19/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Para o Brasil ver: finais da Copa do Nordeste devem reunir mais de 100 mil pessoas; confira.

3 min read

Marcus Alves, de Salvador (BA), para o ESPN.com.br.

FOTOS: GAZETA PRESS/MOSAICO: ESPN.COM.BR

Final terá confronto de artilheiros, com Magno Alves (Ceará) e Kieza (Bahia)
Final terá confronto de artilheiros, com Kieza (Bahia) e Magno Alves (Ceará)

A Copa do Nordeste pode ser palco de uma volta para um passado em que os números assustavam, o grito de gol ecoava mais forte e as arquibancadas tremiam. A briga entre Bahia e Ceará pelo título da competição neste ano deve romper a marca de 100 mil torcedores, considerando os confrontos de ida e volta da decisão, uma cena cada vez mais rara no futebol nacional.

A primeira partida da final acontece nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Os 41,5 mil ingressos colocados à venda para o duelo se esgotaram ainda na segunda-feira – ao todo, foram 38 mil para a torcida tricolor, três mil corporativos e 590 assentos especiais.

Outros 6.370 mil assentos foram bloqueados para medida de segurança, área para imprensa e camarotes.

Com uma capacidade para 63.903 mil torcedores, a Arena Castelão informou à reportagem que a distribuição dos ingressos para o segundo jogo, no próximo dia 29, fica a cargo do Ceará.

A diretoria alvinegra ainda aguarda pelo resultado na capital baiana para definir a sua operação, mas acredita em mais de 60 mil pessoas para tentar evitar um novo vice-campeonato em seu domínio – no ano passado, o time perdeu de 2 a 0 para o Sport fora e ficou apenas no empate em 1 a 1 em casa.

Seria a primeira vez em mais de cinco anos que a fronteira dos 100 mil espectadores em finais seria derrubada. A última vez que isso aconteceu, segundo levantamento do Blog de Esportes do Diário de Pernambuco, acabou sendo nas finais do Carioca de 2009, entre Botafogo e Flamengo, que reuniram mais de 147 mil torcedores – 63.063 mil na ida e 84.027 na volta, ambas no Maracanã.

Com toda a pressão da Fonte Nova nesta quarta-feira, o Ceará tentará marcar pelo menos uma vez para poder levar vantagem do gol fora de casa. Para isso, o técnico Silas aposta no veterano Magno Alves, o maior artilheiro do mundo em atividade.

“Na minha avaliação, por mais que tenhamos dois jogos, o primeiro sempre é o mais importante. Em cima disso, se não levarmos gol, será uma grande vantagem. Se fizermos, então… Acredito que eles virão com esse receio de ter que fazer o resultado logo e podemos aproveitar”, analisa o atacante, em contato com o ESPN.com.br.

Ainda sem time definido, os visitantes desembarcaram em Salvador somente na noite da última terça-feira.

O Bahia, por sua vez, manteve o mistério em torno dos substitutos de Titi e Bruno Paulista, suspensos. A briga na vaga deve ficar entre o experiente Chicão e Robson enquanto que a revelação Patric voltou a treinar e tem tudo para recuperar a camisa 6.

622 6ed50fe4 81d2 3869 9615 aaae98a20fb9
Técnico do Bahia pede mais equilíbrio na defesa e cita diferenças entre Sport e Ceará 

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.