensão no Mineirão. Outro que tem volta garantida ao time titular é o goleiro Diego Cavalieri, que estava com a seleção brasileira nos amistosos contra Coreia do Sul e Zâmbia na Ásia. Ele desembarca no Rio de Janeiro nesta quinta-feira.

“Com fuso ou sem fuso, ele está escalado (contra a Ponte Preta). É jogador de seleção. O menino teve uma boa estreia, o Kléver”, afirmou Luxa.

O elenco do Fluminense chega ao Rio nesta quinta à tarde, mas volta a treinar apenas na sexta-feira, na Escola de Educação Física do Exército (EsEFEx), na Urca.

 

Vasco recebe o Goiás para ‘respirar’ no Campeonato Brasileiro.

Gazeta Press

Dorival Júnior criticou a oscilação do Vasco, mas elogiou os decisivos Willie, Marlone, Juninho e Dakson
O técnico Dorival Júnior confia na vitória de sua equipe sobre o Goiás

O Vasco recebe o Goiás nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Moacyrzão, em Macaé (RJ), pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, em busca da reação na competição. A equipe cruz-maltina, derrotada por 3 a 2 no fim de semana pelo Criciúma, amarga a permanência na zona de rebaixamento, com 32 pontos, e ganhar é fundamental. O time, porém, terá que jogar longe da capital carioca por conta de uma punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) devido ao mau comportamento de seus torcedores em Brasília, no empate por 1 a 1 com o Corinthians. Já a equipe goiana, com 40 pontos, ganhou motivação após fazer 3 a 1 no Bahia e quer provar que ainda pode sonhar com uma vaga na Libertadores.

Dorival Júnior, técnico do Vasco, disse que tem plena confiança de que sua equipe vai conseguir deixar a zona de rebaixamento mais cedo ou mais tarde. Portanto, mostra otimismo para este duelo.

“A minha confiança no elenco do Vasco e no seu comprometimento com o futuro do clube continua a mesma e, por isso, tenho plena convicção de que vamos sair desta situação. Os atletas sabem que, para isso, é fundamental vencermos as partidas que nos restam neste Brasileirão, a começar por esse duelo com o Goiás”, disse Dorival.

Os jogadores entenderam a necessidade de ganhar em casa, mas sabem que serão muito pressionados por essa obrigação ao longo dos 90 minutos. Para isto, pregam a tranquilidade como principal arma.

“Não podemos deixar que a bola pese nos nossos pés. Precisamos trabalhá-la com o máximo de tranquilidade e inteligência, encontrando o melhor momento para chegarmos ao triunfo. O desespero só vai nos prejudicar. Temos condições de fazermos um bom jogo e construirmos o resultado positivo, mas é preciso muita paciência”, analisou o volante Pedro Ken.

Para este compromisso, o Vasco terá dois reforços. O zagueiro Jomar, que cumpriu suspensão diante do Criciúma, reaparece na vaga de Renato Silva, compondo a zaga com Cris. Porém, o principal retorno será mesmo o do meia Juninho Pernambucano, que ficou de fora no Sul por conta de dores na panturrilha direita, mas se recuperou e vai a campo. Assim, Francismar fica como opção no banco de reservas.

Pelo lado do Goiás, o técnico Enderson Moreira está se preparando para uma verdadeira batalha, pois sabe que o Vasco fará de tudo na busca pelo resultado.

“A minha expectativa é de uma guerra, pois o Vasco vem jogando bem, mas não tem conseguido os resultados. Como é um dos gigantes do futebol brasileiro, não tenho a menor dúvida de que vai fazer de tudo para tentar ganhar em casa. Temos que estar prontos para um jogo muito complicado, um dos mais difíceis desta reta final”, afirmou Enderson que, sem problemas de lesão ou suspensão, vai repetir a escalação que bateu o Bahia.

Goiás e Vasco já se enfrentaram duas vezes neste ano, ambas no Serra Dourada, em Goiânia. No primeiro turno, as duas equipes empataram por 1 a 1. Pedro Ken fez o gol dos cariocas, mas Walter garantiu a igualdade nos minutos finais. Já pelo confronto de ida das quartas de final da Copa do Brasil, os goianos venceram por 2 a 1. Naquela ocasião, Walter e Roni fizeram os gols dos anfitriões, depois que Edmílson abriu o marcador para os vascaínos. O duelo de volta pela Copa do Brasil está previsto para o dia 24 de outubro, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
VASCO X GOIÁS

Local: Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ)
Data: 17 de outubro de 2013, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)
Assistentes: Emerson de Carvalho (Fifa-SP) e Márcio Santiago (Fifa-MG)

VASCO: Diogo Silva; Fágner, Jomar, Cris e Henrique; Pedro Ken, Fellipe Soutto, Jhon Cley e Juninho Pernambucano; Marlone e André
Técnico: Dorival Júnior

GOIÁS: Renan; Vítor, Ernando, Rodrigo e William Matheus; Amaral, Thiago Mendes, Hugo, Roni e Eduardo Sasha; Walter
Técnico: Enderson Moreira

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.