16/06/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Com nocaute espetacular, Lyoto nocauteia ‘amigo’ Muñoz e estreia com vitória nos médios

3 min read

Lyoto aplicou um chute alto para nocautear Muñoz e estrear com vitória.

Do ZigZag do Esporte.

UFC Fight Night, disputado em Manchester (Inglaterra).

Getty

Lyoto aplicou um chute alto para nocautear Muñoz e estrear com vitória
Lyoto aplicou um chute alto para nocautear Muñoz e estrear com vitória

Lyoto Machida baixou de peso para se reinventar; e, a princípio, a mudança será benéfica para a carreira do ex-campeão dos meio-pesados. Em sua estreia pela divisão dos médios, o brasileiro, principal atração do UFC Fight Night, disputado em Manchester (Inglaterra), nocauteou o amigo Mark Muñoz, ex-companheiro de time na Black House, com um chute alto aos 3min10 do primeiro round e retomou o caminho das vitórias dentro do Ultimate Fighting Championship.

Parceiros de treino, Lyoto e Muñoz foram noticiados do confronto há pouco tempo. A ideia inicial do UFC era colocar o americano contra o inglês Michael Bisping. Contudo, uma lesão no olho impediu o lutador europeu de disputar o combate. O atleta radicado no Pará, pouco tempo após anunciar a mudança de divisão, foi o escolhido para encarar o ex-parceiro de treino. Situação classificada como difícil por ambos.

“Foi muito difícil, pois o Mark é um grande amigo. Vim aqui e fiz o meu trabalho, agora tudo acabou. A amizade continua! Mark muito obrigado por lutar comigo, me desculpe por isso”, declarou Lyoto minutos depois do nocaute.

Depois de uma polêmica derrota para Phil Davis em agosto, no Rio de Janeiro, Lyoto Machida decidiu cortar de divisão. No primeiro combate no peso até 84 kg, o brasileiro apresentou boa movimentação e as mesmas características que o tornaram conhecido no UFC – trocação de alto nível baseada no caratê. Os quilos a menos não fizeram falta ao brasileiro no evento realizado em Manchester.

Cauteloso, Lyoto começou o combate estudando o jogo de Mark Muñoz, um wrestling eficiente e condecorado na modalidade como Hall da Fama. O brasileiro aplicou três chutes na linha de cintura do adversário e controlou o centro do octógono. Perto do final da parcial, Machida acertou um chute alto na cabeça do americano, que caiu apagado, sem condições de prosseguir no duelo.

Confira os resultados do UFC Fight Night: 30:

Card principal:
Lyoto Machida-BRA 
x Mark Muñoz-EUA (peso médio) – Lyoto Machida venceu por nocaute aos 3min10 do primeiro round
Ross Pearson-ING x Melvin Guillard-EUA (peso leve) – No Contest (joelhadas ilegais de Guillard foram consideradas acidentais)
Jimi Manuwa (ING) x Ryan Jimmo (CAN) (peso meio-pesado) – Jimi Manuwa venceu Ryan Jimmo por nocaute técnico aos 4min11 do segundo round
Norman Parke (NIR) x Jon Tuck (GUM) (Peso leve) – Norman Parke venceu por decisão unânime da arbitragem (29-28, 29-28 e 30-27)
Alessio Sakara (ITA) x Nicholas Musoke (SUE) (peso médio) – Nicholas Musoke (SUE) venceu por finalização (chave de braço) aos 3min07
Phil Harris (ING) x John Lineker (BRA) (peso mosca) – John Lineker (BRA) venceu por nocaute técnico aos 2min51

Card preliminar:
Al Iaquinta (EUA) x Piotr Hallman (POL) (peso leve) – Al Iaquinta venceu por decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-27)
Luke Barnatt (ING) x Andrew Craig (EUA) (peso médio) – Luke Barnatt venceu por finalização (mata-leão) aos 2min12 do segundo round
Rosi Sexton (ING) x Jéssica Andrade (BRA) (peso galo) – Jéssica Andrade venceu por decisão unânime (30-26, 30-27 e 30-26)
Andy Ogle (ING) x Cole Miller (EUA) (peso pena) – Cole Miller por decisão unânime (29-28, 29-28 e 29-28)
Jimy Hettes (EUA) x Robert Whiteford (ESC) (peso pena) – Jimy Hettes venceu por finalização (triângulo) aos 2min17 do segundo round
Brad Scott (EUA) x Michael Kuiper (HOL) (peso médio) – Brad Scott venceu por finalização (guilhotina) aos 4min17 do primeiro round

 

Fonte: espn.com.br

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.