01/03/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Cantor e ‘ex-peregrino’: meia vira sensação do futebol inglês após 9 empréstimos em 4 anos

4 min read

Townsend é cumprimentado pelos companheiros de Tottenham: meia de 22 anos vive a melhor fase da carreira.

Do ZigZag do Esporte.

Futebol inglês/Tottenham.

Reuters

Townsend é cumprimentado pelos companheiros de Tottenham após o gol
Townsend é cumprimentado pelos companheiros de Tottenham: meia de 22 anos vive a melhor fase da carreira

31 de janeiro de 2013. Desesperado contra o rebaixamento no Campeonato Inglês, o Queens Park Rangers recorreu ao Tottenham para tentar se salvar. Contratou Andros Townsend e Jermaine Jenas. O primeiro atleta chegou por empréstimo, algo a que estava muito acostumado em sua curta carreira.

Profissional desde 2009, ele já encaminhava para sua nona passagem por empréstimo (Yeovil Town, Leyton Orient, Milton Keynes Downs, Ipswich Town, Watford, Millwall, Leeds United e Birmingham City), cada uma com duração de no máximo meia temporada.

Getty

Townsend (dir) aperta a mão do técnico da seleção inglesa, Roy Hodgson, durante jogo contra Montenegro, pelas eliminatórias europeias para a Copa 2014
Em 2013, Townsend (dir) teve sua primeira chance na seleção

No seu clube de formação, participava pouco ou aparecia em partidas menos importantes para a equipe, como a Liga Europa 2011/12, isso até o momento de ser negociado. Pela competição europeia, inclusive, fez um gol contra o Shamrock Rovers, em dezembro de 5 de 2011 e homenageou o irmão Kurtis que morrera exatos dez anos antes em um acidente de carro, quando tinha apenas 18 anos. Ele também era jogador.

Com descendência jamaicana e cipriota, Townsend, que passou por todas seleções inglesas de base, buscava convencer muito mais que apenas o QPR. Afinal, essa era mais uma oportunidade para mostrar que merecia ter minutos em campo pelo Tottenham assim que voltasse.

Townsend não evitou o rebaixamento do time, mas seu nono empréstimo deu mostras de que não antecederia um décimo logo que a janela de transferências abrisse. O meia, então com 21 anos, destoou e chamou a responsabilidade. Em 12 partidas como titular, marcou dois gols e deu duas assistências.

De volta ao Tottenham, ganhou a confiança de André Villas-Boas, que o deixou no banco logo na primeira rodada do Campeonato Inglês. A partir de então, foi titular em todas as sete partidas seguintes da competição.

O bom momento seria percebido de imediato, tanto que após a sua estreia na Premier League 2013/14, quando deu a assistência para o gol da vitória diante do Swansea por 1 a 0, recebeu sua primeira convocação para a seleção principal da Inglaterra.

A fase de Townsend chegaria ao auge na última semana. Em seu debute pelo English Team, em 11 de outubro, fez um gol na vitória por 4 a 1 sobre Montenegro. Quatro dias depois, teve outra boa atuação no triunfo por 2 a 0 sobre a Polônia, resultado que confirmou os campeões de 1966 na Copa do Mundo de 2014.

Nem mesmo uma polêmica na imprensa inglesa tiraria o sorriso no rosto do meia. No intervalo do duelo contra os poloneses, o técnico Roy Hodgson usou a palavra ‘macaco’ para se referir ao atleta, mas, com uma conotação que não seria racista. Os veículos de imprensa do país enrenderam de forma diferente.

Para coroar a sequência, retornou ao Tottenham e assinou sua renovação de contrato até 2018. “”Estou realizado por ter assinado com os Spurs! É o fim perfeito para uma semana perfeita!”, escreveu o atleta de 22 anos horas depois de estender o vínculo.

Era o fim de uma semana perfeita, uma semana que pode se repetir frequentemente nesta temporada. Um exemplo disso é que, logo dois dias depois, ele fez o segundo gol da vitória dos Spurs sobre o Aston Villa por 2 a 0. Foi a primeira vez que chegou às redes nesta Premier League.

Assim, aos poucos, o jogador, que se caracteriza por atuar no lado do campo e hoje é bastante valorizado dentro dos Spurs, mostra que o grande substituto de Gareth Bale, vendido por 100 milhões de euros, pode estar dentro do clube já há muito tempo.

Getty

Estreante, Townsend marcou um golaço, participou de outro e deixou o campo do Wembley aplaudido
Estreante, Townsend marcou um golaço, participou de outro e deixou o campo do Wembley aplaudido

Cantor e apostador

Destaque com a bola nos pés, o meia já chamou atenção no futebol inglês fora do campo. Um vídeo de Townsend liderando o elenco no vestiário cantando a música “Standy By Me” já foi visualizado por cerca de 270 mil pessoas no YouTube em quase dois anos. (Veja o vídeo abaixo).

Townsend, por outro lado, também apareceu na mídia por conta de outro ‘hobby’, mas de uma forma negativa. Afinal, então membro do time nacional sub-21, foi multado por 18 mil libras por desrespeitar a regra quanto à participação em jogo de apostas.

 

 

Fonte: Por André Donke, do ESPN.com.br

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.